Querem som de qualidade? Usem Ogg Vorbis

Apesar de não andar com muita paciência, hoje apetece-me falar um pouco de um formato que apesar de todos os seus atributos e virtudes é ainda relativamente pouco conhecido da grande maioria das pessoas que usam quer computadores quer leitores de música, trata-se do Formato Livre e sem qualquer Patente, o Vorbis, que geralmente é chamado de Ogg Vorbis, sendo que no entanto Ogg é apenas o invólucro «container format» onde é colocado esse formato, embora também possa ser usado o invólucro multimédia Matroska, o qual também é livre e cheio de qualidades, nomeadamente a sua grande utilização em alta definição e em hardware de grande qualidade como o Popcorn Hour.

play_ogg_large

O Vorbis pode ainda ser usado com o invólucro Ogm (audio+video+legendas) desenvolvido por Tobias Waldvogel.

Um exemplo de um invólucro muito conhecido mas não livre e que também é vulgarmente chamado erradamente de formato ou codec, é o AVI introduzido à anos pela microsoft, o qual apenas se limita a permitir colocar lá dentro som e vídeo, geralmente mp3 (através da implementação livre LAME) e mpeg4 ASP, mais concretamente a implementação Livre deste formato/codec o Xvid.

Outro formato/codec cada vez a ser mais usado é a versão livre, ou implementação, do mpeg4 AVC/H.264, o x264, que em conjunto com o invólucro Matroska se tornam na escolha mais acertada actualmente, ainda para mais se tiver-mos a sorte de ter um Popcorn ou um HTPC.

O Matroska em conjunto com o x264 e FLAC ou Vorbis mais diversos tipos de legendas que suporta bem como suportar capítulos, menus de DVD’s e com a possibilidade sem qualquer transcoding de o passar a MP4, fazem deste container/invólucro o melhor de todos, na minha opinião, claro!

Como comecei por dizer o Ogg Vorbis que é a maneira habitual do formato Vorbis se apresentar, é pouco conhecido, mas não devido aos seus predicados técnicos, mas sim uma uma vez mais devido à ignorância dos utilizadores, fomentada pelos media incompetentes que não sabem informar as pessoas da sua existência e da sua qualidade, preferindo bater sempre na mesma tecla.

Ainda há dias numa ida à worten pude constatar isso mesmo, perguntando a um dos vendedores da zona dos leitores multimedia se sabia quais suportavam o formato Ogg Vorbis (embora geralmente os samsung yp o suportem), uma vez que nenhuma informação sobre ele havia nos expositores, me respondeu com a pergunta, o que é isso?!

Lá estive a explicar ao moço que existia vida para além do mp3 e dos formatos ainda mais probelmáticos da empresa condenada.

Antes de continuar uma pequena revisão dos formatos da fundação Xiph que desenvolve o Ogg Vorbis e outros.

Básicamente a Xiph nasceu com o objectivo de criar uma alternativa livre e sem problemas de patentes que existiam no formato mp3 e AAC, o primeiro membro da familia audio foi o Vorbis, seguindo-se no entanto outros formatos e optimizações para ele, nomeadamente o Tremor (para os dispositivos multimedia sem operações de virgula flutuante), o Speex para voz mas que também pode ser usado em VoIP e aplicações de podcast, podendo ser usado com o invólucro Ogg para transmissões sobre UDP/RTP e ainda o formato sem perdas «lossless» FLAC, por fim existe ainda uma optimização do Vorbis que se designa por aoTuv.

Para a arena do vídeo a Fundação Xiph criou o Theora, o qual é largamente usado com o seu congénere Vorbis quer na Wikipedia, quer no Internet Archive.

Arquivo Vídeo da Internet em formato Ogg/Theora

Outra notícia sobre a importância destes dois formatos veio a público quando o projecto Mozilla Firefox anunciou que na sua próxima versão a 3.1, iria suportar nativamente tags específicas para estes formatos abertos.

Wikimedia blog » Blog Archive » Firefox 3.1 to support open video and audio

[Foundation-l] Theora and Vorbis support in Firefox 3.1a2
Gregory Maxwell
Wed Jul 30 22:27:15 UTC 2008

“Mozilla is committing to include native support for OGG video and audio in its next release that includes support for the video element tag.” [http://www.0xdeadbeef.com/weblog/?p=492]

Posto isto deixo agora alguns links que demonstram a enorme qualidade e amplo uso que é dado ao formato audio Vorbis, muito especialmente por quem realmente sabe o que quer e sabe do que se trata técnicamente, nomeadamente as grandes casas e grandes programadores de jogos.

Para outra altura fica prometido como usar o Ogg Vorbis e Theora bem como o container Matroska fazendo backups de DVD’s ou de Alta Definição, de qualquer forma fica já aqui um aperitivo através deste link.

Os diversos usos da tecnologia da Fundação Xiph.org:

No fundo tudo isto para dizer Play Ogg

Powered by ScribeFire.

About these ads

Uma resposta

  1. [...] Backups de CD’s usando Ogg Vorbis e mp3 Publicado em Fevereiro 5, 2009 por ovigia Tendo eu ontem escrito uma entrada sobre os excelentes formatos livres da Fundação Xiph, entre os quais o invólucro Ogg e o Codec [...]

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 66 outros seguidores

%d bloggers like this: