Saiu o OpenOffice.org 3.1.0

[update: A lista de novas características]

Já está disponível a nova versão da suite de escritório livre, o OpenOffice.org, que usa o formato aberto e livre ISO, ODF.

OpenOffice.org logo with trademark symbol for colored reproduction

Existe já disponível para diversas línguas incluindo o Português, versões para arquitectura X86 em RPM e ms-windows, eu como uso X86_64 tive de instalar a versão em inglês, de qualquer forma é a que habitualmente uso.

Como uso Debian, sidux e Kubuntu para instalar na Debian e suas derivadas, basta fazer o download da versão para a nossa arquitectura, Download «Linux 64 DEB» no meu caso, usei a versão torrent que chegou em cerca de 4 minutos.

Após isso $tar -zxvf ‘file’

A seguir entrar na diretoria DEBS e fazer um simples $sudo dpkg -i *

Após isto e para ficar-mos com os menus todos giraços ainda na directoria DEBS acedemos à directoria $cd DEBS/desktop-integration/ e instalamos o deb que lá se encontra $sudo dpkg -i openoffice.org3.1-debian-menus_3.1-9393_all.deb

Já agora uma pequena nota, em Debian e sidux não uso sudo, logo temos de ir para root…

E pronto está a bombar o novo OpenOffice.org

Como já expliquei só uso a versão oficial uma vez que a que vem com o Ubuntu e até com a Debian tem coisas da ms-novell as quais nem quero nem ver!

E para quem quiser aprender a usar melhor o OpenOffice.org já existe um livro em português sobre o mesmo.

Vamos a fazer o download, deixo aqui alguns locais bem como os dicionários:

No darkstar do IST

download: OpenOffice.org Download

The table shown below provides an overview of localized OOo versions for supported platforms.

distribution: OpenOffice.org P2P Downloads

To download OpenOffice.org using our BitTorrent servers, simply select your download using these three simple steps.

Powered by ScribeFire.

2 Respostas

  1. […] A história conta-se em poucas palavras, durante quatro anos o CUE «Conselho da UEuropeia» recusou tornar público ou pelo menos facultar a Marco Cappato, o qual é membro do comité responsável pela supervisão das TI, o relatório/estudo de migração para Open Source levado a cabo pela Gartner em 2005 com vista a substituir diverso software da microsoft no Parlamento Europeu, nomeadamente o ms-office, por software livre como o OpenOffice.org. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: