A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you control the oil you control the country; if you control food, you control the population.’

‘If you control the oil you control the country; if you control food, you control the population.’ Henry Kissinger.

by F. William Engdahl

[Esta entrada no blog é baseada no artigo acima referido, presente no site do Economista Canadiano, Michel ChossudovskyGlobal Research]


A Eugenia e os seus patrocinadores

A Eugenia, um termo criado por Francis Galton no século XIX, está definida na wikipedia como o “(…)estudo dos agentes sob o controle social que podem melhorar ou empobrecer as qualidades raciais das futuras gerações seja física ou mentalmente.” [wikipedia]

Sendo já de si um tema muito controverso, tornou-se ainda mais, uma vez que foi “(…)parte fundamental da ideologia de pureza racial nazista, a qual culminou no Holocausto.” [wikipedia]

A verdade é que desde a antiguidade mais remota, ainda com os “caçadores-recolectores”, ela foi usada quer em plantas quer em animais, o real problema reside mesmo é na sua aplicação a seres humanos e as implicações morais, éticas e porque não dizer “práticas” dessa mesma aplicação.

Desde o início do século XX esta teoria e prática teve o patrocínio privado de financiadores do racismo, tais como John D. Rockefeller, Harriman, Carnegie e outros, especialmente através de fundações, como a Rockefeller Foundation e a Ford Foundation e de universidades (Harvard, Yale, Princeton e Stanford).

“Doomsday Seed Vault” in the Arctic

Now the Svalbard Seed Bank begins to become interesting. But it gets better. ‘The Project’ I referred to is the project of the Rockefeller Foundation and powerful financial interests since the 1920’s to use eugenics, later renamed genetics, to justify creation of a genetically-engineered Master Race. Hitler and the Nazis called it the Ayran Master Race.

No título desta entrada digo que a Eugenia voltou, mas será que alguma vez tinha sido abandonada?
Não creio, especialmente com as diversas evidências que se nos deparam.
Senão vejamos, a aplicação prática da Eugenia ao homem teve o seu auge no regime NAZI através de cientistas desse mesmo regime e que mais tarde foram levados para os EUA pela OSS/CIA com o objectivo de continuarem as suas pesquisas.

“Doomsday Seed Vault” in the Arctic

The eugenics of Hitler were financed to a major extent by the same Rockefeller Foundation which today is building a doomsday seed vault to preserve samples of every seed on our planet. Now this is getting really intriguing. The same Rockefeller Foundation created the pseudo-science discipline of molecular biology in their relentless pursuit of reducing human life down to the ‘defining gene sequence’ which, they hoped, could then be modified in order to change human traits at will. Hitler’s eugenics scientists, many of whom were quietly brought to the United States after the War to continue their biological eugenics research, laid much of the groundwork of genetic engineering of various life forms, much of it supported openly until well into the Third Reich by Rockefeller Foundation generous grants.

Convém não esquecer que o regime NAZI era fortemente apoiado e patrocinado pelos grandes banqueiros «incluindo o bisavô do actual presidente, Prescott Bush» e corporações dos EUA, como a IBM e as Ford e General Motors.

O projecto Svalbard – “Cofre das sementes do dia final”

Após esta breve introdução, vou agora até ao tema que me leva a escrever esta entrada.

A construção do que pode ser traduzido como “Cofre das sementes do dia final”Doomsday Seed Vault», num dos mais remotos locais do planeta, Svalbard, uma ilha da Noruega.

Nos seus patrocinadores encontramos entre outros, a Fundação Bill & Melinda Gates, a Rockefeller Foundation a Monsanto Corporation a Syngenta Foundation (esta também presente em Portugal), um gigante do agribusiness dos EUA a DuPont/Pioneer Hi-Bred (um dos maiores detentores de patentes mundiais de sementes) e o Governo da Noruega.


John Vidal: Gates’s donation to fund GM research | Environment | The Guardian

But
why should the Gates Foundation be interested in a small, obscure
organisation like Cgiar?
Apart from strongly influencing the direction
of world agriculture, one answer is that it is the custodian of more
than 600,000 seeds, something that has been called the “collective
wealth of nature and the food security of the world”.


(…)
But there are reasons to believe that the Gates food agenda is now
being shaped by US corporate and govern ment interests. The Gates
Foundation has recently appointed a Kenyan ex-Monsanto scientist to one
of its boards, and last year joined Kraft foods, a subsidiary of Philip
Morris, the world’s largest and most profitable tobacco corporation, in
a programme to add vitamins to conventionally grown foods.

O projecto é conhecido pelo nome de »doomsday seed bank», mas oficialmente é chamado de Svalbard Global Seed Vault on the Norwegian island of Spitsbergen.

Este cofre está a ser construído dentro de uma montanha e está praticamente pronto, terá duas portas à prova de explosão com sensores de movimento, paredes de betão reforçado com 1 metro de espessura e duas câmaras de ar.

E conterá no seu interior mais de 3 milhões de espécies diferentes de sementes recolhidas pelo mundo inteiro.
As sementes estarão protegidas para não haver contaminação destas e para não se misturarem.

Questões que se levantam

A pergunta que vem logo à cabeça é, qual o verdadeiro objectivo de todo este projecto, tendo em conta quem o patrocina.?!

Ainda mais dúvidas nos ocorrem quando os autores deste projecto na sua nota à imprensa afirmam que “é para que a diversidade das colheitas possa ser conservada para o futuro” «so that crop diversity can be conserved for the future».

Mas qual será o problema das colheitas do futuro ou qual o futuro negro que estes senhores prevêem se estas mesmas sementes já se encontram protegidas em “Cofres” espalhados pelo planeta?!

As perguntas são inteiramente legitimas, uma vez que quando estes pesos pesados que governam o mundo a seu belo prazer se resolvem unir num projecto, é muito natural que toquem alarmes por todo o lado, ainda para mais quando já estamos mais que habituados quer às falcatruas que praticam [2] quer aos objectivos pouco claros que perseguem e que escondem.

Um dos sinais de alarme é logo a Rockefeller Foundation, a qual nos anos 70 criou a revolução genética «The Project» investindo para tal US$100 milhões através da CGIAR a sua rede mundial que promoveu a ideia de pureza genética através da modificação/mudança da Agricultura.

É interessante de notar que tal como as revoluções patrocinadas pela CIA em países com vista a colocar lá os fantoches dos EUA criando regimes ditatoriais, também aqui a suposta revolução genética da agricultura que deu origem ao Agribusiness, se chamou de Green Revolution.

Também aqui são criados regimes ditatoriais, e gigantescos monopólios, como é bem patente no historial destas multinacionais, como a Monsanto e outras, as quais produzem OGM‘s os quais estão dependentes dos seus adubos, e os quais produzem sementes estéreis de modo a que todos os anos os agricultores lhes tenham de comprar mais sementes para poderem plantar.

Não nos podemos ainda esquecer que está provado ciêntificamente que as colheitas de OGM’s produzem MENOS colheita que as sementes tradicionais sem alterações genéticas e que a cada ano que passa essa produção vai diminuindo.

Exposed: the great GM crops myth – Green Living, Environment – The Independent

Major new study shows that modified soya produces 10 per cent less food than its conventional equivalent

(…)

The new study confirms earlier research at the University of Nebraska, which found that another Monsanto GM soya produced 6 per cent less than its closest conventional relative, and 11 per cent less than the best non-GM soya available.

Outra coincidência interessante é uma vez mais a união da Rockefeller Foundation e da Gates Foundation num novo projecto para colocar África desta vez sob o jugo das grandes multinacionais de patentes de GMO’s, a The Alliance for a Green Revolution in Africa, AGRA.
O presidente dessa organização é o ex secretário geral da ONU, Kofi Annan, o qual no seu discurso de tomada de posse afirmou “I accept this challenge with gratitude to the Rockefeller Foundation, the Bill & Melinda Gates Foundation, and all others who support our African campaign.”

Acredita-se que a Monsanto e todas as outras grandes multinacionais irão usar esta organização para disseminar por todo o continente Africano as suas sementes OGM patenteadas.
Até hoje o único país Africano que legalmente permite a plantação de sementes modificadas é a África do Sul.

Seeds of Deception – Genetically Modified Organisms (GMO) Cover-up. Genetically Engineered Food.

To implement their strategy, the biotech companies
needed to control the seeds—so they went on a buying spree, taking
possession of about 23 percent of the world’s seed companies. Monsanto
did achieve the dominant position, capturing 91 percent of the GM food
market.


O que nos reserva o futuro, o objectivo real de todo este projecto na minha perspectiva

Sabe-se que todo este projecto irá ser gerido por uma organização com o nome de “Global Crop Diversity Trust (GCDT)”, estará baseada em Roma e terá como presidente a canadiana Margaret Catley-Carlson, a qual está também no conselho consultivo do Group Suez Lyonnaise des Eaux, uma das maiores companhias privadas do mundo de águas.

Esta senhora foi até 1998 presidente de mais uma organização da rede Rockefeller, a New York-based Population Council, criada em 1952 com o objectivo de levar a cabo a política Eugénica da família Rockefeller, com vista ao controlo da população mundial através do planeamento familiar usando aparelhos de controlo de natalidade e esterilização.

“Doomsday Seed Vault” in the Arctic


In the 1990’s the UN’s World Health Organization launched a campaign to vaccinate millions of women in Nicaragua, Mexico and the Philippines between the ages of 15 and 45, allegedly against Tentanus, a sickness arising from such things as stepping on a rusty nail. The vaccine was not given to men or boys, despite the fact they are presumably equally liable to step on rusty nails as women.

Because of that curious anomaly, Comite Pro Vida de Mexico, a Roman Catholic lay organization became suspicious and had vaccine samples tested. The tests revealed that the Tetanus vaccine being spread by the WHO only to women of child-bearing age contained human Chorionic Gonadotrophin or hCG, a natural hormone which when combined with a tetanus toxoid carrier stimulated antibodies rendering a woman incapable of maintaining a pregnancy. None of the women vaccinated were told.

It later came out that the Rockefeller Foundation along with the Rockefeller’s Population Council, the World Bank (home to CGIAR), and the United States’ National Institutes of Health had been involved in a 20-year-long project begun in 1972 to develop the concealed abortion vaccine with a tetanus carrier for WHO. In addition, the Government of Norway, the host to the Svalbard Doomsday Seed Vault, donated $41 million to develop the special abortive Tetanus vaccine.

Na minha perspectiva todo este projecto tem como objectivo final o controlo da população mundial através da Cadeia Alimentar, usando os GMO‘s como arma biológica para submeter países e por fim o mundo inteiro às vontades e caprichos de meia dúzia de ditadores completamente loucos.
Eles decidirão quem poderá comer e quanto poderemos comer, mais, decidirão quantos escravos irão necessitar, exterminando os restantes, afinal de contas o objectivo por demais repetido por grupos como o CFR, Trilateral Comission e até pelo próprio Bilderberg, é de acabar com 2/3 da população mundial. [John Coleman] [Carroll Quigley (Bill Clinton’s mentor) [2]]

Os GMO’s são a arma suprema que irão utilizar, as guerras que sempre fomentaram e criaram não eram suficientemente letais, agora através da Cadeia Alimentar podem controlar países sem que haja guerras, afinal como pode um país lutar, defender-se, se os seus cidadãos nada têm para comer.

O plano como acima refiro já começou a ser implementado à longos anos, desde o início do século XX, e agora está perto do seu fim.

Imaginemos um futuro sombrio onde por todo o mundo deixou de haver plantações e produção de sementes ditas normais, sem modificações genéticas, onde apenas existem GMO’s «Organismos Genéticamente Modificados» , toda a produção de alimentos está dependente de 3 ou 4 grandes multinacionais, as quais detém patentes sobre todas as sementes que se plantam, as quais controlam toda a cadeia produtiva de alimentos, as quais detém o poder de dizer se um país vai ou não ter produção no ano seguinte, uma vez que controlam esses mesmos organismos, pois estes foram criados para se auto-destruirem ou não produzirem uma nova colheita, usando para tal tecnologias como as já implementadas pela Monsanto na sua semente chamada de Terminator, usando a tecnologia GURT «Genetic Use Restriction Technology».

É sabido que existem mecanismos de contaminação entre as sementes não modificadas e as modificadas, mas no mundo que essas empresas sonham criar, isso não é visto como algo perigoso, pelo menos é o que nos querem fazer crer, embora creio que a criação deste projecto mostra exactamente o contrário, para além de necessitarem de sementes não alteradas para a investigação, estas empresas e os loucos por trás delas, têm plena consciência de que estão a abrir uma caixa de pandora, que uma vez aberta poderá não se poder fechar novamente, poderão para sempre danificar a Natureza tal como hoje a conhecemos e estão bem estudados ou pelo menos existe hoje plena consciência da importância dos mecanismos das Cadeias Alimentares e de como isso poderá afectar perigosamente a vida na Terra e logo a sobrevivencia da Humanidade.

Neste mundo de terror que estas multinacionais planeiam, não tendo acesso às sementes originais uma vez que todas as plantações já só usam GMO’s, abre-se uma nova época de horrores, onde a comida, as sementes, passam a ser armas biológicas, imaginemos por momentos algo que será totalmente plausível, a criação de uma semente modificada que permite exterminar uma determinada camada da população que tenha uma determinada característica ou gene que não interesse aos senhores do mundo, isso poderá ser feito sem qualquer dúvida.

Chegado a este ponto, creio que o objectivo final é mesmo a implementação prática dessa terrível teoria que é a Eugenia, finalmente e após mais de um século, as pessoas e as entidades que criaram para levar a cabo esta forma de destruição humana têm agora toda a tecnologia e as políticas, bem como as condições para levarem a cabo os seus terríveis, monstruosos e sinistros objectivos.

“Doomsday Seed Vault” in the Arctic

The explicit aim of the eugenics lobby funded by wealthy elite families such as Rockefeller, Carnegie, Harriman and others since the 1920’s, has embodied what they termed ‘negative eugenics,’ the systematic killing off of undesired bloodlines. Margaret Sanger, a rapid eugenicist, the founder of Planned Parenthood International and an intimate of the Rockefeller family, created something called The Negro Project in 1939, based in Harlem, which as she confided in a letter to a friend, was all about the fact that, as she put it, ‘we want to exterminate the Negro population.’

A small California biotech company, Epicyte, in 2001 announced the development of genetically engineered corn which contained a spermicide which made the semen of men who ate it sterile. At the time Epicyte had a joint venture
agreement to spread its technology with DuPont and Syngenta, two of the sponsors of the Svalbard Doomsday Seed Vault. Epicyte was since acquired by a North Carolina biotech company. Astonishing to learn was that Epicyte had developed its spermicidal GMO corn with research funds from the US Department of Agriculture, the same USDA which, despite
worldwide opposition, continued to finance the development of Terminator technology, now held by Monsanto.

“Doomsday Seed Vault” in the Arctic

Time will tell whether, God Forbid, the Svalbard Doomsday Seed Bank of Bill Gates and the Rockefeller Foundation is part of another Final Solution, this involving the extinction of the Late, Great Planet Earth.

Advertisements

31 Respostas

  1. Olá Vigia,

    Já tinha lido este artigo no Global Research. Penso que eles não querem escravos. Julgo que querem reduzir a população mundial a um sexto do seu valor actual com fome e guerras. São loucos que têm quase todo o poder do mundo nas mãos.

    Abraço

  2. caro diogo,

    creio que realmente querem ambas as coisas, só tens poder se o puderes exercer sobre alguém.

    abs,

  3. […] Já agora, o gajo já não tinha abandonado o barco para se dedicar a intrujar a outra metade do mundo, agora através da sua pseudo-fundação? […]

  4. […] de browsers?! para mim é muito fraquinho…muito fraquinho!GooglEVILle!! powered by chrome?! ;)A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you co…Instalar flash 10 em Debian/Kubuntu/Ubuntu AMD64 – afinal não funciona […]

  5. […] Não nos podemos ainda esquecer que está provado ciêntificamente que as colheitas de OGM’s produzem MENOS colheita que as sementes tradicionais sem alterações genéticas e que a cada ano que passa essa produção vai diminuindo.É uma decisão tanto ou mais perigosa quando estas empresas estão ligadas a fundações e empresas que defendem e patrocinam a Eugenia, que apoiam e patrocinam campanhas de vacinação falsas que causam … […]

  6. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you co… […]

  7. […] limita-se a debitar o que estas fundações que a patrocinam e que patrocinaram e patrocinam a Eugenia lhes mandam dizer, a […]

  8. […] O seu voto iria para candidatos que poderiam fazer a mudança, candidatos que não se encontram de mãos dadas com as indústrias do armamento, as farmacêuticas, as petrolíferas e as empresas produtoras de GMO. […]

  9. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you co… […]

  10. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you co… […]

  11. […] muito, uma vez que já escrevi sobre o tema dos Organismos Geneticamente Modificados bem como o Cofre do Juízo Final, construído em Svalbard na Noruega, onde a elite da Nova (Des)Ordem Mundial através do seu programa de destruição dos alimentos […]

  12. […] Global, Jimmy Carter, Bill Gates, George Soros e o autor dos protocolos de Kyoto, Maurice Strong. Não podemos esquecer que Bill Gates também faz parte do grupo, através da sua fundação, que est… Codex – Codex Alimentarius – A Threat to your Vitamin Supplements? That all sounds fine, you are […]

  13. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you co… […]

  14. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you co… […]

  15. “Uma delegação do FBI esteve ontem em Coimbra a instalar o sistema informático…”
    http://dn.sapo.pt/inicio/interior.aspx?content_id=1174386

    • ainda não consegui aceder ao link….

      e ainda dizem que não se passa nada que é tudo normal, que não existe um controlo das pessoas e um forte e persistente objectivo de criar um estado policial mundial.

      obrigado pelo interessante link!

      abs

  16. […] conflito de interesses uma vez que o marido desta congressista, Stanley Greenburg, trabalha para a Monsanto, a conhecida empresa multinacional de sementes geneticamente modificadas «OGM/GMO» e um dos […]

  17. Btw… aqui fica um link. http://wideeyecinema.com/?p=105&cpage=3#comment-2946
    onde existe muita informação disponibilizada pelos próprios comentadores, além do excelente documentário: “The world according to Monsanto”.
    (penso que não o terás aqui, pelo menos não o encontrei)
    😉

  18. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you co… […]

  19. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you co… […]

  20. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you co… […]

  21. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you co… […]

  22. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you … […]

  23. […] OGM / GMO Posted on Maio 25, 2009 by ovigia Nesta página ficarão links e informações pertinentes relacionadas com os Organismos Geneticamente Modificados e com tudo o que diga respeito a este tema, bem como o que por esse mundo se vai fazendo relativamente à Agricultura, Pescas, Fauna e Flora, no fundo à Biodiversidade e às negociatas que a estão a colocar em causa como a enorme quantidade de terras produtíveis que têm vindo a ser adquiridas por diversos países e suas elites bem como por multinacionais como a Monsanto. ‘If you control the oil you control the country; if you control food, you control the population.’ – Henry Kissinger A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill & Melinda Gates […]

  24. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you … […]

  25. […] A Eugenia voltou. E agora tem o alto patrocínio da Fundação Bill&Melinda Gates – ‘If you … […]

  26. […] parece que não como se pode verificar com o que estão a fazer na Noruega com o cofre das sementes de Svalbard, por forma a dinamizarem os GMO’s e a deterem toda a variedade de espécies naturais e […]

  27. […] escreve para o site Global Research, aconselho sem dúvida a leitura deste artigo sobre o Cofre das Sementes de Svalbard.[em protuguês] The Three Pillars of the British Empire Geopolitical history for the last 100 […]

  28. […] oligarquia da Nova Ordem Mundial e defensoras desde sempre da Eugenia, como as Ford, Rockeffeler, Bill e Melinda Gates, bem como Bancos como a nossa CGD, vêm promovendo a cada dia que passa colocando quer a nossa […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: