O Vigia está de volta…Alive and Kicking…but slowly!

Boas a todos os que por aqui passam para ler algumas das coisas que por aqui vou escrevendo.

Antes de mais gostaria de agradecer a todos pela força que me deram através dos vossos comentários.

A cirurgia apesar de muito dolorosa tem vindo a evoluir bem, creio que agora só o tempo curará o resto, como disse na anterior entrada até Junho o Blog continuará a andar bem devagarinho, mas de qualquer forma gostaria de deixar aqui o meu Obrigado a Todos bem como algumas das coisas que tenho vindo a ler e a ver sempre que há alguma disposição para tal.

* Começo por um pouco de diversão, uma das minhas séries favoritas parece que enquanto estive meio KO teve novos episódios, trata-se da Fringe da lindissima Anna Torv.
Já agora existe um projecto português excelente para acompanharem as diversas séries, trata-se do MyTVShows.

* No site Information Clearing House, o jornalista John Pilger escreve mais um artigo certeiro que demonstra a outra face de Obama e da continuação das políticas da anteiror Administração, Change and hope são apenas e só meros solgans publicitários.

Obama’s 100 Days: Information Clearing House – ICH

The “Obama brand” has been named “Advertising Age’s marketer of the year for 2008”, easily beating Apple computers.

Obama’s 100 Days: Information Clearing House – ICH

In his first 100 days, Obama has excused torture, opposed habeas corpus and demanded more secret government. He has kept Bush’s gulag intact and at least 17,000 prisoners beyond the reach of justice. On 24 April, his lawyers won an appeal that ruled Guantanamo Bay prisoners were not “persons”, and therefore had no right not to be tortured. His national intelligence director, Admiral Dennis Blair, says he believes torture works.One of his senior US intelligence officials in Latin America is accused of covering up the torture of an American nun in Guatemala in 1989; another is a Pinochet apologist. As Daniel Ellsberg has pointed out, the US experienced a military coup under Bush, whose secretary of “defence”, Robert Gates, along with the same warmaking officials, has been retained by Obama.

* Para meu espanto, uma vez que vai de encontro ao que por aqui tento mostrar, Pacheco Pereira escreveu um interessante artigo sobre uma possível “(…)DERIVA TOTALITÁRIA EM PORTUGAL?”, eu acrescentaria que essa deriva passará por Portugal mas tem o seu epicentro no Reino Unido e EUA, basicamente o eixo UKUSA do Echelon e dos grupos Bilderberg, Trilateral Comission e Council on Foreign Relations.

“Mas não é apenas a conjuntura, muito dependente das vicissitudes do Primeiro-ministro, é também a estrutura de um estado que está a coleccionar leis e práticas muito pouco democráticas, com pretexto na segurança, no combate à fuga ao fisco, no reforço unilateral dos direitos do estado em detrimento dos direitos dos cidadãos, na rarefacção dos lugares onde o indivíduo é livre sem ser controlado electronicamente em todos os seus actos.”

“E mais: se houver uma deriva totalitária ela começará por aí, pela utilização destes novos instrumentos instalados por governantes yuppies sem respeito pelas liberdades, e para quem a palavra “indivíduo” é um anátema e o estado um dogma racional.”

Já aqui há tempos havia escrito algo que me havia chamado à atenção e com o qual estou inteiramente de acordo, Pacheco Pereira sobre o implante de chips em humanos

* Jogos Mortais, é o título de um pertinente artigo do site Truthout sobre um jogo em que as forças armadas dos EUA gastaram mais de 8Milhões de dólares a desenvolver com o objectivo de atrair mais jovens para as suas fileiras, para alimentar o Complexo Industrial Militar sobre o qual Dwight D. Eisenhower nos avisou.
Trata-se de America’s Army que atraiu mais de 9Milhões de jogadores online em mais de 380Milhões de missões militares virtuais.

In the councils of government, we must guard against the acquisition of unwarranted influence, whether sought or unsought, by the militaryindustrial complex. The potential for the disastrous rise of misplaced power exists and will persist.

We must never let the weight of this combination endanger our liberties or democratic processes. We should take nothing for granted. Only an alert and knowledgeable citizenry can compel the proper meshing of the huge industrial and military machinery of defense with our peaceful methods and goals, so that security and liberty may prosper together.

Akin to, and largely responsible for the sweeping changes in our industrial-military posture, has been the technological revolution during recent decades.

Public Papers of the Presidents, Dwight D. Eisenhower, 1960, p. 1035- 1040


Mas ainda mais grave que o jogo trata-se do novo projecto militar, o AEC «Army Experience Center» no qual o exército se prepara para gastar 12Milhões de dólares, desta vez trata-se de um centro virtual de ‘educação’, ou seja um centro onde o público dos EUA levará autênticas lavagens ao cérebro com o objectivo de mostrar como é importante o Complexo Industrial Militar e toda a tecnologia desenvolvida à sua volta.

Nada foi deixado ao acaso, a sua localização encontra-se perto de um parque de skate junto a um centro comercial, repleto por certo de jovens prontos a levarem uma lavagem cerebral, ainda para mais quando se usa tecnologia hightech da qual são verdadeiros fanáticos.

avagens ao cérebro com o objectivo de mostrar como é importante o Complexo Industrial Militar e toda a tecnologia desenvolvida à sua volta.

Nada foi deixado ao acaso, a sua localização encontra-se perto de um parque de skate junto a um centro comercial, repleto por certo de jovens prontos a levarem uma lavagem cerebral, ainda para mais quando se usa tecnologia hightech da qual são verdadeiros fanáticos.

t r u t h o u t | Deadly Games

If the AEC’s plethora of video games and simulators are intended to enable young people “to get educated about the Army” and gain insight into what to expect should they join the military, as a former Marine Corps officer and college professor, I would like to offer the following suggestions regarding a few additional “games” that would enhance learning and make the experience more authentic.

t r u t h o u t | Deadly Games

What is clear is that these games profoundly affect the way our children think and see the world and that the military is utilizing this technology to manipulate our children first to view the military positively; second to encourage them to enlist, and third to program them to kill.

Como é afirmado acima, estes projectos têm como objectivo final, a total manipulação das mentes mais jovens e fácilemente manipuláveis por forma a terem uma visão positiva dos militares, para os encorajar a alistarem-se e por fim, desumanizá-los o mais possível para se tornarem na perfeita máquina de morte, que não pensa, não questiona, apenas se limita a seguir ordens e a matar sem qualquer sentimento.

* Ainda a propósito do tema e graças a um link enviado por Mário Valente, e que se enquadra perfeitmanet no que acima escrevi bem como demonstra mais uma vez as mentiras que Obama vai vendendo com as suas falinhas mansas e os seus apaniguados que trouxe da Administração anterior como é o caso de Robert Gates, trata-se da introdução do serviço militar obrigatório nos EUA, “Last, Mr. Gates should urge President Obama to confer with Congress and introduce national service at age 18 for all Americans.” directamente do NYTimes.

Mas este senhor não se fica por aqui e volta a repetir a lenga lenga de Rahn Emmanuel o braço direito de Obama na sua Administração, ao afirmar que Third, the United States needs a national service program for all young men and women, without any deferments, to increase the quality and size of the pool from which troops are drawn., tal como eu já havia mencionado nesta entrada.

Parece que as camisas castanhas e as camisas negras estão a começar a estar em voga nos EUA, como Naomi Wolf diz, os EUA estão cada vez mais próximos de um estado Fascista, as peças já estão todas no seu lugar, só falta mais um atentado False Flag para ser decretada a Lei Marcial.

* Há medida que o tempo vai passando vamos descobrindo ou melhor confirmando, as aldrabices que levaram à invasão do Iraque, já todos sabemos que as armas de destruição massiva nunca existiram e que óbviamente Saddam Hussein nada tinha a ver com Bin Laden ou o grupo criado pela CIA denominado de Al-Qaeda, a base de dados dos guerrelheiros Mujaheideen criados pela CIA e por Zbigniew Brzezinski seis meses antes da entrada da ex-URSS em 1979 no Afeganistão.

No artigo do Guardian,The tortured Iraq-al-Qaida connection, Mattew Duss explica como a Administração Bush usou a tortura por forma a gerar falsas justificações para a invasão do Iraque.

Matthew Duss: The Bush administration tortured to manufacture a connection between al-Qaida and Saddam Hussein | Comment is free | guardian.co.uk

Shedding some light on why it could have possibly been necessary to waterboard someone 183 times – as was done to al-Qaida planner Khalid Sheikh Mohammed – McClatchy reported that, according to “a former senior US intelligence official familiar with the interrogation issue,” former vice-president Dick Cheney and defence secretary Donald Rumsfeld “demanded that intelligence agencies and interrogators find evidence of al-Qaida-Iraq collaboration”.

* A propósito do que por aqui tenho escrito sobre OGM’s/GMO e de alguma forma complementando as afirmações feitas por quase toda a gente, que a invasão do Iraque e Afeganistão servem o projecto descrito por Zbigniew Brzezinski no seu livro The Grand Chessboard relativamente ao dominio da EuroAsia por parte dos EUA por forma a controlar o petróleo e com ele o planeta inteiro, encontrei este fabuloso artigo que demonstra que nem só de petróleo vive o imperialismo dos EUA mas sim do dominio do que comemos, tal como é afirmado por um dos seus proncipais assassinos, Henry Kissinger quando afirma que If you control the oil you control the country; if you control food, you control the population.’ “se controlas o petróleo controlas o país, se controlas os alimentos controlas a população”

GRAIN | New from GRAIN | 03-2009 – Agricultural reconstruction in Afghanistan and Iraq: the real agenda

At the same time the US and its corporate allies are exercising growing clout over donor agencies and global bodies, such as the World Bank, the FAO and CGIAR centres, which influence the food and farm policies adopted by the recipient countries. This, together with the transformation of agricultural reconstruction work into an intrinsic part of the US military campaign in these countries and the surrounding regions, is an alarming development.

* Sobre os atentados aos nossos direitos e privacidade, muito na linha do artigo de Pacheco Pereira, parece que o Reino Unido continua na sua caminhada para o total desrespeito pelos direitos dos cidadãos através do projecto da sua NSA, o GCHQ, que continua a gastar milhões num projecto com vista a uma massiva vigilância de toda a rede Internet.

Jacqui’s secret plan to ‘Master the Internet’ • The Register

Spy chiefs are already spending hundreds of millions of pounds on a mass internet surveillance system, despite Jacqui Smith’s announcement earlier this week that proposals for a central warehouse of communications data had been dumped on privacy grounds.

The system – uncovered today by The Register and The Sunday Times – is being installed under a GCHQ project called Mastering the Internet (MTI).

Não são bons os dias para a Privacidade de todos nós.
O mundo está cada vez mais perigoso e o perigo vem de onde “menos”???? se espera, das pessoas que deveriam trabalhar para nós, o povo, ou seja, o governo de corruptos e gente muito pouco recomendável dominada por interesses escondidos.

* Para terminar uma entrada já bem longa e para os fans ciência e investigação cientifica no limite «Paula este é para ti :)», algo como a série Fringe, deixo um interessante artigo sobre as posições do físico teórico Michio Kaku relativamente aos chamados UFO’s e outras civilizações.
E já agora aconselho a aquisição do seu mais recente livro, A Física do Impossível.

Michio’s website: http://mkaku.org/


Powered by ScribeFire.

About these ads

5 Respostas

  1. Que estejas de volta, mas p’lo menos com mais saúde do que quando foste!

    Abraço! :)

    • boas ricardo, obrigado.
      para já está tudo a correr pelo melhor, mas ainda falta mais um mês de recuperação.

      abç

  2. Estás de regresso? Ainda bem que a cirurgia correu bem, a saúde é o mais importante que tudo. Agora as tuas ideias devem ser mais coerentes do que antes.

    • obrigado.

      as minhas ideias são coerentes, ou pelo menos tento sê-lo, cada um é livre de as criticar ou de usá-las para procurar ainda mais info.

  3. Gostaria de deixar uma sugestão.
    Um programa de rádio de um americano no Texas “um pouco extremista” no que toca a politica de emigração, mas com muita informação pertinente e previsões assustadoras que podemos acompanhar nos dias que correm.

    Deixo aqui a dica na expectativa do FeedBack do Show.

    Alex Jones show (radionetwork) Se não encontrarem pesquisem no site: Zeitgeist.

    Para quem não tem muito tempo para ler, é interessante sacar o MP3 e ouvir no carro, por Exp.

    Cpts

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 66 outros seguidores

%d bloggers like this: