HDD com 1Tb que software livre de backup usar?

Farto de DVD’s e mais DVD’s para guardar diversos dados resolvi investir em algo que me parece ser o meio mais rápido, seguro e fiável para efectuar backups, um disco rígido de 1Tb.

Andei a ver diversos preços e marcas e optei pelo que me oferecia melhor relação qualidade/preço, um WDigital de 1Tb por cerca de 83 euros na worten.

É bastante rápido, super silencioso com a caixa em metal e nas pontas tem uma espécie de borracha que o torna mais seguro de transportar ou o fixa ao local onde se coloca.

Após o ter ligado ao meu desktop Kubuntu este detectou-o e montou-o, verifico que tem uma única partição de 1Tb, que na realidade são 931Mb em microsoft Vfat.

É óbvio que não irei usar este filesystem, como tal vai de arrancar com o QTParted e apagar a partição.
Após isto, criei três partições, uma vez que não gosto de colocar os ovos todos no mesmo cesto, duas com cerca de 400Gb e uma com o restante os tais cerca de 130Gb.

Após isto formatei as três partições com o filesystem ext3, ainda pensei no XFS, mas descartei essa hipótese uma vez que não estou habituado com ele nem conheço as ferramentas dele.
Não cheguei nem a pensar no ext4 porque ainda está verde e afinal de contas o disco é para backups, logo o que interessa é a fiabilidade da coisa.

Já agora aqui fica uma pequena nota, o ext3 ao ser criado gera sempre uma espécie de ‘backup’ de espaço por forma a mount points criticos não ficarem sem espaço, por omissão guarda cerca de 5% do espaço criado, o que num Tera andava à volta dos 50Gb, ora é muito espaço para se desperdiçar, como tal usando as ferramentas do ext3 diminui essa percentagem para 1%.

$sudo tune2fs -m 1 /dev/sdb1

Após isto fiz um chown por forma que o meu utilizador normal possa efectuar o que quiser no HDD.

$sudo chown -R user:user /media/bck1 (para as três partições, todas primárias)

O passo seguinte foi encontrar o software mais simples e se possível com GUI por forma a poder efectuar os backups que podem ser ou automáticos usando o cron ou manuais, em principio serão manuais uma vez que não tenho o PC sempre ligado.

Logo o primeiro que veio à cabeça foi o venerável rsync, que é usado de uma forma ou de outra por quase todos os outros, sejam eles CLI ou GUI.

Um dos front-ends que encontrei directamente para o rsync e que me parece simples e fácil de usar é o grsync, outro é o simplebackup, ambos feitos em gtk, logo para GNOME, para KDE encontrei o Keep mas não tem sofrido alterações desde há bastante tempo como tal não fiquei satisfeito.

No fim e depois de experimentar quer o gui quer o rsync na cli, qualquer um funciona bem, incluindo uma versão de cli mais ‘avançada’ do rsync, o rsnapshot.

Assim as minhas escolhas para GUI recaíram no BackinTime em cli optei pelo rsnapshot.

Um dos meus testes com o rsync: $rsync -avz –progress –stats –recursive Desktop/VER/ TESTE/

Todo este software está nos servidores do *buntu e Debian como tal a uma curta distância de um apt-get install

Mais info aqui:

Existem muitas outras opções e bem mais complexas, incluindo outro tipo de backups como a criação de imagens, já aqui falei delas Ultimate Boot CD e outros – Software de Sobrevivência para desenrascar tudo.

Powered by ScribeFire.

About these ads

2 Respostas

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 68 outros seguidores

%d bloggers like this: