Impostos dos Europeus usados para VIGIAREM E CONTROLAREM os cidadãos

[update: Esqueci-me de mencionar que em relação ao Tratado ACTA, Portugal é um dos países que se têm batido por manter secretas as negociações, não dando assim liberdade aos seus cidadãos de poder conhecer e debater na sociedade as medidas
que se pretendem implementar com ele. Segundo a última “fuga” de informação sobre o ACTA, Portugal faz parte de um grupo de quatro dos 27 Estados-membros que continua a opôr-se à divulgação destes documentos http://www.bigwobber.nl/2010/02/25/dutch-internal-acta-documents/ @contrACTA]

Já nesta entrada,Indect e Adabts: Conselho da Europa aprova projecto de vigilância dos cidadãos da UE, falei sobre os muitos milhões, quiçá biliões de euros que estão a ser gastos pelo Conselho da Europa e suas agências em diversos projectos cuja única finalidade é a VIGILÂNCIA E CONTROLO TOTAL dos cidadãos da Europa.

Ontem li um interessante artigo de José Esteves, um membro da LED «Associação Liberdade na Era Digital» no TEK.sapo que chama a atenção para isso mesmo deixando lá um link para um documento do Conselho da União Europeia que “terá sido redigido por uma equipa dirigida por José Magalhães. Os metadados indicam como autora Rita Faden, directora-geral da Administração Interna do MAI entre 2006 e 2009 e recentemente nomeada directora-geral da Política de Justiça.” [via tek.sapo] que deixa tudo muito claro.

TeK > Opinião > Opinião: O tsunami somos nós

“Cada objecto que o indivíduo usa, cada transacção que faz e quase qualquerdestino a que se desloque criarão um registo digital pormenorizado. Istogerará um manancial de informação para as organizações de segurançapública, criando enormes oportunidades para esforços de segurança pública mais produtivos e eficazes.”[“Public security, privacy and technology in Europe: moving forward”]

(…)

Face a documentos posteriores da UE, este tem talvez a virtude de particular clareza na exposição de oportunidades e intenções de transformação da União Europeia numa região sob vigilância total.

http://3.bp.blogspot.com/_mXOJsfJyd74/SVzrsI9MyCI/AAAAAAAABiQ/BlfBsHPE0zM/s320/EUNAZI.jpg

O membro da direcção da LED apenas mencionou o SWIFT, mas como já por diversas vezes chamei à atenção, existem diversos projectos na UE pagos com os nossos impostos cujo único objectivo é criar um Estado policial, um Estado de vigilância total 24x7x365 por forma a controlar tudo e todos, ou melhor, controlar os cidadãos, porque as elites dirigentes essas estarão acima de
tudo isto.

Um cada vez maior papel do SitCen na UE, deverá ser olhado com preocupação e desconfiança, uma vez que este centro de informações desde o seu inicio que está envolto num enorme secretismo e será ele a controlar toda a informação reunida por estes projectos. Vivemos verdadeiramente numa época, num mundo que Orwell previu, escreveu sobre.

Recomendo que se informem sobre estes projectos.

http://lh4.ggpht.com/_NEo-Aa1DLMc/ShPE3EKsDXI/AAAAAAAADIE/vyprbbZ3Hls/eu_nazi_soviet_%5B5%5D.jpg

Mas o esbanjar de dinheiros públicos não se fica pelos projectos como o Tratado ACTA, SWIFT, ADABTS, INDECT, SAMURAI, CITYWARE entre outros, a Comissão Europeia acaba de atribuir à BAE systems [1][quem lê coisas sobre os atentados de 11Set2001 já conhece estes senhores] um contrato de 2,3Milhões euros para esta desenvolver “a Strategic crime and immigration information management system”,projecto que se enquadra nos €1.4 mil milhões euros do programa “Security Research Programme (ESRP)”, o Homeland Security cá do burgo.

Infelizmente ainda há mais, parece que se preparam também para a implementação de drones/UAVS de vigilância, tipo os usados nas guerras do Afeganistão / Paquistão, para isso a European Defence Agency (EDA) acaba de atribuir a uma subsidiária da gigante EADS, a Astrium, um contracto por forma esta demonstrar que os drones podem ser usados em ambiente civil,uma vez que por enquanto estão proíbidos.

Nada que atemorize o Complexo Industrial Militar, que está de boa saúde na UE como se pode verificar….para mal de todos nós.

Alguns sites a seguir sobre estes assuntos:

ACTA
* Partido Pirata Português

* O Jurista canadiano Michael Geist
* Facbook/Remixtures do Miguel Caetano

Assuntos relativos à UE e à vigilância

* Neoconopticon
* Statewatch
* Is the European police state going global?
* Forrester’s new interactive heat map on global privacy laws
* Vigilância massiva na wikipedia

Powered by ScribeFire.

About these ads

5 Respostas

  1. A Internet permite o contra-ataque. Coloquemos na Net as fotografias, os cargos, as relações e as acções destes criminosos.

    • por enquanto permite isso,mas a corja já está a tratar desse pequeno problema!

      qto a colocar-mos na web os podres, muitos deles já hoje lá estão especialmente os relativos a conflitos de interesse ou até por exemplo relativamente ao Marocas, o livro do Rui Mateus, por cá anda, o problema é que o zé povinho grande parte dele nem sabe sequer que existe esse livro os que sabem pouco ou nada podem fazer.

      ab

  2. […] Adabts, cityware, samurai, Indect, ACTA, bases de dados de ADN, hadopi, blacklists de sites, drones para uso civil, chips nas matriculas, cctv’s por tudo quanto é lado, etc […]

  3. […] Façam um favor a vós mesmos e não usem este tipo de serviços, já nos chega sermos todos os dias vigiados por câmaras em cada loja, centro comercial e até nas ruas onde andamos, redes móveis bem como através dos chips das matrículas dos automóveis, bases de dados de ADN, projectos europeus de vigilância e dentro em pouco por drones para uso civil. […]

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 68 outros seguidores

%d bloggers like this: