Skynet chegou…e trouxe o Terminator!

O departamento de defesa dos EUA está a financiar estudos de robots autónomos armados que poderão vir a procurar alvos e a destruí-los sem qualquer intervenção ou decisão humana.

Será o robot a decidir da sorte do alvo.

Presumo que na sua Inteligência Artificial não tenham sido colocadas as 3 leis de Asimov relativas à robótica.

  • 1ª lei: Um robô não pode ferir um ser humano ou, por omissão, permitir que um ser humano sofra algum mal..
  • 2ª lei: Um robô deve obedecer às ordens que lhe sejam dadas por seres humanos, excepto nos casos em que tais ordens contrariem a Primeira Lei.
  • 3ª lei: Um robô deve proteger sua própria existência desde que tal protecção não entre em conflito com a Primeira e Segunda Leis.

t r u t h o u t | Will Robot Killers Be Allowed to Fire on Their Own?

This prospect alarms experts, who fear that machines will be unable to distinguish between legitimate targets and civilians in a war zone.

“We are sleepwalking into a brave new world where robots decide who, where and when to kill,” said Noel Sharkey , an expert on robotics and artificial intelligence at the University of Sheffield, England .

Powered by ScribeFire.

18 Respostas

  1. Já conhecia as três leis de Asimov.

    Mas entre um robot acéfalo e um humano robotizado, não sei o que será pior.

    Que a inteligência artificial dê pulos de gigante nos próximos anos.

    • boas diogo,

      estamos de acordo, o problema mesmo tal como colocas a questão é que são humanos robotizados e acéfalos a construir robots.

      também espero que a IA avance, pode ser que se consiga evitar alguns disparates através dela.

      abs

  2. Aos EUA nunca lhe importaram nada em matar uns quantos civis, ao que eles gostam muito de chamar “danos colaterais”, por isso criar robots que matem tudo que se mexa para eles deve ser aceitável.

    • lollll, tens razão, faz-me lembrar creio que num dos filmes do bruce willis e do ataque ao arranha céus, em que um dos génios da cavalaria que chega tarde diz isso mesmo, vão perder 20/30% de civis mas isso é negligenciável afinal são os tais danos colaterais.

      o problema é que não é só a indústria militar dos EUA a achar tudo isto normal, depois temos pessoas como Pacheco Pereira, Jose manuel fernandes que acham que há boas bombas, as tais xpto laser etc que causam supostamente menos ‘danos colaterais’ e as más que eram usadas anteriormente.

      ab

  3. Também não me agrada os “danos colaterais” mas infelizmente não conheço nenhuma guerra em que isto não aconteça. Até os próprios soldados são atingidos por engano.
    “Leis do Asimov”, são apenas pensamentos dele, as pessoas individuais felizmente não podem fazer leis, se pudessem seria um desastre.

    • as leis de asimov serão usadas assim que haja IA e robôs ‘evoluidos’

      é verdade que há sempre efeitos colaterais, o problema é achar que a guerra pode vir a tornar-se em algo asséptico.

  4. Para ti o que é correcto é um tipo ir para o meio de uma multidão e fazer-se explodir e matar tudo o que literalmente se mexe à sua volta.

    • para mim o correcto é não haver guerras.

      estamos no séc XXI, já enviamos sondas até marte, outras já deixaram o sistema solar, temos o poder de nos destruir-mos completamente incluindo o planeta, como tal acho que tá na altura de ser-mos todos crescidinhos e de nos deixar-mos de birrinhas estúpidas.

  5. É uma teoria interessante. Mas desde os primórdios da humanidade que sempre existiram guerras, crimes, etc.
    Prefiro uma bomba direccionada do que um tarado que se faça explodir no meio de pessoas.

    • se estiveres no local onde ambos os acontecimentos ocorrem não creio que faça diferença.

      mas claro pelo que tu afirmas, a bomba direccionada representa os bons, o gajo que se faz explodir, os maus.

      brilhante!

  6. Se estiver num centro comercial é difícil que me caia uma bomba convencional ou inteligente em cima, mas penso que haverá maiores possibilidades de um dos teus amigos se fazer explodir.
    É apenas um mero exercício de probabilidades, penso que não estou a cometer nenhum erro.

    • não é o que se tem visto um pouco por todas as zonas de guerra, EUA, Israel, têm atacado hospitais.
      presumo que sejam ainda mais importantes que centros comerciais.

  7. Acho que se somares o nº de vítimas causados por uns e outros os teus amigos levam uma grande vantagem…. Só no Iraque são umas largas dezenas de milhares…. Eu até nem percebo a quem é que eles atacam, na grande maioria dos casos matam-se a eles próprios.

  8. Se há um objectivo, eu não sei qual é.

  9. Não percebo qual é o objectivo dos teus amigos que se fazem explodir no meio de compatriotas, só se estão a matar a eles próprios.
    E os media pertencem a quem, ao estado ou aos privados? Não sei se sabes qual é diferença.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: