Software Livre em Portugal e na UE

Acabo de colocar uma nova entrada no Nixware, Notícias de Software Livre em Portugal: PSD vê mais longe? BE apresenta projecto

Powered by ScribeFire.

About these ads

3 Respostas

  1. De Zelia a 27 de Abril de 2010 às 17:34
    “As ideias do PSD e do Pedro Passos Coelho são boas mas era se ele estivesse nos estados unidos! Os partidos da oposição na AR tem de se lembrar que em Portugal quem sabe mexer em software livre é pago a peso de ouro enquanto que o software Microsoft até um puto com o 9º ano faz manutenção dele! ESQUEÇAM o software livre na função pública porque já deu provas que só dá merda, para não falar nas brechas de segurança próprias do software livre onde o código é aberto e toda a gente fossa nele, toda a gente o conhece e sabe furar. O TCO do software Microsoft é muito inferior ao custo total de propriedade do software livre e se o PSD e o BE ainda não sabem disso, que vão para a biblioteca consultar livros de informática!”

    responder a comentário
    http://pravdailheu.blogs.sapo.pt/306577.html#comentarios

    • esta senhora não sabe o que diz!.

      respondo da mesma forma que o fiz no tek:

      Criptografia,exemplo que contradiz o FUD:

      há uns senhores que apareceram por aqui a destilar o Medo,Incerteza e Dúvida usando para tal o já velho e gasto conceito de Segurança por Obscuridade muito ao gosto da microsoft e seus apaniguados, mas infelizmente para eles quer os diversos especialistas que se debruçam sobre o tema como o conceituado Bruce Schneier, bem como a práctica e os estudos levados a cabo demonstram sem margem para dúvidas que esses tais senhores estão completamente errados e de nada lhes vale repetirem até à exaustão uma mentira que há muito não pega, aliás nem sei se alguma vez pegou.
      1º toda a boa e excelente criptografia é aquela cujos algoritmos são conhecidos, abertos e podem ser estudados e implementados por todos, não há um único caso de sucesso nesse mundo que assim não seja.
      Nem seriam precisos mais dados para assim desmontar o FUD desses senhores. (continua…)»RICARDO NUNES

      2º Basta olhar para os números de virus, spyware, malware, worms, botnets e afins para se perceber que a plataforma que domina com números avassaladores, é a da microsoft, exactamente a tal que defende a todo o custo o tal conceito de Segurança pela Obscuridade. Aliás nos NIX’s,especialmente nos livres não há conecimento sequer da existência de spyware, malware, virus etc; existem alguns conceitos teóricos, um ou outro práctico mas que nunca afectariam todas as plataformas na medida que por exemplo um Conficker afecta os sistemas da microsoft. Tal como na Natureza, também na Informática a Diversidade é um ponto a favor da segurança, da protecção dos sistemas.
      3º mas nem toda a obscuridade é má, por exemplo usando openssl, software livre e aberto mas usando um port que não o habitual 22, ou seja ‘obscurecendo’, escondendo essa informação consegue-se um maior grau de segurança. (continua…)»RICARDO NUNES»

      4º há uns anos a Coverity fez um estudo sobre os bugs do kernel Linux, chegou à conclusão que este era o que menos erros possuia por cada 1000 linhas de código,mais, era ainda o que mais rápidamente corrigia os erros que eram detectados. Geralmente o software proprietário tem cerca de 1 a 7 erros por cada 1000 linhas de código de acordo com um estudo do National Cybersecurity Partnership’s Working Group, o que transpondo esses dados para o kernel Linux dariam algo como 5700 a 40 mil falhas, o que já se demonstrou não ser assim, uma vez que o kernel Linux 2.6 apenas tinha 985. (continua…)»RICARDO NUNES»

      5º outro exemplo paradigmático é o famoso Apache com mais de 70% do mercado de webservers, o qual apesar de ser largamente maioritário neste mercado com qualquer um dos seus competidores incluindo o da microsoft a muitos números de distância,consegue ainda assim ter bem menos problemas que o da IIS da microsoft,o tal que é proprietário e tem o seu código escondido; este exemplo demonstra ainda que o facto dos sistemas da microsoft terem tantos problemas não se deve apenas ao facto de deterem um monopólio. Por fim aconselho a leitura do extenso dossier “Why Open Source Software / Free Software (OSS/FS, FLOSS, or FOSS)? Look at the Numbers!” http:// ur1.ca/wjl6

  2. Portugal tem a sexta maior taxa de infecção nos computadores pessoais
    http://sic.sapo.pt/online/Templates/2007/Article.aspx?NRMODE=Published&NRNODEGUID={E1DBAE5D-D28B-415C-A575-727F9A9F9588}&NRORIGINALURL=/online/noticias/vida/Portugal+tem+a+sexta+maior+taxa+de+infeccao+nos+computadores+pessoais.htm&NRCACHEHINT=Guest&d

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 67 outros seguidores

%d bloggers like this: