Wikileaks: Informação e Desinformação

Sem dúvida que o site Wikileaks tem prestado um serviço muito interessante e importante a todos nós, especialmente às ditas democracias, com especial relevo para as ocidentais, quanto mais não seja porque coloca em causa os meios de informação tradicionais.

No entanto não há bela sem senão!

Depois de muito ler, ver e ouvir diversas opiniões (incluindo a do Diogo, um habitual amigo deste blog), artigos, etc, creio que é ponto assente que no que toca ao tipo de informação que o Wikileaks trata e posterior aproveitamento dela pelos chamados media tradicionais convém partirmos sempre de uma premissa base para que mais tarde não haja arrependimentos!

Se partirmos deste pressuposto olhamos para qualquer informação de um modo mais critico, não depositando nela a confiança que na verdade nunca podemos colocar uma vez que não temos acesso a meios que nos permitam descodificar grande parte dela e muito menos separar o trigo do joio.

A única coisa que podemos fazer é observar os comportamentos dos diversos peões neste jogo de xadrez, dos poderes instituídos aos papagaios dos media tradicionais.

No que toca aos comportamentos dos media tradicionais, podemos por exemplo olhar para o que o jornal dos EUA escolhido pelo Wikileaks para transmitir por lá mais esta ‘leak’, o NYTimes, fez.

E o que fez foi ir pedir directamente à Casa Branca/Administração Obama o consentimento para poder colocar cá fora informação que para alguns nada traz de novo, nada acrescenta ao que já se sabia sobre os crimes cometidos pela NATO no Afeganistão.

Isto não é jornalismo em lado nenhum!
O que diriam estes pseudo jornalistas se uma história destas tivesse ocorrido por exemplo no Kremlin do sr Putin!?
É mais ou menos como ir perguntar à máfia que tipo de artigos e que informação sobre ela podem noticiar.

Quanto ao comportamento dos senhores do mundo, há-o para todos os gostos.

Há aqueles que actuam de forma hipócrita afirmando que o Wikileaks tem as mão sujas de sangue, uma vez que os documentos poderiam eventualmente colocar em perigo tropas da NATO ou eventuais colaboradores, esquecendo-se esses senhores que foram eles que lançaram mais uma guerra injusta e ainda hoje sem terem apresentado qualquer prova para ela.

De facto nem a podem tratar como guerra mas sim como Operação (que até estava já em marcha meses antes dos atentados), uma vez que para os EUA, segundo a sua Constituição, declararem uma guerra estes teriam de ter sofrido um ataque de um outro país e para a declararem teriam de ter a aprovação do Congresso o que desde a WWII nunca aconteceu, ainda que os EUA estejam envolvidos em conflitos contínuos desde essa altura.
Mais, no site do FBI ainda hoje, nove anos passados, Bin Laden não é procurado pelos atentados do 11set2001, já para não falar que os supostos 19 terroristas não eram de nacionalidade afegã mas sim maioritariamente da Arábia Saudita.

E existem aqueles que dizem que os documentos nada trazem de novo que quem estivesse atento ao que se passa no mundo já sabia que as coisas mencionadas nos documentos agora libertados ocorriam, o que entra em directa contradição com o que afirmam os anteriores.

https://i0.wp.com/upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/3/33/Julian_Assange_full.jpg/794px-Julian_Assange_full.jpg

via wikipedia

Regressando agora ao Wikileaks, apesar de eu continuar a querer acreditar que os seus objectivos e a sua integridade são os melhores, existem no entanto algumas coisas que me deixam antes de mais triste e depois me fazem disparar os alarmes!

  • A mais importante e que me levanta mais suspeitas é o facto de Julian Assange numa entrevista ao jornal Belfast Telegraph, ter afirmado que as pessoas não se devem deixar distrair por conspirações falsas como a do 11Set2001. Ora esta afirmação é no mínimo estranha tendo em conta que o pretexto para a guerra/operação cujos documentos secretos Assange acaba de disponibilizar foi exactamente os atentados do 11set2001. (a não ser claro, que ele entenda e bem, como conspiração falsa a oficial, algo que não é perceptível no que está escrito no artigo do Belfast Telegraph)
  • Por último não gostei nada do que observei na linguagem corporal de Julian Assange quando na entrevista ao TED (cerca do minuto 13:25) este fala sobre as modificações na infraestrutura dos sites do Wikileaks. Qualquer pessoa que conheça um mínimo de linguagem corporal, apercebe-se que ele com quase 100% de certeza não estava a falar toda a verdade. Juntando esse pormenor ao que vem sendo publicado por John Young no Cryptome, deixa-me desconfiado. Mas como já aqui afirmei, por duas vezes contribui para o Wikileaks, espero não me vir a arrepender de tal facto.

O que se retira de tudo isto é que não existem vacas sagradas, há que desconfiar de tudo e de todos, inclusive do que por aqui escrevo.

Cada um deve de usar o seu discernimento e tentar sempre obter o máximo de informação, de todos os lados, por forma a criar a sua própria opinião.

Como nota final deixo ainda a info que o Partido Pirata Sueco, que neste momento tem um ISP no qual está o ThePiratebay, ofereceu ‘guarida’ aos servidores do Wikileaks em caso de necessidade.


TED: Julian Assange: Why the world needs WikiLeaks

Wikileaks founder Julian Assange is ‘annoyed’ by 9/11 truth | 911Blogger.com

His obsession with secrecy, both in others and maintaining his own, lends him the air of a conspiracy theorist. Is he one? “I believe in facts about conspiracies,” he says, choosing his words slowly. “Any time people with power plan in secret, they are conducting a conspiracy. So there are conspiracies everywhere. There are also crazed conspiracy theories. It’s important not to confuse these two. Generally, when there’s enough facts about a conspiracy we simply call this news.” What about 9/11? “I’m constantly annoyed that people are distracted by false conspiracies such as 9/11, when all around we provide evidence of real conspiracies, for war or mass financial fraud.” What about the Bilderberg conference? “That is vaguely conspiratorial, in a networking sense. We have published their meeting notes.” “Wanted by the CIA: Wikileaks founder Julian Assange”Belfast Telegraph, July 19, 2010

Mr. Assange seems to have conveniently forgotten that 9/11 may be, in a very concrete sense, a ‘conspiracy for war’, leading directly to the wars in Afghanistan, Iraq and the permanent “War on Terror”.

New York Times reporters met with White House before publishing WikiLeaks story – War Room – Salon.com

The White House was very upset with WikiLeaks for its decision to publish thousands of pages of classified reports and documents describing our mission in Afghanistan. But according to Yahoo’s Michael Calderone, it was very pleased with how the New York Times dealt with its semi-exclusive access to the documents.

Times Washington bureau chief Dean Baquet took reporters Mark Mazzetti and Eric Schmitt to the White House last week to brief the administration on what they planned on publishing. And they all got gold stars.

WikiLeaks Release of Classified War Documents – C-SPAN Video Library

Defense Secretary Robert Gates and Joint Chiefs of Staff Chairman Mike Mullen spoke to reporters and answered questions about the release of classified war documents by the website WikiLeaks. The documents contain raw intelligence reports from the field, which among other things include the identity of informants. Secretary Gates in his remarks said the consequences for troops and Afghan allies could be severe and dangerous.

Adriam Lamo Los Alamos Tsutomu Shimomura

Adrian Lamo hangs out all the time on a server called cesium.clock.org, with IP address [192.5.16.65]. This IP space is registered with ARIN to a network called “LANLLAND” belonging to the Los Alamos National Laboratory. Strangely, and unlike all other LANL networks, reverse DNS mapping for this network is provided by ARPA.NET — an official-sounding network which is really the private domain of Tsutomu Shimomura. You’ll remember Shimomura as the dork who “took down” hacker Kevin Mitnick, leading to an extensive campaign by 2600 Magazine for his release, and a later campaign to halt production of the “Takedown” movie aggrandizing Shimomura. Lamo works for 2600 and maintains their Facebook group.

Why is Adrian Lamo hanging out on the network of the Los Alamos National Laboratory if he has no affiliation with the government?

Is Lamo accessing 2600 servers from a computer or network controlled by Tsutomu Shimomura? Good question for 2600’s Emmanuel Goldstein.

8 Respostas

  1. Boas vigia.
    Tenho estado a ver os documentos e alguma entrevistas deste tipo. Na minha opinião este gajo é afiliado á CIA. Mais um agente de contra informação.
    Os documentos lançados estão incompletos e foram manipulados.
    Na minha opiniao, é so mais um passo de bebé até à Lei Marcial.

    Cumps.

  2. Boas, excelente post. Aproveito para deixar a info que foi publicado no site wikileaks um ficheiro “insurance file” encriptado com AES 256.
    Agora, tendo em conta o que li no cryptome e aqui, tb nao confio totalmente na Wikileaks e nao sei ate que ponto nao podera ser usada pela intelligence norte americana. Ate porque normalmente quem é realmente um espinho cravado no pe de qualquer governo, costuma acabar morto de “causas naturais”.
    Mas bem, vamos ver no que isto da.
    Trust is a weakness

  3. Estes gajos andam cada vez mais descarados, http://www.publico.pt/Tecnologia/bloqueio-do-blackberry-tambem-afecta-estrangeiros_1449789 http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2010/08/dados-protegidos-sao-bencao-e-maldicao-para-o-blackberry.html

    Agora ja nao se pode desenvolver telemoveis seguros, tem q haver sempre uma forma de espiar, senao como se garante a seguranca do pais? ai ai

    “Os Emirados Árabes Unidos, um país socialmente conservador que abarca Dubai, o polo financeiro do Golfo Pérsico, informou no domingo que bloquearia alguns dos recursos mais importantes do BlackBerry, a exemplo do e-mail, mensagens instantâneas e navegação na internet, a partir de 11 de outubro, a não ser que uma solução de monitoração seja encontrada.”

    Mas uma coisa que assusta: “Rússia e China permitiram a operação da RIM depois de longas discussões privadas” se calhar deram lhes a garantia de existir uma backdoor e de como usar.
    Enfim, ate onde isto vai chegar

  4. Uau, não sabia que andavas por estes ambientes, gostava de te adicionar no msn para uma troca de ideias se possível.
    Tenho acompanhado a história da wikileaks desde há algum tempo e a minha perspectiva é de assimilar tudo com um pé atrás, isto é, as informações divulgadas pela wikileaks parece de facto legítima, mas o facto de ser publicado pela comunicação social gera dúvidas na minha cabeça.
    No entanto, se partirmos do principio de que toda a informação é desinformação, vamos viver para sempre na desconfiança e paranóia. que achas?

    • boas kr0ss,

      sim gosto bastante destes tópicos🙂

      qto ao m$n é extremamente raro fazer uso dele, o mais simples é mesmo via xmpp/jabber/gtalk.

      eu acho que devemos viver sempre na desconfiança, só assim é possível obrigar a cabeça a funcionar, questionando, procurando mais info etc😉

      ab

  5. 11/SET: COSSIGA NÃO TEM DÚVIDA QUANTO AOS AUTORES
    “Fazem-nos crer que Bin Laden teria confessado o ataque do 11 de Setembro 2001 às duas torres em Nova York – quando de facto os serviços secretos americanos e europeus sabem perfeitamente que este ataque desastroso foi planificado e executado pela CIA e pelo Mossad, a fim de acusar os países árabes de terrorismo e poder assim atacar o Iraque e o Afeganistão”, afirmou Francesco Cossiga, ex-Presidente da Republica Italiana, em declarações ao Corriere Della Sera.
    In Voltaire Net. http://www.voltairenet.org/article153878.html

  6. “Ler mente de terroristas para evitar ataques”
    http://dn.sapo.pt/inicio/ciencia/Interior.aspx?content_id=1637083

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: