Grupo de Consumidores querem travar o ACTA

Um grupo de consumidores pretende que a discussão sobre o novo tratado ACTA sejam suspensas enquanto os grupos de defesa do consumidor não estiverem presentes à mesa das negociações.

O grupo intitula-se de Trans Atlantic Consumer Dialogue e exige que as negociações parem enquanto não tiverem uma presença nas negociações que lhes permita antes de mais, conhecer os documentos que têm vindo a ser negociados entre os cerca de 30 países, incluindo UE, Japão e EUA, ainda para mais quando se sabe que o tratado tem recebido o feedback e o enorme impulso das multinacionais e dos diversos interesses empresariais.

Este grupo levanta importantes questões como as da privacidade dos consumidores bem como dos direitos dos países em desenvolvimento.

Senão vejamos, quem está a articular esta nova lei?

E ainda as nossas conhecidas RIAA e MPAA.
Mais uma vez nos media ditos mainstream nada se ouve, nada se diz. Porquê?

Mais info no seu blog e site bem como no seu manifesto.

Consumer Group Wants ACTA Discussions Stopped Until Consumer Rights Are Represented In Negotiations | Techdirt

Public policy on the enforcement of intellectual property rights should be informed by creditable evidence, transparent and realistic assumptions and objective peer reviewed analysis. Multiple approaches to addressing the legitimate concerns of right owners and consumers should be considered.

* Statistics on counterfeiting and or infringement must be objective, accurate, and presented in the appropriate context.
* Statistics on counterfeit and substandard medicines should not be combined when this misleads policy makers about the extent of either problem. The solutions to counterfeit and substandard products are often quite different.
* Estimates of losses from infringements of intellectual property rights should be based upon realistic demand and usage parameters.
* Governments should collect and analyze statistics on the relationship between infringement and affordability of products.

Powered by ScribeFire.

3 Respostas

  1. […] dos EUA, em diversos cenários, quer o do tratado ACTA (que Obama bloqueou a sua discussão e intervenção pelos cidadãos com a desculpa de problemas de Segurança Nacional), quer o da recente investida de Obama com vista […]

  2. […] Infelizmente nem a classe jornalística se questiona sobre o que escreve, nem faz o seu trabalho de filtro e investigação desta prepotência, deste voraz ataque contra os Direitos Fundamentais dos Cidadãos, uma vez que pela maneira como escreve acha tudo isto legitimo e ainda  pelo que entendo do que escreveu a TVI, acha que ainda é pouco,uma vez que afirma “Para já, fica de fora o conteúdo das comunicações, ou seja, o que está escrito nas mensagens e e-mails, bem como as conversas ao telefone.”Presumo que ou a TVI acha que ainda é pouco ou então sabe que a breve prazo será ainda pior a invasão da nossa privacidade, o que infelizmente e pelo que vou observando, acredito ser o caso.Apostaria e forte  que o passo seguinte desta invasão nos chegue com a aprovação e a implementação do Tratado ACTA. […]

  3. […] Como é que um Tratado que vai ser implementado na grande maioria dos países do Mundo, especialmente nos mais poderosos do Planeta, pode colocar em causa a tal ’segurança nacional’?Eu diria que coloca em causa é os interesses da elite global, percebendo-se assim porque razão os cidadãos são afastados desse debate e porque razão os grandes interesses estão todos lá. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: