Black Widow – o Supercomputador espião da NSA

A NSA «National Security Agency» uma das mais famosas agências da intelligence dos EUA com biliões de dólares à sua disposição, o paraíso da alta segurança, encriptação e até do projecto SELinux, composta por analistas, matemáticos, enginheiros, linguistas e físicos, possúi um dos mais sofisticados sistemas de invasão de privacidade, espionagem interna e externa, que se conhecem, trata-se do Black Widow, um supercomputador Cray que espia milhões de comunicações electronicas todos os dias, sejam elas nacionais (EUA) ou internacionais.

O jornalista do Baltimore Sun, David Wood, que acompanha estas questões escreveu o seguinte “The NSA’s colossal Cray supercomputer, code-named the ‘Black Widow,’ scans millions of domestic and international phone calls and e-mails every hour. . . . The Black Widow, performing hundreds of trillions of calculations per second, searches through and reassembles key words and patterns, across many languages.’”

http://www.w3.org/2008/Talks/01-11-steven-random/_CRAY1.GIF

Com a aprovação da lei FISA em 2008 pela Administração Bush/Cheney e com o voto favorável no Congresso de Barack Obama, a NSA ficou ainda com mais poderes para espiar os cidadãos dos EUA e não só, sem a necessidade de qualquer mandato judicial.

Esta lei visou ainda proteger as Telecoms que ajudam a NSA nesta total invasão de provacidade dos cidadãos, uma vez que a AT&T e outras já haviam sido colocadas em tribunal pela EFF devido a terem sido denunciadas as suas ligações a este tipo de escutas e de terem mesmo usado as suas instalações para instalarem sofisticados sistemas de espionagem da NSA.

Como nota final, parece que alguém do meio da intelligence gosta muito deste nome, existe também um avião da Northrop com ele, o P-61 Black Widow, embora pelo que li me pareça que o nome foi mesmo dado ao supercomputador Cray X2.

Nesta apresentação podemos saber um pouco mais do poder do Cray X2 Black Widow

Black Widow, NSA Spying Computer | DarkGovernment

“The government [is now permitted] to conduct intrusive surveillance without ever telling a court who it intends to spy on, what phone lines and e-mail addresses it intends to monitor, where its surveillance targets are located, why it’s conducting the surveillance or whether it suspects any party to the communication of wrongdoing.”

P.S. O SELinux apesar de ser um projecto que foi iniciado pela NSA e que é usado por ela e pelo Departamento de Defesa dos EUA, não implica que possa ser usado para espionagem, uma vez que é Software Livre e de fonte aberta o qual devido a esse grande benefício podemos confiar.

Powered by ScribeFire.

About these ads

Uma resposta

  1. De repente volvi ao livro Fortaleza Digital do Dan Brown. Linux sempre foi um bom “crivo”.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 68 outros seguidores

%d bloggers like this: