FLOSS News: Classmate Magalhães é ilegal; ODF Alliance denuncia a fraude da microsoft

  • Classmate Magalhães é ilegal
  • ODF Alliance denuncia a fraude da microsoft
Classmate Magalhães é ilegal

Não é que para mim seja uma grande novidade, se a Comissão Europeia seguisse os trâmites normais, isto acabaria por suceder, já o havia escrito, Concursos públicos para aquisição de software podem ser ilegais segundo UE.

Mas não deixa de ser com alguma surpresa que hoje leio a notícia através do blog do software livre, que remete para uma notícia do jornal Sol, que a Comissão Europeia considera o classmate Magalhães e todo o Plano Tecnológico ILEGAL.

Tudo isto e como atempadamente e até à exaustão vem sendo dito por pessoas ligadas à divulgação do Software Livre em Portugal, se deve a Para a Comissão Europeia, o Governo português não agiu de modo transparente, porque as empresas foram tratadas de modo desigual.” (SOL)
“A Comissão Europeia (CE) considera que Portugal infringiu as leis comunitárias da concorrência ao adjudicar por ajuste directo, e não por concurso público, todos os programas governamentais ligados ao Plano Tecnológico da Educação.”

Na verdade ainda hoje não se sabe como decorreu todo este processo, muito pouco ou nada transparente.
Infelizmente por cá as vozes que se levantaram contra este tipo de atitudes e que questionaram o projecto de um governo e Primeiro Ministro prepotente e arrogante, que faz leis à sua medida e contorna as que não lhe agradam levam a mais uma vergonha de Portugal junto dos seus parceiros, nunca viram as suas questões respondidas.
Este é o governo das obras e projectos de propaganda.

A ver vamos no que isto dá, ainda por cima quando segundo notícias e estatísticas da IDC, a jpsacouto vergonhasamente, cresce mais de 1000% graças ao potencialmente ilegal, classmate magalhães.
E vergonhasamente porque não existiu qualquer concurso público relativamente ao classmate magalhães, ao contrário do que actuamente se está a passar na nossa vizinha Espanha onde o governo lançou um concurso internacional para o desenvolvimento de um portátil para o ensino, tendo já diversas empresas conhecidas, como a Dell e HP começado a trabalhar nesse tipo de portátil.
Inclusive a Dell já tem em marcha o seu Latitude 2100 que correrá software livre, nomeadamente a distro Ubuntu que habitualmente a Dell usa.

E já começou a desinformação governamental, eles são bons é nisto, propaganda para a maioria dos media subservientes deste país divulgarem e até enaltecerem as decisões do grande timoneiro!
À Lusa, Paulo Campos afirma-se convicto de que “a queixa não tem qualquer fundamento”, uma vez que “os procedimentos seguidos pelo Estado português foram de total transparência”.

Sr Paulo Campos, se houve tanta transparência porque hoje ainda não se sabe porque razão foi a jp sa couto a escolhida e como o foi?
Porque razão a Comissão da UE resolve investigar o caso?

ODF Alliance denuncia a fraude da microsoft

Também já aqui havia referido que a implementação por parte da microsoft do formato aberto, livre sem problemas de patentes e royaltie free, ODF, é uma autêntica fraude com vista quer a desacreditá-lo quer e muito especialmente a criar um formato que só a microsoft consiga implementar por forma mais uma vez a manter o lock in dos utilizadores ao seu ms-office.

Senão vejamos, a microsoft com o seu sistema operativo e o seu ms-office detém um monopólio, por diversas vezes condenado, sendo a mais recente condenação por parte da UEuropeia.

Ao implementar uma versão do formato livre ODF que mais ninguém consegue ler, a microsoft para além de estar a destruir a credibilidade do formato, o qual funciona perfeitamente em todas as implementações de outras suites de escritório, como OpenOffice.org, Koffice, etc, incluindo através do plugin que a própria microsoft patrocina, excepto na sua implementação que o SP2 do ms-office usa, a microsoft está a deturpar completamente o objectivo de um formato livre e aberto e a afastar os utilizadores desse formato.

Mas o mais ridiculo é a microsoft estar a implementar uma versão do formato ODF que ela própria a quando da votação e pertencendo ela ao consórcio que o estava a desenvolver, se limitou a nada dizer.

Para perceberem melhor o que esta empresa faz para destruir de forma ilegal os seus concorrentes aconselho sem dúvida os excelentes artigos da Angulo Sólido, Rob Weir e Groklaw que acompanham este caso, bem como a informação colocada online pela ODF Alliance, que denuncia mais um esquema fraudolento da microsoft.

Finally we arrive the major announcement in 2009: Microsoft Office 2007 SP2 supports ODF. This is huge. A great headline! Despite all the OOXML mess Microsoft supports ODF first. But you can’t exchange any basic spreadsheets between Office 2007 SP2 and any other ODF producer because not even the most basic 2+2 SUM() is compatible. Unbelievable? Maybe. But it’s true and they don’t even deny it. Regardless of all the existing ODF implementations (Open Office, Symphony, Koffice, odf-converter, Sun ODF Plugin) Microsoft handled formulas on their own incompatible way. There’s no possible excuse for this. Even odf-converter, wich is co-developed by Microsoft, managed to play nicely with the others.

via angulo solido


Of course, I am not that cynical. I was taught to never assume malice where incompetence would be the simpler explanation. But the degree of incompetence needed to explain SP2’s poor ODF support boggles the mind and leads me to further uncharitable thoughts. So I must stop here.

via robweir blog

It would be a major disappointment, if I ever had any hope that Microsoft would actually allow true interoperability. However, having formed the opinion during the BRM over OOXML that Microsoft had no such goal, I was spared any disappointment when my suspicions came true. But it’s a crying shame, and I feel for any government entities trying to figure out how to get to actual interoperability for all their citizens. How can they insist that a citizen has to buy proprietary software in order to interact with their government? It just sticks in your throat, doesn’t it? Unless you are Microsoft, of course. To Microsoft, vendor lock-in is not a bug, I suspect, but a feature.

via groklaw

On April 28, 2009, Microsoft released Service Pack 2 for Office 2007 which provided users the ability to open and save ODF files. However, an initial round of testing of Microsoft’s support for ODF in Office 2007 (see analysis at http://www.odfalliance.org/resources/fact-sheet-Microsoft-ODF-support.pdf) has revealed serious shortcomings that, left unaddressed, would break the open standards based interoperability that the  marketplace, especially governments, is demanding.

via ODF Alliance blog

Summary: The pressure is rising for Microsoft to stop vandalising interoperability while keeping disingenuous

via boycottnovell

Como se percebe, para a microsoft Interoperabilidade é apenas e só um chavão para a sua publicidade e propaganda enganosa, na realidade e tal como Bruce Perens afirma, a microsoft de hoje é a mesma de sempre, a dos jogos por debaixo da mesa, uma empresa que mente descarada e impunemente.
Voltamos à máxima da microsoft em relação ao MS-DOS e MS-Windows 3.1, mas agora aplicada ao formato livre ODF, tal como o site boycottnovell afirma, o ms-office só está pronto quando o ODF não funcionar, tal como a microsoft fez em relação aos outros DOS, nomeadamente o DR-DOS, não poderem correr o ms-windows 3.1.

MS on Trial One of the claims by Caldera that Microsoft wanted dismissed concerned intentional incompatibilities between Windows and DR-DOS. David Cole and Phil Barrett exchanged emails on 30 September 1991: “ “It’s pretty clear we need to make sure Windows 3.1 only runs on top of MS DOS or an OEM version of it,” and “The approach we will take is to detect dr 6 and refuse to load. The error message should be something like ‘Invalid device driver interface.'”

via theregister

Bruce Perens: Microsoft and TomTom Settle, Justice and Linux Lose

There’s no “new face of Microsoft.” It’s the same old company.

Powered by ScribeFire.

7 Respostas

  1. Caro Vigia, as aldrabices que cá se fazem também se fazem lá fora.

    A questão é: como dar a volta a isto?

    Sabemos que políticos, media e tribunais estão nas mãos do poder económico.

    De nada vale votar, escrever ao director ou apelar aos tribunais. São todos filhos da mesma mãe.

    Posto isto, que fazer?

    Esperar que o nº de internautas (com acesso a informação não filtrada) continue a aumentar até atingir a massa crítica suficiente para correr com estes gajos?

    Haverá outras soluções menos pacíficas?

    Abraço

    • eu começo a achar que por mais que falemos as pessoas ou não querem mudanças, ou são demasiado cobardes para sequer pensar nelas quanto mais as levar a cabo.

      sinceramente estou cada vez mais desiludido com o que vou lendo em sites mais mainstream, as pessoas por e simplesmente estão-se borrifando para os ataques aos seus direitos, pela perda de liberdade e privacidade a que todos os dias vamos assistindo, grande parte destas pessoas nem se apercebem disso e quando se apercebem nem querem saber.

      e o pior de tudo são os jovens, esses a NWO tem ensinado bem, estão cada vez mais futeis e menos criticos.

      é como o diogo diz, isto só com soluções nada pacificas é que ia lá!
      mas tinha de ser algo concertado a nível mundial, algo que creio ser muito dificil, existem olhos em todo o lado, o big brother é grande.

      abraço

  2. Mais os chips nas matrículas + câmaras de vídeo vigilância + telelé + Cartão de Cidadão + testes médicos e bases dados ADN o que é que falta mais? A net compartimentada em pacotes (autorizados os ISP’s) et voilà… estaremos muito brevemente completamente entregues ao “Big Mano”!
    Shame on us!😦

    • olá ana!

      é pouco a pouco os senhores do mundo vão levando a água ao seu moinho e a maior parte de nós até aplaude.
      só falta mesmo acabar com o dinheiro físico, mas estamos tb bem desencaminhados.
      é como dizes e com toda a razão! shame on us!

  3. […] FLOSS News: Classmate Magalhães é ilegal; ODF Alliance denuncia a fraude da microsoft […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: