Rapidinhas FLOSS: Ainda o GoogleOS Red Hat faz parte?; 233Milhoes de linux Mobiles em 2014; Android na Russia; Nokia passa a QT

O site linuxfordevices tem hoje diversos artigos interessantes sobre o tema dos modernos dispositivos que fazem uso de tecnologias baseadas em software livre, nomeadamente GNU/Linux, como o googleOS, google Android, Maemo e o uso da QT por parte da Nokia.

Ainda sobre o hype do novo sistema operativo da google baseado em GNU/Linux e no seu browser Chrome/webKit, no bizjournals não é afastada a ideia de que a Red Hat também poderá fazer parte da equipa do novo sistema operativo.
Google aims to smash Windows; Red Hat may benefit – Triangle Business Journal:

“We’ve worked with Google in the past and we are aligned with their thinking on the new generation of computing devices that will enable even wider usage of Internet applications,” she said. “So it could be a possibility.”

A Open Handset Alliance e a LiMo spec segundo uma análise da Juniper Research poderão colocar no mercado até 2014 cerca de 223 Milhões de smartphones, subindo assim dos 106 Milhões deste ano.

Também a Research and Markets tem um novo estudo sobre a utilização de sistemas livres em telemóveis, nenhum dos relatórios tem ainda grandes informações sobre o novo sistema da Palm, o WebOS, quanto a este parece que está a chegar em breve ao Reino Unido e parece que a capacidade de sincronismo entre o aparelho e os sistemas Ubuntu é excelente.
Segundo a Jupiter, cerca de 60% do mercado actual é baseado em opensource e que partes do Symbian da Nokia irão passar a ser Open Source.

Sinceramente creio que será tarde para a Nokia este movimento para o Open Source, no que a sistemas operativos diz respeito, se fosse antes do Android teria feito sentido, hoje não creio.
Embora a Nokia esteja a apostar fortemente no desenvolvimento de sistemas Open Source, ainda que infelizmente não apoie a utilização de codecs e containers abertos como os Ogg Vorbis e Ogg Theora nas novas tags audio/video do HTML 5, uma vez que adquiriu a Trolltech, que produz as bibliotecas usadas no KDE, a QT, e ainda usa a Debian para desenvolver o seu Maemo.

Enquanto isso e segundo a Vobis computers, a Russia prepara-se para ter o seu primeiro telefone Android, com um custo de cerca de 360 euros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: