Debater temas económicos sem nunca explicar como é criado o dinheiro

A propósito de dois artigos que li, um dos quais enviado pelo Ricardo Ramalho e outro no Telegraph do UK, bem como de três entradas duas aqui n’OVigia e outra no Citadino do Diogo, resolvi aqui deixar um pequeno apontamento.

O apontamento é muito curto, resumo-se a algumas questões.

Como raio é que se discute tanto o tema da economia, das finanças, sem nunca se discutir, informar os cidadãos como é que nasce o dinheiro que a todos nos escraviza?

Por quem é criado e como funciona o Sistema Financeiro, a Banca nacional e internacional?

Ora é exactamente o que um interessantíssimo artigo no Telegraph do Reino Unido nos explica, indo inclusive até aos Templários que foram uma das primeiras instituições bancárias da História, criando entre outras coisas aquilo a que hoje designamos de cheques.

Uma das razões para eu considerar o artigo um dos melhores que já li sobre o tema é o facto do autor, Darius Guppy, para além de ser um ex-condenado por fraude e roubo, ou seja sabe bem do que está a falar, afirma com todas as letras que o Sistema Bancário é uma autêntica FRAUDE.

Confesso que não esperava ver um artigo deste teor num jornal mainstream.

É sem dúvida um artigo a ler, reler, passar a palavra e até fazer uma tradução do mesmo, amigo Diogo quer fazer as honras?🙂

Já agora quero deixar aqui uma FELICITAÇÃO a todos os Islandeses que se recusaram a baixar a cabeça e a lamber as botas aos criminosos do IMF/FMI do Reino Unido e Holanda bem como dos políticos corruptos que levaram o seu país à falência.

Our world balances on a sea of debt – Telegraph

To begin, the experts must explain in the simplest terms how money actually works. Were one to ask the man on the street – or, indeed, most politicians and bankerswho creates the money that rules our lives they would reply “the State”. They would be wrong. It is true that governments create legal tender – the physical notes and coins that circulate in an economy – but that represents, at its highest, only 3 per cent of the total money in circulation in the global economy. It is the commercial banks, largely unaccountable and privately owned, that create the world’s money.

Our world balances on a sea of debt – Telegraph

The same mistake – the mis-identification of where money truly originates – has been made by virtually all of our politicians, economists and financial commentators.

Our world balances on a sea of debt – Telegraph

Governments do not control the single most important mechanism when it comes to their economies: the production and distribution of money. That role has been diverted to the banks, which manufacture money out of nothing and charge interest on that conjured-up money. Beyond an interest rate cut or a token change in VAT rates our politicians have no real power to direct their country’s economy.

Powered by ScribeFire.

5 Respostas


  1. 🙂

  2. A tradução sairá em breve.

    Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: