CM Odivelas indica que usa e abusa de Software Livre

Em virtude da entrada que coloquei neste blog há semanas atrás, Presidente da CM Odivelas envia-me as boas festas e eu retribúo com Software Livre, recebo hoje para meu espanto e surpresa, diga-se positiva, uma reposta por parte da Sra Fernanda Fragoso «Chefe do Gabinete da Presidência» na qual ela me corrige indicando que a CMOdivelas usa e muito Software Livre.

Espero que a Sra não fique chateada comigo, mas vou deixar aqui alguma da informação que ela me prestou sobre o tal uso de FLOSS por parte da CMOdivelas.

Neste âmbito, estamos obviamente sensíveis para a utilização de software livre, encontrando-se o nosso Gabinete de Informática e Sistemas de Comunicação a trabalhar activamente nesse sentido, sempre numa óptica de salvaguarda do “coração” da nossa rede informática, por forma a que não seja minimamente beliscada a integridade e a estabilidade do Sistema, visto existirem experiências negativas em outras Autarquias, que têm de ser devidamente analisadas.

É de salientar que todos os computadores que a Câmara Municipal de Odivelas colocou nas Escolas foram instalados,  prioritariamente, com Software Livre, o nosso site na internet assenta, sobretudo, em Software Livre e as plataformas de desenvolvimento de sites, como por exemplo a do PDM, também foi elaborada neste tipo de software, as aplicações que usamos em alguns serviços municipais para controlo de inventário, de intervenções técnicas, etc, são de Software Livre, ao nível do SIG (informação geográfica) está-se a trabalhar no desenvolvimento de módulos aplicacionais suportados em Software Livre e ao nível de programas de utilização técnica, como o AutoCAD, cujo custo é muitíssimo elevado, há muito que temos vindo a utilizar software livre ou alternativo.

Em acréscimo, encontram-se em testes prévios outros programas de software livre, de modo a que a sua segurança, fiabilidade e adequabilidade sejam devidamente asseguradas.

Perante o atrás exposto, temos razões para crer que Odivelas é das Câmaras Municipais deste país a que mais software Open Source utiliza, sendo a nossa meta a implementação total de programas desta natureza, sempre dentro dos princípios atrás expostos.

Apesar de ser um mail cheio de interesse, existem alguns problemas e como tal enviei um mail de volta a relatá-los.

Concordo que uma implementação desta envergadura tenha de ser bem pensada e feita no seu tempo próprio, salvaguardando o normal funcionamento da CMOdivelas.

Indica que o software instalado nas escolas é prioritáriamente Software Livre «FLOSS», infelizmente neste tópico e em alguns outros não posso comprovar tal medida, presumo que o software instalado seja a Caixa Mágica em dual boot com o sistema da microsoft, tendo em conta que os professores não têm formação em FLOSS, sinceramente duvido que apesar de instalado, na realidade se use Software Livre, e em virtude desta situação, não houve poupança nenhuma uma vez que as licenças da microsoft tiveram de ser adquiridas na mesma.

Indica que o site da CMOdivela e o do PDM, usam Software Livre, este é um dos casos que infelizmente mostram que não é o caso, quer um quer o outro usam software proprietário da microsoft, como fácilmente se comprova:

http://uptime.netcraft.com/up/graph?site=www.cm-odivelas.pt

$ curl -I http://www.cm-odivelas.pt/
HTTP/1.1 200 OK
Server: Microsoft-IIS/5.0
Date: Tue, 06 Jan 2009 15:41:23 GMT
X-Powered-By: ASP.NET
Content-Length: 63417
Content-Type: text/html
Set-Cookie: ASPSESSIONIDCARDCRTD=

CEKPGJJCFIGAJMIEDNAMMLMF; path=/
Cache-control: private

$ curl -I http://www.cm-odivelas.pt/extras/pdm/index.htm
HTTP/1.1 200 OK
Server: Microsoft-IIS/5.0
X-Powered-By: ASP.NET
Date: Tue, 06 Jan 2009 15:42:39 GMT
Content-Type: text/html
Accept-Ranges: bytes
Last-Modified: Wed, 01 Oct 2008 08:19:30 GMT
ETag: “6a158b6d9e23c91:843”
Content-Length: 9306

Relativamente às outras situações tal como já afirmei não me é possível confirmar as afirmações da Chefe do Gabinete da Presidência da CMOdivelas, mas no entanto não creio que a última afirmação que faz, “Odivelas é das Câmaras Municipais deste país a que mais software Open Source utiliza”, seja a mais correcta, embora eu não consiga obter números para contrariar esta afirmação, sendo que a câmara com melhor presença online é a CMPombal e esta sim usa pelo menos no seu website Software Livre.

$ curl -I http://www.cm-pombal.pt/
HTTP/1.1 200 OK
Date: Tue, 06 Jan 2009 18:14:45 GMT
Server: Apache/2.0.49 (Fedora)
Set-Cookie: PHPSESSID=243138cf8f1d6ff27acb0bded2e77d6a; path=/
Expires: Thu, 19 Nov 1981 08:52:00 GMT
Cache-Control: no-store, no-cache, must-revalidate, post-check=0, pre-check=0
Pragma: no-cache
Connection: close
Content-Type: text/html; charset=iso-8859-1
Content-Language: pt

embora o Geoportal SIG use microsoft:

$ curl -I http://geoportal.cm-pombal.pt/
HTTP/1.1 200 OK
Content-Length: 498
Content-Type: text/html
Content-Location: http://geoportal.cm-pombal.pt/Default.htm
Last-Modified: Tue, 08 May 2007 11:03:32 GMT
Accept-Ranges: bytes
ETag: “d06c6846091c71:b97”
Server: Microsoft-IIS/6.0
X-Powered-By: ASP.NET
Date: Tue, 06 Jan 2009 18:16:03 GMT

Espero sinceramente que estes números apresentados pela UMIC, Resultados dos Inquéritos sobre as TIC na Administração Pública 2008, vão melhorando cada ano que passa.

Powered by ScribeFire.

4 Respostas

  1. […] Presidente da CMO através de um mail em que incentivava a CMO a apostar no uso de Software Livre e após a resposta da sua Chefe de Gabinete, recebo agora um mail do Gabinete de Informática e Sistemas de Comunicação da CMO, com […]

  2. Boas,
    Não deve ser vista a utilização de software livre apenas através da consulta ao header do servidor WEB. Aliás, como decerto saberá esta “assinatura” do servidor pode ser “falsificada”.

    Ainda assim, acredito que neste país ainda se gasta imenso dinheiro com licenciamento de software sem qualque justificação. E a CMO não é diferente.

    Não conheço o funcionamento da CMO nem nada da sua estrutura a nível informático, no entanto tenho podem-se encontrar online alguns exemplos da não conformidade com as declarações da CMO.

    Exemplo:
    Mapas Interactivos – Utilização de software de uma da monopolizadoras a nível mundial em software de mapas, a ESRI, Nº1 a nível mundial.
    http://urano.cm-odivelas.pt/alodigitalviewer/Viewer.aspx?serviceName=pdm&host=urano.cm-odivelas.pt
    Custos anuais, alguns milhares.

    O CM-ODIVELAS.pt – Como dito no seu artigo, assenta sobre um servidor Microsoft Windows com um servidor IIS.
    A utilização de ASP é claramente Windows.
    http://www.cm-odivelas.pt/Extras/SimuladorIMI/index.asp

    Mas se entrarem na CMO verão todos aquelas PCs com o Sistema Operativo do tio Bill.

    Quando se referiu à CMPombal, está sim a falar com alguma exactidão, sei que estes fazem um enorme esforço para a utilização de tecnologia Open Source.

    A grande questão continua a ser: “o que sai mais barato?”

    Eu pessoalmente tanto uso Windows como Linux, tanto programo em .NET como em PHP. Defendo que cada coisa tem o seu canto, mas cada vez mais existe uma coisa no OpenSource para cada um dos cantos.

    Abraço

    • boas,

      1º claro que pode ser alterada

      2º sim a CMO fala muito mas executa pouco

      3º sem dúvida, basta ir à Biblioteca D.Diniz

      ab

  3. C.M. Pombal também já se rendeu à ESRI… geoportal.cm-pombal.pt em tempos de FMI aí estamos nós a mandar os euritos para os americanos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: