Portugal: Chefe de Estado-Maior do Exército quer militares nas ruas

Isto cada vez mais parece os EUA, onde também se tem feito tábua rasa da Constituição, colocando de lado o Posse Comitatus e permitindo assim a utilização de militares no interior dos EUA, estando já pronto o USNORTHCOM.

Por cá, Portugal, o Chefe de Estado-Maior do Exército, Pinto Ramalho, quer mudar a Constituição para colocar militares nas ruas, supostamente para cooperar com as forças de segurança, PSP e GNR.

Infelizmente não é só este senhor, o falcão belicista general Loureiro dos Santos, concorda com semelhante atentado à Democracia deste país.

Pena que não se lembrem é de prender os corruptos e a corja da maçonaria.

“O problema está na Lei de Defesa Nacional, que só autoriza a intervenção a título excepcional das Forças Armadas perante ameaças estrangeiras, à excepção de missões de socorro provocadas, por exemplo, por catástrofes naturais.”

Faz todo o sentido num Estado de direito e supostamente democrático, as forças armadas terem apenas e só as funções acima referidas.

Continua assim o caminho para a Nova (Des)Ordem Mundial, talvez não seja alheia a tudo isto a entrada em vigor da constituição/tratado de Lisboa, que acabou com a Soberania de um país com mais de 800 anos de história!.

=-=-=-=-=
Powered by Bilbo Blogger

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 67 outros seguidores

%d bloggers like this: