Supercomputers: O futuro IBM Sequoia corre GNU/Linux

A IBM e o Departamento de Energia dos EUA estão a preparar-se para construir o supercomputador mais rápido do mundo, batendo o anterior recorde da própria IBM, com o seu Roadrunner.

Este supercomputador vai ter um poder de processamento de 20 Petaflofs, algo que segundo os cálculos lhe dará uma capacidade superior aos 500 supercomputadores mais rápidos todos juntos.

O IBM Sequoia como será conhecido permitirá correr simulações extremamente complexas, incluindo a gestão e simulação que permitirá manter a segurança e a fiabilidade das armas nucleares dos EUA.

Permitirá ainda a simulação da previsão de terramotos e a simulação dos seus efeitos em edifícios.

As características dele são fabulosas, será entregue em 2012 e incluirá 1,6milhões de processadores da IBM, colocados em 96 Racks de refrigeração, terá 1,6 Petabytes de memória e correrá o sistema operativo GNU/Linux, usando o que de mais moderno existe em Fibra Óptica para a sua infraestrutura de rede.

Infelizmente não consegui confirmar se os 1,6Milhões são de CPU’s ou de Cores, embora as notícias que li se referirem a CPU’s.

Para info interessante leiam a discussão no /. bem como aqui e aqui

Mais uma vez o sistema operativo usado neste gigante será o GNU/Linux, o mesmo sistema operativo que as autoridades competentes deste país, o Governo, nunca ou muito raramente têm em conta, aliás o GNU/Linux domina cerca de 80% dos sistemas operativos usados neste tipo de máquinas, os sistemas da microsoft não vão além de cerca de 0,2%.

O exemplo paradigmático é o recente memorando de entendimento entre este governo de Sócrates e 10 Ministérios incluindo o Ministério da Defesa para a utilização de software fechado, caro e de pouca qualidade da microsoft, fazendo exactamente o contrário do que o país de origem dessa empresa faz, ou seja, usam e desenvolvem o seu software mais sensível quer nestes supercomputadores que gerem algo tão sensível como as armas nucleares bem como a sua intelligence, baseado em Software Livre, nomeadamente o GNU/Linux e BSD’s.

Acho que deveriamos aprender com eles e desenvolver projectos como o Alinex da Universidade de Évora.

Powered by ScribeFire.

2 Respostas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: