“I’m not convinced it was Bin Laden” – Ex-Agente da CIA no dia a seguir aos atentados

O veterenao e respeitado ex-agente da CIA, Milt Bearden no dia a seguir ao 11SET2001, afirma sem papas na língua que por tudo o que conhece, e que viu ‘in loco’, muito dificilmente terá sido Bin Laden a planear e a levar a cabo os atentados do 11Set2001.

CIA veteran doubts the bin Laden story

“If they didn’t have an Osama bin Laden out there, they’d have to invent one because he’s a terrific diversion for the world.”

This is what a former CIA official with on the ground experience in Afghanistan was saying about Osama bin Laden the day after 9/11.

Other facts:

1. Osama is not wanted in connection with 9/11 by the FBI or any other law enforcement agency

2. Bush, Cheney and countless other government scumbags have stated that Osama bin Laden is not and was never “the issue.”

Yet, Bush-Bama is sending 30,000 troops to Afghanistan and the band plays on…

Bush Administration knew the Whereabouts of Osama

by Michel Chossudovsky

If the CBS report by Dan Rather is accurate and Osama had indeed been admitted to the Pakistani military hospital on September 10, 2001,  courtesy of America’s ally, he was in all likelihood still in hospital in Rawalpindi on the 11th of September, when the attacks occurred.  In all probability, his whereaboutswere known to US officials on the morning of September 12, when Secretary of State Colin Powell initiated negotiations with Pakistan, with a view to arresting and extraditing bin Laden.

(…)

The  “negotiations” between the CIA and Osama (a CIA “intelligence asset”) is sheer disinformation. Even though the CIA has refuted the claim, the report serves to highlight Osama as a bona fide “Enemy of America,” rather than a creation of the CIA. In the words of former CIA agent Milt Bearden in an interview with Dan Rather on September 12, 2001, “If they didn’t have an Osama bin Laden, they would invent one.”

=-=-=-=-=
Powered by Bilbo Blogger

8 Respostas

  1. O 11 de Setembro é a mais mal parida false flag operation que já tive oportunidade de assistir.

    No entanto, muita malta que anda na Internet e que leu os dados sobre o atentado, pura e simplesmente não consegue aceitar que um governo possa fazer tal coisa. Seria o desmoronar de todo um conjunto de crenças sobra as quais assenta toda a visão que têm do mundo.

    • boas diogo,

      tens razão, aliás sobre a quase que impossibilidade de grande parte das pessoas aceitarem que os seus governos, ou melhor as pessoas que ocupam altos cargos públicos, possam cometer crimes horriveis contras os povos, os seus concidadãos é debatida em diversos artigos e livros do teólogo David Ray Griffin, uma das pessoas que mais escreve e melhor sabe colocar em causa a história, a conspiração oficial.

      sinceramente não sei onde está a dificuldade em aceitar que essas pessoas cometam esse tipo de crimes, a história está cheia deles, comprovados, como por exemplo a Operação Gladio na Europa ou a Operação/false flag que os joint chiefs of staff nos anos 60 se preparavam para executar, a Northwoods, entre muitas outras.

      ab

  2. Como disse Henry Ford:

    Não há nada mais ridículo para a mente gentia [não judaica] do que uma conspiração em massa, não há nada mais impossível aos olhos de um gentio.

  3. Pegando no que diz o Diogo, não sei de quem é a frase mas aplica-se ao que se esta a passar: “Quanto maior a mentira, mais fácil é de acreditar…”

    • boas,

      sem dúvida!

      creio que o NAZI Goebbels dizia algo semelhante!

      NAZIS durante a II Guerra Mundial afirmavam “A verdade não é o que acontece, a verdade é o que contamos às pessoas”.

      Indo ainda mais longe, o mininistro da propaganda NAZI, Joseph Goebbels, afirmava que “É de absoluto direito o estado supervisionar a formação da opinião pública”.
      Os EUA/UK e Israel tiveram excelentes professores e parece que estão a empregar a cartilha com grande mestria.

      Adolf Hitler afirmava mesmo que “Toda a propaganda deve ser tão popular e de um tal nível intelectual, que até o mais estúpido para o qual é dirigida, a deverá compreender. Através da aplicação constante e inteligente da propaganda, as pessoas podem ser levadas a ver o paraíso como inferno, e vice-versa, considerando a mais miserável vida como o paraíso.”

  4. A isso chama-se doutrinamento. Massificação da estupidez humana onde o ignorante é o mais feliz…

  5. … e mais, a igreja crista católica é um bom exemplo desse mesmo doutrinamento, senão o melhor de todos. A religião do medo, a maior mentira jamais contada…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: