Software Livre defende a soberania dos países

https://i1.wp.com/images.soniarmb.multiply.com/image/5/photos/298/1200x120/90/portugal-tux.png
Numa recente entrevista o criador do conceito de Software Livre e fundador do projecto GNU, Richard M. Stallman defende que para além do Software Livre defender empresas e governos de processos relativos à utilização de software ilegal, bem como dos custos muito mais baixos da sua utilização, o que realmente o distingue é a sua defesa da Soberania dos países e a Liberdade de escolha por parte das empresas.

Richard Stallman afirmou mesmo que “é dever dos governos protegerem a soberania dos seus países usando Software Livre”

Será que os EUA usariam software desenvolvido fora das suas portas sem que pudessem verificar o seu código fonte?

Ainda para mais quando existem rumores ou mesmo evidências de que diverso software possúi entradas que permitem o acesso por parte de agências de intelligence e especialmente porque cada vez mais os diversos sistemas informáticos vão estando em clouds.

A Venezuela teve mesmo de tomar uma decisão de passar só a usar Software Livre quando se viu confrontada com este cenário em 2002, quando deixaram de ter acesso a diversos sistemas que corriam software de uma companhia norte-americana, a SAIC, que estava ligada ao departamento de defesa e à CIA.

http://blogloucosporfutebol.files.wordpress.com/2008/06/portugal.jpg

The SAIC workers realized that they had committed an enormous crime and fled the country — after they had changed all the passwords that ran PDVSA’s computer systems and set themselves up with remote control of these systems.
Since the software was proprietary, no one except the SAIC workers knew how the software worked internally and the oil facilities were literally held hostage by criminals who were now seeking refuge in the United States.

A partir deste cenário de guerra, a Venezuela passou a apostar fortemente no Software Livre.

Mas não são só os países da América Latina que usam amíude Software Livre, também os países ricos da Europa cada vez mais usam e abusam da utilização de Software Livre, desde governos a empresas, infelizmente o mesmo não se passa no nosso país.

Protecting sovereignty with free software is a good idea and the duty of governments, says Stallman : northxsouth : free software news from latin america

Every public agency has a duty to maintain its control over its computing, as a matter of sovereignty. Using a non-free program means giving the program’s developer control over that computing. Thus, public agencies must reject proprietary software and move to free software. Venezuela and Ecuador are on the right track.

{via itnews e Free Software in Latin America}

Powered by ScribeFire.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: