Porque é tão importante o combate e a disseminação de medo relativo ao aumento de CO2?

[update: e como seria de esperar as tentativas de lavagem, branqueamento do que tem vindo a ser noticiado relativamente ao Climagate, não se fizeram esperar; “Breaking news from the splendid Bishop Hill. It seems the AGW establishment has launched an urgent damage limitation exercise in order to whitewash the Climategate scandal in time for Copenhagen.”]

Esta pequena entrada é só para dizer que toda esta imensa preocupação em fazer passar a mensagem que o aumento de CO2 é mau e negativo para a vida na terra (o que é FALSO), tem tudo a ver com dois simples pormenores que se encontram em todos os projectos da Nova (Des)Ordem Mundial.

“Control oil and you control nations; control food and you control people.”

Henry Kissinger

Controlo dos povos e controlo do número de seres humanos na terra, por isso o combate ao CO2 é tão importante para estes senhores, é que como se sabe o aumento de CO2 melhora e muito a produção de alimentos o que vai frontalmente contra o Controlo Populacional defendido há muito tempo e sobre o qual o assassino Kissinger escreveu no famoso memorando, NSSM 200.

The bogus arguments that Kissinger advanced were not original. One of his major sources was the Royal Commission on Population, which King George VI had created in 1944 “to consider what measures should be taken in the national interest to influence the future trend of population.” The commission found that Britain was gravely threatened by population growth in its colonies, since “a populous country has decided advantages over a sparsely-populated one for industrial production.” The combined effects of increasing population and industrialization in its colonies, it warned, “might be decisive in its effects on the prestige and influence of the West,” especially effecting “military strength and security.”

NSSM 200 similarly concluded that the United States was threatened by population growth in the former colonial sector. It paid special attention to 13 “key countries” in which the United States had a “special political and strategic interest”: India, Bangladesh, Pakistan, Indonesia, Thailand, the Philippines, Turkey, Nigeria, Egypt, Ethiopia, Mexico, Brazil, and Colombia. It claimed that population growth in those states was especially worrisome, since it would quickly increase their relative political, economic, and military strength.

(…)

There were several measures that Kissinger advocated to deal with this alleged threat, most prominently, birth control and related population-reduction programs. He also warned that “population growth rates are likely to increase appreciably before they begin to decline,” even if such measures were adopted.

A second measure was curtailing food supplies to targetted states, in part to force compliance with birth control policies: “There is also some established precedent for taking account of family planning performance in appraisal of assistance requirements by AID [U.S. Agency for International Development] and consultative groups. Since population growth is a major determinant of increases in food demand, allocation of scarce PL 480 resources should take account of what steps a country is taking in population control as well as food production. In these sensitive relations, however, it is important in style as well as substance to avoid the appearance of coercion.”

[via http://www.schillerinstitute.org/food_for_peace/kiss_nssm_jb_1995.html]

Mais uma vez se demonstra que o problema deste planeta, continua a ser o Império Britânico que na realidade nunca terminou, apenas se expandiu, tornando-se no Império Anglo-Americano, mas com sede em Londres, contráriamente ao que se poderia pensar.

Uma pequena dica sobre este último parágrafo, porque razão acham que em Londres existe um Obelisco, com duas Esfinges de cada lado?

Londres

Egipto

Em todos estes projectos da elite oligarca, do poder/Governo sombra, para além de de nos quererem destruir, matar e escravizar os restantes, existe algo que lhes é comum, os OBSCENOS LUCROS que esta corja realiza com eles.

Dois exemplos paradigmáticos são a actual histeria à volta da gripe AH1N1 e os LUCROS avultadissimos que a oligarquia tem realizado com todo este esquema de medo.

E claro o chamado ‘Aquecimento Global’ e o tal combate ao CO2, onde mais uma vez já começam a aparecer os milionários, como é o caso do mentiroso patológico Al Gore, bem como George Soros entre outros, inclusive o vencedor do Prémio Nobel da Paz deste ano, o fantoche mor Obama.

No artigo de hoje do Mitos Climáticos têm lá uma tabela dos patrocínios aos ‘cientistas’ que defendem estas teses do ‘Aquecimento Global’.

E claro por cá também temos os defensores, os esbirros, destes senhores e destas políticas.

Por último apenas uma indicação para um livro interessante, “A Century of War” de F. William Engdahl que habitualmente escreve para o site Global Research, aconselho sem dúvida a leitura deste artigo sobre o Cofre das Sementes de Svalbard.[em protuguês]

The Three Pillars of the British Empire

Geopolitical history for the last 100 years was shaped around the quest for what Big Oil acolyte Daniel Yergin called “The Prize: The Epic Quest for Oil, Money and Power” with two countries at its epicenter – first Britain and now America with its UK junior partner that built its rule on three essential pillars:

– controlling the seas and setting the terms of trade;

– dominating world banking and manipulating the world’s largest gold supply; and

– controlling world raw materials with oil the key one at the turn of the century; with these working, it devised an “informal empire” to loot world wealth and maintain a balance of power on the continent.

Britain’s “genius” was being able to shift alliances without letting sentiment interfere with its interests. Post-Waterloo, it operated “on an extremely sophisticated marriage between top (London) bankers and financiers, government cabinet ministers,” key industrialists and espionage chiefs. By keeping everything secret, it “wielded immense power over credulous and unsuspecting foreign economies.” By the late 19th century, however, things began to change, and a new strategy was needed. Key to it was oil geopolitics as a vital naval supremacy ingredient.

[via http://www.populistamerica.com/century_of_war]

=-=-=-=-=
Powered by Bilbo Blogger

Powered by ScribeFire.

Mais falcatruas dos amigos do Al Gore, Nova Zelândia e a ‘nossa’ TVI

Após ter aqui deixado umas pistas para leitura sobre o já chamado Climagate, que envolve ‘cientistas’ do Reino Unido, coloco com aspas porque estes senhores não merecem ser chamados de cientistas, agora é a vez de ‘cientistas’ da Nova Zelândia do «National Institute of Water and Atmospheric Research (NiWA)», andarem a aldrabar dados para mais facilmente venderem a aldrabice do ‘Aquecimento Global’ ao qual agora designam por Alterações Climáticas, por forma a melhor enganarem o pessoal.

Relativamente à TVI, foi lamentável a todos os níveis o que se passou ontem na TVI24, segundo a qual iria haver um debate relativo a estas questões do bicho papão do ‘Aquecimento Global’ e do aumento do CO2.
Afinal de contas não passou de uma vergonhosa reunião de amigos do mentiroso Al Gore.

Compare and contrast these two graphs and you’ll see .

Kiwigraph1

This is the graph from NiWA’s website, showing mean annual
temperature over New Zealand from 1853. Note the dotted straight line
showing the upward trend. Worrying, isn’t it? Almost enough to make you
fall in love your flickery, yellowy new eco-light bulbs, recycle your
kids and commit yourself to a binding agreement at Copenhagen.

Now have a look at this analysis of the raw data taken from exactly the same temperature stations.

Kiwigraph2

Can you see the difference? I can – and I know as little about science as Al Gore.
[via http://blogs.telegraph.co.uk/]

Nem sequer mencionaram nos seus noticiários este escândalo dos mails que vieram a público.
Pura propaganda, pura desinformação.
Onde está o contraditório?
Desde quando a ciência é dogma?
Vergonhoso este pseudo-jornalismo que a todos desinforma, criando receios, medos onde eles não existem.
Aliás, basta olhar para o que se tem passado nos meios de des(informação) com mais uma aldrabice, a da AH1N1 e tudo o que à sua volta gira como é o caso das vacinas.

Climategate: the scandal spreads, the plot thickens, the shame deepens… – Telegraph Blogs

We have discovered that the warming in New Zealand over the past 156 years was indeed man-made, but it had nothing to do with emissions of CO2—it was created by man-made adjustments of the temperature. It’s a disgrace.

NIWA claim their official graph reveals a rising trend of 0.92ºC per century, which means (they claim) we warmed more than the rest of the globe, for according to the IPCC, global warming over the 20th century was only about 0.6°C.
(…)
Manipulation of raw data is at the heart of recent claims of corrupt
scientific practice in climate science, with CRU’s Phil Jones recently
claiming old temperature records collected by his organization were
“destroyed” or “lost”, meaning researchers can now only access manipulated data.

TBR.cc: The Day The Science Died…:

We now all know – the entire industrialized world – that while global warming scientists and their supporters were publicly ridiculing skeptic’s arguments as “not peer reviewed” because – by implication – the arguments were not good enough, that in fact some of the top scientific advisors to the UN IPCC were conspiring (and that is the right word) to sabotage any attempt by other scientists to publish peer reviewed papers challenging global warming.

We now know the UN IPPC/Global Governance lobby had sufficient political clout to intimidate scientific journals into submission and to run roughshod over the integrity of the peer review process.

Powered by ScribeFire.

Vacina HPV/VPH “Vírus do papiloma humano” Insegura

[update: a vacina aqui mencionada é a Gardasil também conhecida por Silgard; Por cá também é usada, e com efeitos adversos, “contudo a vacina não foi suspensa em Portugal”]

O Bruno Fehr nesta entrada do seu blog, já havia mencionado os perigos da vacina para o Vírus do papiloma humano bem como da MMR.

Hoje encontrei um vídeo sobre uma reportagem da jornalista Sharyl Attkisson da CBS sobre este mesmo tema, na qual ela expôe os perigos da vacina do HPV, nomeadamente a da Merck.

Termino com uma questão, já repararam que na grande maioria das vezes que o CDC «Centers for Disease Control and Prevention» vem a público dizer algo, geralmente essa pessoa é um militar?

Reparem por exemplo nesta conferência de imprensa.

Para perceberem melhor o que estou a questionar, dêem olhada ao canal do CDC no youtube.

Outro exemplo;

Para mais info sobre este tema recomendo a leitura destas entradas no site NaturalNews.

The Great HPV Vaccine Hoax Exposed

For the last several years, HPV vaccines have been marketed to the public and mandated in compulsory injections for young girls in several states based on the idea that they prevent cervical cancer. Now, NaturalNews has obtained documents from the FDA and other sources (see below) which reveal that the FDA has been well aware for several years that Human Papilloma Virus (HPV) has no direct link to cervical cancer.

NaturalNews has also learned that HPV vaccines have been proven to be flatly worthless in clearing the HPV virus from women who have already been exposed to HPV (which includes most sexually active women), calling into question the scientific justification of mandatory “vaccinate everyone” policies.

Furthermore, this story reveals evidence that the vaccine currently being administered for HPV — Gardasilmay increase the risk of precancerous cervical lesions by an alarming 44.6 percent in some women. The vaccine, it turns out, may be far more dangerous to the health of women than doing nothing at all.

If true, this information reveals details of an enormous public health fraud being perpetrated on the American people, involving FDA officials, Big Pharma promoters, and even the governors of states like Texas. The health and safety of tens of millions of young girls is at stake here, and what this NaturalNews investigative report reveals is that HPV vaccinations may not only be medically useless; they may also be harmful to the health of the young girls receiving them.

=-=-=-=-=
Powered by Bilbo Blogger

As Verdades Inconvenientes sobre o ‘Aquecimento Global’ que nos têm escondido! E-mail’s Hackados!

Centenas de mails privados que demonstram como diversos cientistas dos EUA e Reino Unido pró-aquecimento global têm conspirado quer para reter informação que contradiz os dados que apresentam bem como tentativas de relatarem com exagero eventuais alterações climáticas associadas à presença humana no planeta, foram hackados a partir de servidores de uma Universidade do Reino Unido, a University of East Anglia’s Hadley Climatic Research Centre, tendo sido colocados online.

Mais do que eu estar aqui a debitar informação, recomendo a leitura dos dois blogs nacionais de altissima qualidade sobre estas matérias, o Mitos Climáticos e o Ecotretas, bem como site do jornal NYTimes onde primeiro vi a notícia e ainda o local onde se encontram os ditos mails.

Será que iremos ver, ler, ouvir falar disto nos nossos media?

Confesso que hoje ainda não liguei nem rádio nem tv, não sei se terão mencionado algo.

Para quando um comunicado das nossas sempre tão lestas associações de conservação ambientais etc, como a Quercus?

Pelo que pude ver no site da Quercus ainda não se encontra lá nada sobre o tema.

Será que vão assobiar para o lado?

É certo que estas associações têm um papel importante, infelizmente no que toca ao dito ‘Aquecimento Global’, são tendenciosas, tratando o tema como uma religião em vez de o tratarem como deve ser tratado, usando o método cientifico.

Se exemplos faltassem para demonstrar o que vem sendo feito nas costas de todos nós, a manipulação, propaganda, as lavagens cerebrais que a elite da Nova Ordem Mundia tem levado a cabo por forma a condicionar o pensamento e a acção de todos nós, creio que este não deixa margem para dúvidas.

Rolo Compressor de Verdades Inconvenientes

O rolo compressor, formado por muitos internautas, e que iniciou ontem a sua viagem, na interpretação dos dados ontem revelados num site russo, tem debitado cá para fora Verdades de uma Inconveniência extrema. Há que recordar que está por provar a autenticidade dos dados, mas quem está por dentro dos temas, não tem grandes dúvidas de que é mesmo real… O próprio Phil Jones já reconheceu que foi um hacker. Deve-se todavia recordar que muitas questões persistem, sobre os reais motivos de quem lançou esta bomba atómica!

ClimateGate

Dentre os objectivos principais encontra-se a manipulação de dados de modo a manter acesa a chama do global warming. Eles acertaram agulhas para modificar resultados, apagar dados inconvenientes e esconder a realidade das temperaturas a decrescer desde 1998.

(…)

Conforme se pode ler, é curiosa a forma como reagiu Michael Mann, o mais conhecido responsável pela fraude do hockey stick, também ele apanhado neste escândalo : “I’m not going to comment on the content of illegally obtained e-mails.” Onde é que nós temos ouvido argumentos deste género…?

P.S. Acedam aos blogs portugueses que estão cheios de informação sobre este caso e passem a mensagem já que com quase toda a certeza a esta hora já começou a desinformação e intoxicação da opinião pública, com quase toda a certeza como aliás o demonstra o blog Mitos Climáticos, em vez de ir-mos assistir a um debate sobre as razões porque nos têm mentido, desinformado e manipulado, assistiremos sem dúvida a uma tentativa de esconder os factos e pedindo ainda mais leis contra a divulgação destes casos, a liberdade da rede e a aprovação de projectos como a ACTA e um recentemente conhecido caso do Reino Unido que mais uma vez coloca a nossa privacidade na rede em causa.

 

[update: num dos comentários à entrada anterior sobre a AH1N1 deixaram mais uns links interessantes; http://ovigia.wordpress.com/2009/11/20/as-tardes-tendenciosas-da-julia-ou-como-se-desinforma-e-condicionam-gravidas/#comment-4777]

=-=-=-=-=
Powered by Bilbo Blogger

As ‘Tardes Tendenciosas da Júlia” ou como se desinforma e condicionam grávidas

No intervalo do meu estudo do LPIC, estava eu a fazer um pouco de zapping quando ao passar pela TVI, reparo que estavam a tratar do tema da morte de fetos de grávidas que haviam tomado a primeira dose da ‘famosa’ vacina para a AH1N1.

Resolvi ver um pouco para ver o que sairia dali, embora confesso que já estava de pé a trás.

Não sei como se chamam os convidados, um era pediatra o outro creio que obstetra.

Ambos defensores quase que fanáticos da toma da vacina!

E para ajudar à festa a pseudo-jornalista Julia Pinheiro lá ia dando os seus bitaites completamente biased, condicionando ao máximo a opinião de algumas das grávidas lá presentes.

Só para se perceber como foi totalmente tendenciosa esta rúbrica das “Tardes da lavagem ao cérebro”, note-se que ambos os convidados eram como já afirmei totalmente pró-vacinação.

Se é para informar convenientemente e deixar às pessoas a decisão que é delas e de mais ninguém, parece-me óbvio que tem de existir a possibilidade de ouvir opiniões de ambos os lados, quer dos defensores do uso da vacina quer dos que se opõem ou não a recomendam.

Como se sabe por cá muitos profissionais de saúde, desde médicos a enfermeiros se têm recusado a tomar e a aconselhar o uso da vacina da AH1N1 que o desgoverno deste país resolveu adquirir.

Nesta semana tive mais uma confirmação quando a minha médica de família também me aconselhou a não a tomar, afirmando que esta não lhe oferecia confiança; embora no meu caso não fosse necessário ouvir a sua opinião, uma vez que há muito que depois de ler bastante sobre o caso bem como de ter escrito sobre o mesmo, me recuso a tomá-la.

Infelizmente nestes casos de propaganda preparada pelos media nunca está ninguém que possa colocar algumas questões mais pertinentes, como por exemplo.

  1. Tendo em conta que por ano morrem entre 250mil a 500mil pessoas vítimas de gripe de diversas estirpes em todo o mundo, tendo em conta que em Portugal são cerca de 2000 pessoas as que acabam por falecer do mesmo problema, tendo em conta que com esta estirpe AH1N1 que segundo diversos profissionais de saúde e inclusive da Ministra da Saúde, se trata de uma estirpe mais benigna que outras que têm aparecido. Com este precedente de se estar a vacinar massivamente a população, pergunto se a partir de agora se irá todos os anos vacinar massivamente as populações, especialmente as ditas de risco, onde se incluem as grávidas?
  2. Em 1976 também uma vacina foi vendida ao público norte-americano com consequências muito graves para muitos dos que a foram obrigados a tomar, também esta vacina e a histeria à volta dela era relativa a uma gripe suína. Tendo em conta o documento que Kathleen Sebelius responsável pelo Health and Human Services dos EUA aprovou, DANDO IMUNIDADE TOTAL às empresas que fabricam as vacinas, desresponsabilizando-as assim de qualquer problema que venha a ocorrer com a saúde das pessoas que irão tomar voluntariamente ou pior ainda involuntariamente a vacina.
  3. Pergunto, porque razão esta importante notícia naõ aparece nos nossos jornais?
    E os nossos políticos e o Ministério da Saúde que têm a dizer sobre o facto?!
    Também assinou o Ministério da Saúde algum documento a quando da compra da vacina por forma a desresponsabilizar quem a produz e vende?

    Se alguém morrer ou sofrer graves consequências com a sua administração quem se responsabiliza, poderão os portugueses processar as multinacionais?
  4. Tendo em conta que a vacina apenas e só serve para eventualmente imunizar as pessoas desta estirpe; e não é 100% certo que o faça, quais são os planos para uma futura mutação do virús? Após a mutação deste, com grande probabilidade para um mais maligno muito por causa da vacinação em massa de populações por esse mundo fora, irá produzir-se outra vacina e voltar ao parágrafo primeiro de novas vacinações massivas, entrando-se assim numa espécie de pescadinha com rabo na boca, o famoso Catch 22?

É infelizmente para todos nós, são estes os media que temos!

A propósito do tema recomendo a leitura deste interessante artigo de um blogger português – Vacina H1N1 – Portugal, Polónia e Suécia, bem como outros que ele escreveu relativamente a esta temática.

E ainda dar uma olhada ao blog do Citadino e claro a sempre imprescendível olhada ao site GlobalResearch.

Algumas das minhas entradas sobre este tema:

[update: Apenas para colocar os números em perspectiva; (NaturalNews) The CDC now reports that nearly 4,000 Americans have been killed by H1N1 swine flu. This number is supposed to sound big and scary, motivating millions of people to go out and pay good money to be injected with untested, unproven H1N1 vaccines. But let’s put the number in perspective: Did you know that more than four times as many people are killed each year by common NSAID painkillers like aspirin?]

[update 2: esqueci-me de mencionar que o sindicato dos enfermeiros franceses indica que cerca de 63% desses profissionais recusaram ser vacinados, bem como indicam que a vacina poderá causar doenças auto-imunes como a Doença de Crohn; Le syndicat des infirmières SNPI CFE-CGC estime qu’une vaccination massive contre un virus grippal relativement bénin, présente des risques, du fait d’un vaccin développé trop rapidement, et d’un adjuvant susceptible de déclencher des maladies auto-immunes.
http://www.syndicat-infirmier.com/Vaccination-H1N1-mefiance-des.html
]

[update 3: a propósito de ter mencionado
as possíveis consequências de uma mutação mais rápida do virus em
virtude da massiva toma de vacinas e do uso do Tamiflu, eis que surge
esta notícia na BBC – Health officials say a Tamiflu-resistant strain of swine flu has spread between hospital patients.]

=-=-=-=-=
Powered by Bilbo Blogger

Powered by ScribeFire.

Google apresenta o seu futuro Sistema Operativo ChromeOS

[update: o amigo Lusitano lembrou-me e bem, deste excelente artigo onde Richard M. Stallman mostra os perigos da computação na núvem; “Web-based programs like Google’s Gmail will force people to buy into locked, proprietary systems that will cost more and more over time, according to the free software campaigner”]

Hoje a google apresentou o que virá a ser o Sistema Operativo da empresa baseado em código aberto, o ChromeOS, que verá o seu lançamento algures em 2010.

Google Chrome OS Event

… and one of the wallpapers that are included:

 


Chrome OS is a lightweight Linux distribution based on Debian that uses a lot of open-source software: Host AP Linux drivers,PAM (an authentication mechanism), Syslinux (a lightweight bootloader), IBus (Intelligent Input Bus for Linux / Unix OS),ConnMan (Internet connection manager), XScreenSaver andother software.

O ChromeOS será baseado em diverso código livre, como é o caso do kernel linux, bem como do seu browser também ele usando software livre de projectos como o Webkit, o mesmo motor de rendering do browser Safari da Apple e que nasceu do código KHTML do projecto KDE que o usa para o seu browser Konqueror.

Básicamente o novo sistema operativo da google será o seu browser que já neste momento podemos usar em diversos sistemas operativos, como as diversas distribuições de GNU/Linux, ms-windows e macosx.

Tudo gira em torno dele, as aplicações estarão quase todas na rede internet, na cloud, onde já hoje trabalhamos muitas das vezes.

Gmail, Google Docs, Picasa, youtube, etc etc, tudo estará nas diversas abas que o browser abre, incluindo aplicações que poderão estar no nosso computador, netbook!

Podem saber mais aqui.

What is Google Chrome OS?

Google Chrome OS UI Concept Video

Chromium OS

Chromium OS is an open-source project that aims to build an operating system that provides a fast, simple, and more secure computing experience for people who spend most of their time on the web. Here you can review the project’s design docs, obtain the source code, and contribute. To learn more about the project goals, read the announcement blog post.

Chrome OS:
– instant boot
– Chrome on Chrome OS is faster
– every app is a web app
– all data is in the cloud
– browser security model

 

Demo:
– 7 seconds boot time
– the UI is a work in progress
– easy to access favorite apps
– app menu
– panels: persistent lightweight windows (example: Google Talk)
– file browser
– local files open in web apps (including Microsoft Office online apps)
– native video player

Posso estar enganado mas pelo que vi se calhar a google poderia ter aproveitado o trabalhado da distribuição gOS.

A ver vamos no que dá, quanto mais players no mercado melhor, mais concorrência é sempre saudável no mundo dominado pelo monopólio da microsoft.

Mas esqueçam, que não o podem instalar nos vossos computadores!

Market:
– reference hardware
you can’t download Chrome OS and install it on your machine
– the target launch time: the end of next year

[via googlesystem]

=-=-=-=-=
Powered by Bilbo Blogger


Powered by ScribeFire.

‘Segurança e Privacidade’ num mundo de vigilância Orwelliana (Parte 1)

Tendo em conta o que os diversos governos por esse mundo vão levando a cabo para colocar em causa a nossa Segurança e muito concretamente a nossa Privacidade, como são os casos da HADOPI, ACTA, INDECT, ADABTS, ECHELON, entre muitos outros projectos, resolvi dar início à minha busca de informação que permita a um utilizador da Rede e não só, proteger a sua privacidade, quer destes governos corruptos quer das multinacionais cada vez mais poderosas que os controlam.

Tudo o que tenha a ver com informática, telemóveis, segurança, privacidade, poderá aparecer por aqui.

Acho que vale a pena dar início a uma entrada sobre estes temas, que será a primeira de muitas, aqui fica pois a Parte 1, onde faço um pequeno apanhado de algumas razões pelas quais nos devemos preocupar com a nossa Privacidade e de como ela quando colocada em causa nos retira a Liberdade e a Segurança.

Caso se interessem por estes temas, por tudo o que tenha a ver com o cada vez maior atentado aos nossos Direitos, Liberdades e Garantias tem um cantinho reservado no blog oVigia, quanto a outro tipo de Técnicas de Sobrevivência, o cantinho reservado é o blog Bushcraft e Técnicas de Sobrevivência.

Esta primeira entrada irá ser colocada nos três blogs, as seguintes ficarão apenas no Debian Dicas, embora depois faça referência a elas nos dois outros blogs.

Antes de mais gostaria de recomendar a leitura deste texto, “Uma Declaração de Separação”; um interessante texto a ler e reler! e que se enquadra bem nesta luta pela Privacidade.

Acho que o mote dos X-Files aplica-se muito bem a tudo isto! “TRUST NO ONE”! “Não confiem em ninguém!”

Para quem ache que tudo isto é um exagero e apenas teorias da conspiração, podem começar por se informarem do que se vai passando um pouco por esse mundo fora, muito especialmente pelo mundo dito civilizado e democrático, comecem a ler mais livros e a darem bem menos atenção à televisão, rádios e jornais ditos tradicionais, tornem-se mais críticos de tudo o que esses órgãos de desinformação vos transmitem.

Mais uma vez a tecnologia é uma faca de dois gumes, se bem usada permite-nos ver mais além, acorda-nos, se mal usada pode tornar-se numa arma contra nós mesmos.

“Ninguém é mais escravizado do que aqueles que erroneamente acreditam ser LIVRES”
Johann Wolfgang von Goethe

 “They who would give up an essential liberty for temporary security, deserve neither liberty or security.”
Benjamin Franklin

“If one would give me six lines written by the hand of the most honest man, I would find something in them to have him hanged.”
Cardinal Richelieu


Vivemos num mundo cada vez mais informatizado, onde grande parte da informação que todos os dias recebemos nos chega com grande probabilidade através da rede Internet, mas não só, cada vez mais usamos telemóveis da nova geração que em virtude das suas cada vez maiores capacidade de processamento e armazenamento de informação se vão tornando cada vez mais complexos e com maiores probabilidades de colocarem a nossa segurança e privacidade em causa.

FBI taps cell phone mic as eavesdropping tool | Tech News on ZDNet

The FBI appears to have begun using a novel form of electronic surveillance in criminal investigations: remotely activating a mobile phone’s microphone and using it to eavesdrop on nearby conversations.
(…)
Kaplan’s opinion said that the eavesdropping technique “functioned whether the phone was powered on or off.” Some handsets can’t be fully powered down without removing the battery; for instance, some Nokia
models will wake up when turned off if an alarm is set.
(…)
A BBC article from 2004 reported that intelligence agencies routinely employ the remote-activiation method. “A mobile sitting on the desk of a politician or businessman can act as a powerful, undetectable bug,” the article said, “enabling them to be activated at a later date to pick up sounds even when the receiver is down.”

No caso dos telemóveis mais modernos existe ainda uma nova ameaça à privacidade, o uso de GPS, embora dos mais velhos aos mais novos desde sempre puderam ser usados para descobrir diversa informação sobre cada um de nós que os usamos, estando ligados ou desligados, desde que tenham bateria os telemóveis podem ser usados para determinar onde nos encontramos em determinado momento ou até para nos escutarem, até câmeras digitais com bluetooth podem ser usadas para o Estado ou alguém com os conhecimentos suficientes nos poder espiar como no projecto Cityware.

Os centros comerciais podem dispor ou alguns já dispõem de tecnologia que permite através dos telemóveis apenas porque estes se encontram ligados, determinar quanto tempo cada um de nós fica por lá, que lojas visitamos e qual o trajecto que efectuamos.

Por cá sabemos que uma percentagem elevada dos centros comerciais pertencem à Sonae, a mesma empresa que dispõe de uma vasta rede de telecomunicações, caso esta use ou venha a usar esta tecnologia e associe a informação do IMEI do telemóvel da sua rede de telecomunicações às informações recolhidas nos centros comerciais que controla, imaginem o que não podem saber de cada um dos seus clientes, quer dos centros comerciais quer da rede de telecomunicações, podendo usar essas informações para marketing entre outras coisas.

Como é óbvio não são só os telemóveis que estão sujeitos a este tipo de invasão de privacidade, os diversos tipos de computadores estão ainda mais vulneráveis a tudo isto, especialmente porque em muitos casos são construídos exactamente para permitirem o seu controlo remotamente, como o caso que aqui descrevo, vPro e ECHELON – o bigbrother da Intel no seu computador e no seu telemóvel

Se acham que tudo isto é ficção científica dêem olhada a estes exemplos, bem como a um dos novos projectos da DARPA [wired DARPA wtach], insectos drones ou ainda as libélulas drones da CIA.


[imagens via Wired]

Como afirma o historiador Alfred W. McCoy “the J.R.W. Smail Professor of History at the University of Wisconsin-Madison and the author of A Question of Torture, among other works. His most recent book is Policing America’s Empire: The United States, the Philippines, and the Rise of the Surveillance State, num artigo da CBSNews, “não se admirem quando no meio de uma qualquer futura crise, métodos avançados de vigilância desenvolvidos durante as nossas guerras do Iraque, Afeganistão, migrem de lá para serem usadas nas nossas vilas e cidades. E nunca digam que não vos avisaram que isto poderia suceder.”

Surveillance State, U.S.A. – CBS News

In his approach to National Security Agency surveillance, as well as CIA renditions, drone assassinations, and military detention, President Obama has to a surprising extent embraced the expanded executive powers championed by his conservative predecessor, George W. Bush. This bipartisan affirmation of the imperial executive could “reverberate for generations,” warns Jack Balkin, a specialist on First Amendment freedoms at Yale Law School. And consider these but some of the early fruits from the hybrid seeds that the Global War on Terror has planted on American soil. Yet surprisingly few Americans seem aware of the toll that this already endless war has taken on our civil liberties.


Se acham que estamos longe do que descrevi nesta entrada, Cada dia que passa estamos mais próximos do que ocorreu nos anos 1930/45 na Alemanha!, comparem estes cartazes, posters das ruas do Reino Unido de hoje (poster da esquerda) com o que se passava na Alemanha daquela altura onde se estava a construir um Estado policial e securitário.

http://www.calvin.edu/academic/cas/gpa/posters/samann.jpghttp://www.calvin.edu/academic/cas/gpa/posters/pst.jpg
[via infowars e German Propaganda Archive]

Para aqueles que acham que não se devem preocupar com a sua Privacidade, que supostamente acham que ‘quem não deve não teme’, deixo aqui as palavras sábias de um dos gurus da Segurança Informática e da Criptografia, Bruce Schneier que sobre este tema escreveu um interessante artigo na Wired.

The Eternal Value of Privacy

The
most common retort against privacy advocates — by those in favor of ID
checks, cameras, databases, data mining and other wholesale
surveillance measures — is this line:
“If you aren’t doing anything
wrong, what do you have to hide?”

Some clever answers: “If I’m
not doing anything wrong, then you have no cause to watch me.”
“Because
the government gets to define what’s wrong, and they keep changing the
definition.” “Because you might do something wrong with my
information.”
My problem with quips like these — as right as they are
— is that they accept the premise that privacy is about hiding a
wrong.
It’s not. Privacy is an inherent human right, and a requirement
for maintaining the human condition with dignity and respect.

Two
proverbs say it best: Quis custodiet custodes ipsos? (“Who watches the
watchers?”) and “Absolute power corrupts absolutely.”

Saber mais sobre vigilância e atentados à Privacidade.


Parte 2: Sistemas Operativos que nos ajudam a proteger a nossa Privacidade

Trust no one!

Disclaimer: Todas as dicas destas entradas têm um único propósito, defender o direito fundamental de qualquer ser humano relativo à sua liberdade e à sua privacidade.
Convém frisar que ter direito à privacidade não implica que se tenha algo a esconder ou que se vá praticar qualquer crime.
Quando enviamos uma carta, uma encomenda pelos vulgares correios estas também vão fechadas, respeita-se a privacidade de quem as envia e de quem as recebe, presume-se que quer o emissor quer o receptor são pessoas idóneas e com direito à privacidade.
Porque razão não se respeita o mesmo direito no mundo digital da rede?!
Porque razão se coloca em causa o uso de criptografia e de VPN’s por particulares, alegando que terão algo a esconder?
Há que ter sempre em mente que Todos Somos Inocentes até Prova em Contrário e que o ónus dessa prova nunca está connosco mas sim do lado de quem nos acusa.

Trust no one!

Powered by ScribeFire.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 68 outros seguidores