Site português da Expo2008 e mais um Imposto Micro$oft – Raios os Partam, estou farto destes vendidos!!!

Há coisas que me deixam fora de mim, mas não é que os grandes idiotas, para não chamar comprados, que tomaram a decisão de criar o site português da Expo2008 em Saragoça nos obrigam a usar mais uma tecnologia fechada, proprietária, cheia de patentes, cavalo de Tróia da empresa de informática mais condenada do mundo, a micro$oft?!.

Esta gentinha resolveu usar no site que mostra a nossa presença na Expo2008 de Saragoça, Espanha, o $ilverlight.

Mas será que não aprendem nunca?

Qual a razão para mais uma vez usarem uma tecnologia da micro$oft e que prácticamente só esta usa e que está mais uma vez a ser empurrada para os utilizadores apenas devido ao monopólio dessa empresa?
Utilizadores de m$-window$, já que os outros estão de fora, e não me venham com a história do Mono e do vendido Miguel de Icaza.
Mais uma vez o bundling e a rotina EEE, estão a desempenhar o seu papel,ainda por cima com a ajuda de maus políticos portugueses e ainda pior, dos meus impostos.

Porra, até a distribuição Fedora PROÍBE a sua distribuição alegando que “There are serious concerns about Moonlight, due to Microsoft and Novell’s public statements around its inclusion in their “covenant”. In addition to that Groklaw has [posted] a FAQ from Software Freedom Law Center (SFLC) on the issues with this patent “covenant”. Accordingly, this technology (with, or without codecs), is considered too risky, and is not acceptable for inclusion in Fedora.”

Raios os partam, estou farto desta demagogia toda, destes idiotas que nos desgovernam, TODOS, não há um que se aproveite.

Sabem que isso é mais uma vez aplicar prácticas já mais do que uma vez provadas em tribunal como ilegais?

Porque razão mais uma vez têm os meus impostos de pagar toda esta palhaçada?
Porque razão uma tecnologia proprietária, com patentes de uma única empresa, que ninguém usa está a ser implementada logo num site criado pelo governo português?

Será que não leram, ouviram as palavras da Comissária Europeia Neelie Kroes?
Eu relembro-os, basta lerem o que o Rui Seabra escreveu no blog Software Livre no Sapo, “Neelie Kroes, Comissária Europeia para a Concorrência, recomenda a utilização de normas abertas e de software que se baseie em normas abertas.”

Mas o que é que estes idiotas comprados não percebem desta afirmação “«Nenhum cidadão ou companhia deveria ser forçado ou encorajado a escolher uma tecnologia fechada contra uma aberta, graças a um governo ter feito essa escolha primeiro», diz Neelie Kroes, bem como «Escolher formatos tecnológicos que podem ser utilizados por fornecedores diferentes — frequentemente sem pagar taxas — é uma decisão de negócio muito esperta»”

Todo o site português é construído usando tecnologia da empresa condenada, ao contrário o site da Expo2008 de Zaragoza usa Software Livre, tendo em atenção que no fim da página até têm links para a validaçãoyout W3C.

W3C | XHTML 1.0 W3C | CSS 2.1 W3C | WAI-AA

Quando vão estes grandessíssimos IDIOTAS olhar para o que se passa à sua volta, nomeadamente a Extremadura Espanhola, caramba não precisam de inventar nada, basta copiar o que de melhor se faz.
Olhem para a Universidade de Évora, para o Alinex, façam-no evoluir, apostem nele, PORRA!

É que não aprendem, desde o pseudo plano tecnológico, passando por sites da Administração Pública e Institucionais, as pseudo comissões técnicas, os pseudo concursos públicos, o não saberem o que é Software Livre, Linux e ainda assim tomarem decisões sobre algo que não fazem a mínima ideia do que se trata, BASTA, CHEGA.!!!!!

Euronews Linex (Portuguese)

Anúncios

Ainda o “Tratado de Lisboa”, depois do NÂO Irlandês, também Polacos e Checos são meninos mal comportados

Tal como já havia escrito o NÃO Irlandês deixou-me muito feliz e veio mostrar que ainda existem europeus com espinha, agora são também os Polacos e os Checos que mostram que se deve ter ideias e não serem marionetas, apenas porque meia dúzia de países todo poderosos acham que se deve fazer o que estes bem querem.

O “Tratado de Lisboa” está morto e dizerem o contrário ou tentarem por todos os meios que outros países o ratifiquem é apenas tentar colocar os Irlandeses de lado, isolando-os, apenas os querem punir pela ousadia de terem dito que não aos mestres da sapiência, o mesmo acontecerá aos que tal como a Polónia e a República Checa persistirem nessa coisa antiquada que é serem Estados Soberanos com uma voz activa e que dizem NÃO.

Parabéns Irlanda, Parabéns Polónia, Parabéns República Checa, espero que continuem assim, estou farto do meu país passar a vida a ser humilhado por políticos marionetas, sem credibilidade e sem o mínimo de respeito pelo nosso Estado Soberano com mais de 800 anos de História.

PUBLICO.PT

E mesmo que o documento seja aprovado no Parlamento, o Presidente Vaclav Klaus, um eurocéptico, ameaça não assinar a lei de ratificação, por considerar que a vitória do “não” “matou” o Tratado de Lisboa.

PUBLICO.PT

Confirmando os receios dos líderes europeus, o próprio primeiro-ministro checo, Mirek Topolanek, afirmou no final da cimeira de Bruxelas que “não apostaria cem coroas no ‘sim’ checo” ao novo tratado europeu.

Além da República Checa, o processo está também em suspenso na Polónia, já que o Presidente conservador, Lech Kaczynski, tem em mãos há mais de duas semanas o tratado e ainda não o assinou.