O suposto "divino" direito dos EUA – repost

O suposto “divino” direito dos EUA

Tenho lido algumas
coisas escritas ou ditas por Noam Chomsky, dessas algumas não concordo
muito, especialmente a espécie de branqueamento que tem feito sobre os
verdadeiros responsáveis pelos atentados de 11 Setembro de 2001,
incluindo até ataques a quem tem vindo a apelar para uma melhor
investigação, uma que seja séria, sobre o que realmente terá acontecido
nesse dia.
Também não concordo com a tese que defende e isto apesar
de até ter feito investigação na área, que John Kennedy tenha sido
assassinado por um único homem, Oswald.
Basta ver o filme Zapruder para se perceber que Kennedy foi morto com um tiro vindo da frente e de lado e não de trás, para se perceber que a tese tão em voga é uma fachada na história.
Um dos agentes de segurança é mandado afastar-se do seu posto de protecção a Kennedy e fica a questionar o porquê dessa decisão/pedido.

No
entanto o artigo abaixo é algo muito interessante, algo que até na
Europa raramente se vê escrito sobre os EUA, seus governantes e media.

Z Magazine – We Own The World

We Own The World
Adapted from a Z Media Institute talk, June 2007

January, 01 2008 By Noam Chomsky

(…)
That
was the case here. This is a classic illustration. The whole debate
about the Iranian “interference” in Iraq makes sense only on one
assumption, namely, that “we own the world.” If we own the world, then
the only question that can arise is that someone else is interfering in
a country we have invaded and occupied.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: