Portugal continua a VENDER o seu futuro à micro$oft

Segundo notícia do IOL Diário, a cambada que nos desgoverna, atenção que não são só os que lá estão, os que já estiveram nunca foram melhores, pelo menos no que ao desenvolvimento tecnológico concerne, preparam-se para continuar com o regabofe que já nos trouxe o classmate magalhães sem concurso público sabe-se lá a que preço, as aquisições de software sem concursos, as assinaturas de protocolos que apenas beneficiam essa empresa condenada por diversas vezes, quer na UE quer nos EUA, a utilização de ficheiros e protocolos fechados na Administração Pública, a utilização de software proprietário e que não é multiplataforma como aconteceu no site de Portugal na Expo2008 em Espanha e por fim essa ideia peregrina que foi assinar protocolos de desenvolvimento de software entre o Ministério da Defesa e essa empresa.

Quando um pouco por todo o mundo governos e empresas estão cada vez mais a afastarem-se da microsoft e dos seus péssimos e caros produtos, por cá meia dúzia de incompetentes sem qualquer conhecimento de causa sobre as tecnologias que cada vez mais estão a ser usadas, nomeadamente o Software Livre e Aberto, usando a sua vaidade e o seu beija mão, estão a condenar o futuro de um país e do seu povo numa área das mais importantes para o seu desenvolvimento.

Sexta-feira que vem iremos ter mais propaganda na RTP, mais teatro, mais destruição do país, tudo apresentado como se estivessem a tomar medidas de desenvolvimento para o país.

“Cloud Computing é uma armadilha”. Afirma Richard Stallman

Numa entrevista ao jornal The Guardian, RMS afirma que a Cloud Computing é uma armadilha, uma vez que programas web como o Gmail do Google, forçam as pessoas a usarem sistemas proprietários fechados que custarão cada vez mais à medida que o tempo passe.

RMS afirma ainda que se trata de uma “Estupidez. Pior que estupidez, é uma campanha de marketing deslumbrado. Alguém afirma que é inevitável e sempre que se ouve alguém a afirmar isso é muito provável que se trata de uma campanha para tornar isso realidade.”

E termina dizendo que “Uma das razões pelas quais não devemos usar este tipo de tecnologia «Cloud computing» prende-se com o facto de que perdemos o controlo sobre essa computação. É tão mau quanto usar software proprietário. Façam a vossa própria computação no vosso prórpio computador usando software livre. Se usarem um programa proprietário ou um servidor de outro para realizarem essas tarefas encontrar-se-ão desprotegidos. Estarão nas mãos de quem tenha desenvolvido esse software.”

Concordo com alguns dos pontos de RMS, embora compreenda que para muitas coisas, incluindo investigação e grandes lojas online como amazon ou serviços do google e yahoo, a cloud computing seja eficaz e até necessária, as pessoas, os utilizadores é que mais uma vez não podem ficar deslumbrados com tudo o que lhes dão, terão de fazer as escolhas certas pensando sempre e antes de tudo na sua privacidade e liberdade.

Não há almoços grátis, quando grandes empresas e serviços como um google oferecem tudo ou quase tudo aos seus utilizadores, alguma coisa querem em troca, e é aí que entra o bom senso das pessoas ou a ausência dele, restringir ao máximo as informações que damos sobre nós, acuatelarmo-nos com serviços que apenas e só servem para venderem as nossas informações e destruirem a nossa liberdade e privacidade, etc, o problema é que cada vez mais os jovens são expostos a este tipo de tecnologias cada vez mais novos, não tendo sequer consciência dos seus Direitos, Liberdade e Garantias inerentes enquanto seres Humanos e colocam toda a sua vida online, podendo ser aproveitada quer por Data Mining quer por predadores.

Mais info sobre o tema em magaiver e um rebate das opiniões do RMS na Arstecnica.

Powered by ScribeFire.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 68 outros seguidores