Faz hoje anos que os NAZIS levaram a cabo a False Flag do Reichstag


February 27 – Wikipedia, the free encyclopedia

1933 – Reichstag fire: Germany’s parliament building in Berlin, the Reichstag, is set on fire.

False flag – Wikipedia, the free encyclopedia

On the night of February 27, 1933, the Reichstag building was set on fire. At the urging of Hitler, Hindenburg responded the next day by issuing an emergency decreefor the Protection of the people and the State,” which stated: “Restrictions on personal liberty, on the right of free expression of opinion, including freedom of the press; on the rights of assembly and association; and violations of the privacy of postal, telegraphic and telephonic communications and warrants for house searches, orders for confiscations as well as restrictions on property, are also permissible beyond the legal limits otherwise prescribed.” The question of who actually started the Reichstag fire is still unknown and occasionally debated.

Powered by ScribeFire.

4 Respostas

  1. Portugal também precisava de um valente incêndio no parlamento com todos os deputados lá dentro.

    • não nos podemos tornar neles, deveriam isso sim ser levados à Justiça, mas uma Justiça verdadeira e não a palhaçada a que vamos assistindo.

      ab

  2. Nos EUA
    Cinco grandes empresas acusadas de combinar preços
    http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=164357

  3. Alemanha revê lei sobre armazenamento de dados
    A polícia e os serviços secretos alemães vão deixar de estar autorizados a aceder a conversas privadas ou dados de comunicações através da Internet sem prévia autorização de um juiz.

    Numa sentença conhecida hoje o Tribunal Constitucional Alemão (BVG) solicita a reformulação da lei que obriga as operadoras a gravar e guardar durante seis meses os dados referentes a chamadas telefónicas, correio electrónico ou ligações à Internet, avança a Lusa.

    A decisão manda ainda que sejam imediatamente destruídos todos os dados até agora colhidos ao abrigo da lei, aprovada em 2008, que obrigava as empresas de telecomunicações a arquivar os registos de todos os clientes ao longo de meio ano, para eventual utilização pelos órgãos judiciais.

    As informações arquivadas não contemplavam a gravação das conversas telefónicas nem dos emails, mas incluíam informação sobre a identidade dos destinatários das mensagens e chamadas, a hora a que estas foram feitas, quantas vezes e a partir de onde foram efectuadas, por exemplo.

    Na sequência de um processo movido após queixas de cerca de 35 mil cidadãos, o tribunal declarou inconstitucional a lei, com base na violação pelo diploma legal do direito à privacidade das telecomunicações, reporta o El Mundo.

    http://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/alemanha_reve_lei_sobre_armazenamento_de_dado_1049928.html

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: