MUITOS PARABÉNS À NOSSA LINDA MENINA :) Debian de seu nome!


[Debian powered]

New release under development; suggestions requested – comp.os.linux.development | Grupos Google16 Ago 1993, 14:09

Fellow Linuxers,

This is just to announce the imminent completion of a brand-new Linux release, which I’m calling the Debian Linux Release. This is a release that I have put together basically from scratch; in other words, I didn’t simply make some changes to SLS and call it a new release. I was inspired to put together this release after running SLS and generally being dissatisfied with much of it, and after much altering of SLS I decided that it would be easier to start from scratch. The base system is now virtually complete (though I’m still looking around to make sure that I grabbed the most recent sources for everything), and I’d like to get some feedback before I add the “fancy” stuff.

Please note that this release is not yet completed and may not be for several more weeks; however, I thought I’d post now to perhaps draw a few people out of the woodwork. Specifically, I’m looking for:

1) someone who will eventually be willing to allow me to upload the release to their anonymous ftp-site. Please contact me.
Be warned that it will be rather large🙂

2) comments, suggestions, advice, etc. from the Linux community. This is your chance to suggest specific packages, series, or anything you’d like to see part of the final release.

Don’t assume that because a package is in SLS that it will necessarily be included in the Debian release! Things like ls and cat are a given, but if there’s anything that’s in SLS that you couldn’t live without please let me know!

I’d also like suggestions for specific features for the release. For example, a friend of mine here suggested that undesired packages should be selected BEFORE the installation procedure begins so the installer doesn’t have to babysit the installation. Suggestions along that line are also welcomed.

What will make this release better than SLS? This:

1) Debian will be sleeker and slimmer. No more multiple binaries and manpages.
2) Debian will contain the most up-to-date of everything. The system will be easy to keep up-to-date with a ‘upgrading’ script in the base system which will allow complete integration of upgrade packages.
3) Debian will contain a installation procedure that doesn’t need to be babysat; simply install the basedisk, copy the distribution disks to the harddrive, answer some question about what packages you want or don’t want installed, and let the machine install the release while you do more interesting things.
4) Debian will contain a system setup procedure that will attempt to setup and configure everything from fstab to Xconfig.
5) Debian will contain a menu system that WORKS… menu-driven package installation and upgrading utility, menu-driven system setup, menu-driven help system, and menu-driven system administration.
6) Debian will make Linux easier for users who don’t have access to the Internet. Currently, users are stuck with whatever comes with SLS. Non-Internet users will have the option of receiving periodic upgrade packages to apply to their system. They will also have the option of selecting from a huge library of additional packages that will not be included in the base system. This library will contain packages like the S3 X-server, nethack and Seyon; basically packages that you and I can ftp but non-netters cannot access.
7) Debian will be extensively documented (more than just a few READMEs).
8) As I put together Debian, I am keeping a meticulous record of where I got everything. This will allow the end-user to not only know where to get the source, but whether or not the most recent version is a part of Debian. This record will help to keep the Debian release as up-to-date as possible.
9) Lots more, but I’ll detail later…

Anyway, I’ll provide more specifics in a week or so after I receive enough replies.

Please, all replies by mail. I’ll post a followup. If you wish to discuss this in the newsgroup, please don’t turn it into a flamewar.🙂

Until later,

Ian

Ian Murdock Internet: imurd…@shell.portal.com
The Linux Warehouse

Please mail me for more information on the status of the Debian Linux Release.

Powered by ScribeFire.

8 Respostas

  1. Venezuela: Magalhães «chega» em Setembro

    As escolas venezuelanas vão receber, a partir de 16 de Setembro, os computadores Magalhães, importados de Portugal. Mas na Venezuela estes pequenos protáteis vão chamar-se «Canaima», nome escolhido pelo presidente Hugo Chávez.

    «A 16 de Setembro, começa o projecto Canaima. O projecto Canaima são os computadores infantis», afirmou Chávez, sem mencionar o nome original dos aparelhos.

    A notícia dada aquando da promulgação da nova Lei Orgânica de Educação, foi transmitida ao vivo pelas rádios e televisões do país, noticia a Lusa.

    «Vamos começar pelo primeiro grau (ano de escolaridade). São computadores feitos especialmente para aguentar um menino do primeiro grau, que os mordam, que os golpeiem, que os lancem ao chão», afirmou Chávez.

    «É um computador que, de momento, estamos a trazer de Portugal, graças a um convénio que assinámos com o amigo primeiro-ministro (José) Sócrates, mas há que dizê-lo, o software é 100% venezuelano, felicito (Hector) Navarro (ministro venezuelano da Educação) e toda a equipa do projecto Canaima», acrescentou o presidente venezuelano.

    O Canaima tem um sistema operacional venezuelano, adaptado pelo Centro Nacional de Tecnologias de Informação, para atender às necessidades de utilizadores da administração pública.

    A 13 de Setembro de 2008, Chávez anunciou a pretensão da Venezuela comprar um milhão de computadores escolares Magalhães a Portugal, para distribuir nas escolas venezuelanas.

    O passo seguinte será, segundo o presidente venezuelano, criar uma fábrica para produzir os computadores no país.

    Fonte: http://diario.iol.pt/tecnologia/magalhaes-hugo-chavez-canaima-venezuela-escolas-tvi24/1082523-4069.html

  2. O Open Tube compilou uma lista de 12 jogos de Software Livre que consideram ser de a não perder. A lista consistem em:

    1. AssaultCube
    2. Commander Stalin
    3. PokerTH
    4. SuperTuxKart
    5. Strings on Speed
    6. Glest
    7. OpenRock Curling
    8. Blender Breakout
    9. UltraStar Deluxe
    10. Rigs of Rods
    11. Blood Frontier
    12. Torcs-NG

    Vale a pena consultar a página quanto mais não seja para que entre os comentários e o screenshots não surja o ímpeto repentino de os experimentar.🙂
    fonte: http://blog.softwarelivre.sapo.pt/2009/08/13/12-fantasticos-jogos-livres/

    mais jogos: http://www.playdeb.net/welcome/

  3. Escola Islandesa poupa 28 milhões com Software Livre

    Actualização: A fonte da notícia estava, na altura, incorrecta. Efectivamente 5 milhões de coroas islandesas são quase 28 mil Euros e não 28 milhões. Peço desculpa por não usar o XE.com para converter todos os valores, mas estou certo que no estado de bancarrota da Islândia 28 mil Euros tenham um valor muito parecido com o que 28 milhões para nós valem.
    A Escola Técnica de Akureyri poupou quase 28 mil milhões de Euros por migrar para Software Livre, abandonando assim o Microsoft Windows, Microsoft Office e outros que tais.

    Esta boa notícia é relatada num artigo do site PMABox, onde um leitor contribuiu com uma tradução aproximada da notícia televisiva:

    «Sob a orientação do seu director técnico, Adam Óskarsson, a Escola Técnica de Akureyri iniciou um projecto de 6 meses para migrar das compras de software da Microsoft (Windows e Office) para em vez disso utilizar Software Livre tal como o GNU/Linux e outros.

    O primeiro estágio deste processo foi o cancelar do contracto relativo ao Microsoft Office e prepara-se para instalar o OpenOffice.org em todos os computadores da escola. Este é um conjunto de programas para escritório que tem as mesmas funcionalidades que o Microsoft Office mas não custa nada. Como resultado, os instrutores estão a preparar um guia de tradução e a organizar outros livros sobre o software para que possa ser facilmente utilizado no ensino de imediato, no Outono.

    E Escola já preparou um website sobre a utilização do OpenOffice.org que pode ser consultado em http://openoffice.is/»

    Ao que parece a distribuição utilizada será o Ubuntu.

    Um pormenor bastante importante a ter em conta é que a Islândia viu-se subitamente na bancarrota, e até mencionamos recentemente no blog como à conta disso não é um bom momento para ser ser um Microsoft Certified Partner… descobriram que apesar dos seus clientes terem falido bastante antes do fim dos contratos de licenças Microsoft, esta estava a exigir-lhes que continuassem a pagar aquilo que os clientes já não iriam pagar.

    Tendo em conta que há quem tema que Portugal entre na bancarrota também… façam as contas.

    Fonte: http://blog.softwarelivre.sapo.pt/2009/08/13/escola-islandesa-poupa-milhoes-com-sl/

  4. Visito regularmente o seu blog e hoje tomo a liberdade de lhe enviar este link, porque acho que vai achar muito importante o assunto.

    Sigo o blog, que está a dar muito que falar, inclusivé nos meios de comunicação de língua espanhola, e acho que são sérios, mas tire as suas próprias conclusões.

    Misterios de la Astrofísica.

    http://starviewer.wordpress.com/

  5. não publicar
    o site https://ovigia.wordpress.com e muito lento a a carregar. Não vejo qual a razão de demorar a carregar as páginas. Pode ser que seja do servidor.

    • boas jt,

      isso pode ser algum problema com o servidor do wordpress, e isso não passa por mim😉 mas presumo que seja momentâneo, eu pelo menos muito mas muito raramente tive esse problema.

      de qq forma obrigado!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: