Senhoras de Seios fartos são potenciais TERRORISTAS

Esta parece ser pelo menos mais uma das lavagens cerebrais que os ditos ‘especialistas‘ anti-terrorismo, ou será pró-terrorismo, se preparam para colocar no seu arsenal de medos injustificados, gerando eles mesmos o terror que não existe ou quem sabe sugerindo aos seus terroristas fantoches e à vista de todos, mais um meio para efectuar umas quantas false flags e atentados perpetrados e programados pela intelligence da qual fazem parte.

Exemplos abundam, entre os quais um dos mais recentes, o famoso fantoche das calças em fogo do voo NF253.

Parece que mais esta tentativa, por certo eficaz, de amedrontar os cidadãos pacíficos e levá-los a aceitar o inaceitável tal como recentes sondagens demonstram, estão a aumentar, como recentemente aqui escrevi na entrada É céptico? Então é Terrorista!, será que se prepara alguma coisa?

http://www.celebnewswire.com/wp-content/uploads/import/salma_hayek_huge_boobs.jpg
será que a Salma Hayek é uma terrorista?

Segundo os tais especialistas raramente nomeados pelos media, que nunca se sabe quem são e muito menos as suas ligações, mas com 99,9% de
certeza serão os senhores da intelligence, indicam de acordo com o jornal online Telegraph que cirurgiões plásticos radicais no Paquistão poderão estar a colocar implantes mamários explosivos em diversas mulheres.

Terrorists ‘could use exploding breast implants to blow up jet’ – Telegraph

The discovery was reportedly made after Umar Farouk Abdulmutallab, a London-educated Nigerian, attempted to blow up an airliner bound for Detroit on Christmas day with explosives packed into his underpants.

Hours after his attack failed, British intelligence services reportedly picked up “chatter” from Pakistan and Yemen that alerted them to the bizarre new method.

O mais interessante disto tudo é que supostamente estes especialistas geniais, obtiveram essas informações através da Intelligence britânica,
logo após a detenção do famoso fantoche das calças em fogo, em ‘conversas‘ com origem no Paquistão e Iémen.

Coincidências por certo, ou talvez não como o afirma Webester Tarpley.


Detroit jet terrorist attack was staged – journalist

Ora tendo em conta tudo o que hoje se sabe sobre esta tentativa de atentado que não passou de mais uma FALSE FLAG, pergunto-me se esta gentinha acha que somos todos estúpidos?

O problema é que eles não precisam que sejamos todos idiotas, mas que a maioria o seja, basta ler o artigo da BBC que descreve a sondagem que demonstra que 9 em cada 10 britânicos estão imensamente agradecidos, contentes, felizes com os diversos atentados  aos seus mais básicos direitos quando são obrigados a passar pelos scanners de corpo inteiro nos aeroportos…..

BBC News – People happy to use airport full-body scanners – survey

Nine out of 10 British people are happy to use full-body scanners being rolled out at UK airports, a survey suggests.

Reino Unido onde a polícia acha que necessita de possuir armas que façam inveja aos seus compatriotas das SAS, as forças especiais britânicas, como se as que têm já não causassem problemas que cheguem. [Reino Unido com mais uma lei castradora dos direitos, liberdades e garantias]

Arrrrrrrreeeeeeeee com gente BURRA assim é realmente difícil, senão impossível, combater a Nova (Des)Ordem Mundial.
Esta gentinha papa tudo o que lhe enfiam pelos olhos, goela, a dentro!

Police need more powerful weapons to combat ‘Mumbai-style terror attacks’ says police chief | Mail Online

Police officers must be armed with even more powerful weapons to deal with a Mumbai-style terrorist attack in the UK, a top officer said last night.

Scotland Yard Assistant Commissioner John Yates said officers needed a huge  boost to their firepower to combat an atrocity where the aim is to kill as many innocents as possible in a matter of minutes.

His comments reflect grave concerns that Britain may not be able to cope with a copy-cat attack and suggest moves toward the greater use of ‘heavy ballistic weapons’ including rapid-fire assault rifles and C9 Minimi machine guns, as used by the SAS, as well as more powerful bullets.

Por cá o ex-comissário europeu António Vitorino, também vem espalhando o medo e a desinformação, segundo este senhor,

http://www.in-lex.pt/_images/uploaded/Antonio_Vitorino.jpg

Diário Digital


O aumento da vídeovigilância é um «preço a pagar» para garantir uma resposta às ameaças à segurança de cidadãos conscientes delas, numa sociedade «de risco»

Agradeço a ‘preocupação’ desse senhor e da restante máfia que nos desgoverna, mas prefiro antes dar atenção às sábias palavras de Benjamin Franklin quando este afirma e BEM que “They who would give up an essential liberty for temporary security, deserve neither liberty or security.” [Aqueles que trocam Liberdades Essenciais por segurança temporária não são merecedores nem de uma nem de outra]

Powered by ScribeFire.

Faz hoje anos que Tecnologia NAZI e cientistas NAZIS levaram o homem à lua, i think ;)

[update: li agora no friendfeed da Carla Graça que hoje também é um dia muito especial porque foi neste dia que o aristocrata Claus von Stauffenberg o oficial que liderou o falhado atentado contra Hitler foi assassinado pela escumalha NAZI]
[update 2: o google tem agora o google moon, já podemos pisar a lua via rede ;)]
[update 3: esqueci-me de colocar aqui um video fantástico que se adequa como uma LUVA a esta entrada!! :) está no fim!]
[update 4: Como foi construído o software que equipava a Apollo 11 - “Well, in today's definition it was open source--the source code was publicly available” to mission engineers, said John “Jack” Garman, who was a 24-year-old NASA computer engineer when Apollo 11 lifted off July 16, 1969, on its way to the Moon.]

Faz hoje 40 anos que segundo reza a história dois Astronautas, na ex-URSS eram chamados de Cosmonautas, Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins chegaram à Lua o nosso satélite supostamente natural, embora existam bastantes e credíveis dúvidas sobre o assunto (dados sobre o tema ficam para outra altura), tendo os dois primeiros pisado o satélite e o terceiro ficado em órbita no módulo orbital.

Foi a missão Apollo 11 que através do foguete Saturno V colocou em órbita quer o módulo orbital quer o módulo lunar, a Eagle.

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/7d/Apollo_11_Launch2.jpghttp://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/2a/Apollo16LM.jpg

O que já é menos conhecido ou pelo menos tenta-se que ninguém se lembre do facto, é que todo o Programa Espacial e não só, dos EUA e em grande parte da Rússia/Ex-URSS, teve o seu inicio e foi desenvolvido por cientistas NAZIS, alguns dos quais quadros importantes das SS «Schutzstaffel», tais como o pai do Programa dos EUA, Wernher von Braun.[1]

Sabe-se hoje que a Alemanha de Hitler, devido em grande parte a esse regime que vigorava na altura e às suas ligações a grupos e filosofias esotéricas, permitiu aos seus cientistas pensarem livremente em tecnologia nunca antes sequer equacionada, o que levou a enormes avanços tecnológicos que foram depois aproveitados por norte-americanos e russos.

Entre essa tecnologia, estavam desde o primeiro computador digital, até a caças e bombardeiros stealth e em forma de asa, como os actuais F-117 e B-2 dos EUA, bem como o desenvolvimento de armas nucleares e ainda segundo diversos analistas destas matérias como o jornalista da Jane’s Defense Weekly, Nick Cook, os cientistas NAZIS haviam conseguido obter tecnologia que permitiria hoje o mundo estar bem melhor, uma vez que pensa-se que estes conseguiram criar tecnologia que permitia o controlo da gravidade.



E claro não esquecendo as ‘mães’ dos foguetões Saturno, as V1 e V2, os primeiros misseis, que os ingleses tiveram a infelicidade de conhecerem.
Ainda no que a misseis concerne, também aqui os cientistas NAZIS foram os primeiros a desenvolver tecnologia que permitia guiarem os misseis até aos seus alvos e tudo em tempo real através de câmaras, foram também os primeiros a conseguirem instrumentos de visão nocturna, tudo isto fazia parte das chamadas “wunderwaffe
” e ainda de algo mais especial as Reichsflugscheiben ou aquilo que alguns apontam como o inicio da investigação da anti-gravidade, Die Glocke.

Toda esta tecnologia foi após o término da Segunda Guerra Mundial levado para os EUA e URSS, no caso dos EUA através das operações dos primórdios da CIA, a OSS, com os programas/projectos, Operação Overcast renomeada para Operação Paperclip.

Eis aqui uma lista de cientistas alemães que foram para os EUA e que alguns deles atingiram cargos de relevo como Wernher Von Braun, Kurt H. Debus (o primeiro director do Kennedy Space Center), cientistas que tinham estado sobre as ordens do misterioso Hans Kammler, ele próprio sob ordens de Heinrich Himmler mas que acabou por deter mais poder e conhecimento que este último, pelo menos relativamente à grande tecnologia do Reich.
Foi Albert Speer o Arquitecto do Reich que o colocou à frente das Tarefas especiais de construção.

Por tudo isto muito pouca foi a contribuição dos cientistas norte-americanos e russos, aliás até se conta que na altura existia uma piada que era muito conhecida na época, em que um “cientista dos EUA dizia para um cientista Russo, os nossos cientistas alemães são melhores que os vossos cientistas alemães”.

Sobre o tema da suposta aterragem de seres humanos na Lua, ler a entrada no Obvious sobre o tema e ainda armas extraordinárias da alemanha nazi – avanços tecnológicos e ainda um interessante documentário da PBS – The Hunt for Nazi Scientists.

E ainda este interessante artigo Wonder Weapons of World War Two

Mais sobre o tema, um interessante livro de uma jornalista da CNN, Linda Hunt (“Secret Agenda: The United States Government, Nazi Scientists, and Project Paperclip, 1945 to 1990″) bem como o livro de Nick Cook da JDWeekly (“The Hunt for Zero Point: Inside the Classified World of Antigravity Technology) e ainda o livro de Jim Marrs “The Rise of the Fourth Reich”


Did we really land Men on the Moon?


Mythbusters Moon Landing photo hoax 1


dr. strangelove – survival plan
“Mein Führer…! I can walk!!”

O ataque ao Pentágono em 11Set2001 estudado por Pilotos e profissionais da aviação

Um interessante documento criado pelo grupo de Pilotos e profissionais da aviação de todo o mundo com vista a tentar perceber o que se passou no dia 11Set2001.

Este estudo foi baseado nos dados recolhidos do próprio avião através do FDR «Flight Data Recorder» e tratados por estes investigadores após um pedido FOIA à National Transportation Safety Board (NTSB).

9/11: ATTACK ON THE PENTAGON

O documento total aqui.

E já agora um artigo relativo à desinformação publicada na wikipedia e desmontada por estes profissionais relativa a uma entrada na enciclopédia livre sobre a análise ao FDR.

Deu entrada em tribunal um processo de uma antiga funcionária do pentágono, April Gallop, a qual acusa “Secretary of Defense Donald Rumsfeld, Vice President Dick Cheney and former US Air Force General Richard Myers” de cumplicidade no ataque e de propositadamente não terem usado as informações que dispunham na altura por forma a retirar as pessoas do edificio.

Por último os diversos desmentidos a acusações falsas contra entes profissionais e o seu projecto.

Wiki Disinformation Exposed

03/19/09 – Wikipedia, a primary on-line resource for diverse information, allows anyone to edit their ‘wiki’ pages. Many are aware through articles published by Reuters and other news organizations[1] that Wiki is a haven for intelligence agencies who also use it as a means of distributing false and misleading information. Recently it has come to our attention that an edit was made to the “9/11 Conspiracies” page containing factual errors and disinformation regarding Flight Data Recorder (FDR) analysis.

Powered by ScribeFire.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 66 outros seguidores