Bilderberg 2011: Também tu Clarinha?

Hotel Suvretta-Bilderberg2011

Ando há dias para escrever esta entrada breve e só ainda não o havia feito porque estava a aguardar pela lista de vendidos que estão presentes este ano no encontro da corja internacional, perdão, do Bilderberg 2011 na Suíça.

O local escolhido, ou locais como algumas notícias indicam, são o belo Hotel Suvretta em St. Moritz bem como algures em Geneva.

Hoje reparei que o Alex Jones já a havia obtido, mas infelizmente ainda não aparece no site oficial, estão muito caladinhos este ano.

Pelo que vejo e como é habitual os nossos media também estão relativamente caladinhos, quando não o estão optam por lavar mais branco, obviamente que tudo o que diga respeito à Impresa do bilderberger mor cá do sitio, o senhor Balsemão nada diz, ainda que para surpresa minha, sim sou muito inocente, Clara Ferreira Alves da SIC notícias e do Expresso é uma das convidadas…


Por indicação de Pinto Balsemão, a jornalista do Expresso e o economista António Nogueira Leite foram os dois portugueses convidados este ano a conviver de perto com o exclusivo grupo que muitos classificam de secreto e a quem atribuem um forte poder. Como uma espécie de “mão invisível” que controla e orienta decisões-chave em momentos chave, pelo mundo fora.

via DN

Despois de ler esta frase proferida pela dita senhora, segundo o DN, espero nunca mais a ouvir dizer que é jornalista.


“Faz parte do protocolo, não faço qualquer comentário.” Esta foi a única frase que Clara Ferreira Alves aceitou dizer ao DN

 

Este ano a troika, triunvirato, trio😉 português, quer dizer, chamar-lhes portugueses é um abuso, são:

Portugal
Balsemão, Francisco Pinto, Chairman and CEO, IMPRESA, S.G.P.S.; Former Prime Minister
Ferreira Alves, Clara, CEO, Claref LDA; writer
Nogueira Leite, António, Member of the Board, José de Mello Investimentos, SGPS, SA

Escusado será referir a importância que este senhor tem e por certo irá ter quer no PSD de Pedro Passos Coelho quer no seu governo.
Será que vamos ver Nogueira Leite num Ministério de destaque, depois deste convite não me admiraria nada que fosse o Ministro das Finanças ou irá ficar na sombra?

Termino com três questões e com mais alguns nomes presentes no encontro da MAFIA internacional.

Porque razão os cidadãos suíços, tal como nós há anos em Sintra, têm de pagar a segurança de um encontro privado?
Porque razão é que as forças policiais dos países onde se realizam estes encontros privados dão suporte aos mesmos, afinal de contas não se trata de encontros oficiais dos Estados por certo que tudo isto é inconstitucional.?!

Que tem a senhora Clara Ferreira Alves a dizer sobre tudo isto?

Spain
Cebrián, Juan Luis, CEO, PRISA
Cospedal, María Dolores de, Secretary General, Partido Popular
León Gross, Bernardino, Secretary General of the Spanish Presidency
Nin Génova, Juan María, President and CEO, La Caixa
H.M. Queen Sofia of Spain

USA
Mundie, Craig J., Chief Research and Strategy Officer, Microsoft Corporation
Schmidt, Eric, Executive Chairman, Google Inc.
Bezos, Jeff, Founder and CEO, Amazon.com
Hoffman, Reid, Co-founder and Executive Chairman, LinkedIn
Hughes, Chris R., Co-founder, Facebook
Kissinger, Henry A., Chairman, Kissinger Associates, Inc.
Kleinfeld, Klaus, Chairman and CEO, Alcoa
Perle, Richard N., Resident Fellow, American Enterprise Institute for Public Policy Research
Rockefeller, David, Former Chairman, Chase Manhattan Bank

16 Respostas

  1. «Que tem a senhora Clara Ferreira Alves a dizer sobre tudo isto?»

    Esta é uma questão que a blogosfera deveria colocar diariamente à Clarinha até a putéfia dizer de sua justiça.

  2. Já temos a lista oficial…que pelo que vi confirma a anterior embora não estejam lá alguns nomes que Alex Jones agora menciona como:

    http://www.bilderbergmeetings.org/participants_2011.html

    http://www.infowars.com/exclusive-unnamed-bilderberg-attendees-revealed/

    Anders Rasmussen – current Secretary General of NATO

    Angela Merkel – German Chancellor

    Jose Luis Zapatero – Spanish Prim Minister

    Bill Gates – Former Microsoft CEO, Head of the Gates Foundation

    Robert Gates – Serving US Secretary of Defense

  3. Estranho o “bilderberger assumido” do passos fedelho não ter posto lá os pés nem estar na “infame lista”… Será ele mais um praticante nunca presente como foi o bandalho do cavaco? Mas como foram dois políticos que subiram ao cargo repentinamente mas estiveram sempre rodeados de “membros já iniciados” o risco de fugirem do rumo estabelecido é nulo, como se viu já num e se verá no outro. A Grécia, berço da democracia, já está em vias de se tornar berço de outra coisa: um país pertença de um grupo corporativo. Depois será um passo a passo óbvio, tipo efeito dominó, até o mundo se tornar na corporocracia.
    Hoje, como as velhas superstições religiosas já perderam o poder de controlo, apesar de tentarem recuperar isso, como por exemplo, com a Opus Dei, fez com que as elites tivessem que criar uma nova fábula: os Mercados. No fundo isso dos mercados não passa de mais uma crença religiosa: uma entidade acima de tudo, que tudo influencia, cuja maioria das pessoas acredita sem se questionar acerca do que isso realmente é (muito semelhante ao conceito de fé). O seu objectivo, como qualquer outra religião institucionalizada, é o de subverter as sociedades mantendo-as o mínimo possível propícias a revoltas. Hoje os mercados são o novo deus, a banca o novo vaticano e os políticos dos “eixos rosa-laranja” desse mundo fora são os novos sacerdotes e o dinheiro é a nova água benta. E o povo inculto e não-pensante deixa-se levar por mais uma dose de cantigas de vendedores de banha de cobra.


  4. A revista Sábado, hoje publicada, sob assinatura de António José Vilela, trata “O poderoso triângulo da Maçonaria” portuguesa, com a nomeação de alguns membros das “três mais importantes lojas maçónicas em Portugal”: a Mercúrio, Mozart e Brasília. Faltam outras, claro, como a Universalis, tratada em artigo anterior. Mas as guerras intestinas, dão nisto: só se expele o que não serve.
    Uma fonte do jornalista, não deixa lugar a dúvidas sobre as intenções dos caminheiros do Bem: “ser a elite da Maçonaria e ter poder. Muito poder.”
    “O poder destas lojas, é o reflexo da influência dos seus membros” , escreve o repórter para apresentar a loja Mozart, liderada por um tal Nuno Vasconcellos, que é assim apresentado:

    “Empresário da área dos media, ele é o homem da Ongoing Strategy Investments, a holding da família Rocha dos Santos que há poucos meses adquiriu os jornais Diário Económico e Semanário Económico, que é a segunda maior accionista do Grupo Impresa e que detém 6,9% da Portugal Telecom e 3,5% da Zon”.

    E é aqui que bate o ponto. O grupo Impresa é o grupo de Balsemão que segundo alguns, terá sido o principal factor de pressão para a decisão do primeiro-ministro, em apoiar o BPP, depois de o seu ministro das Finanças ter dito jamais.
    Como é dito, o Expresso, dirigido por Henrique Monteiro, à Maçonaria deve obediência. Nada espantaria que o novo génio da cretinice jornalística da SIC-Notícias, e também do Expresso, seja novel membro da agremiação. A SIC, cela va de soi.

    A revista Sábado é do grupo rival, a Cofina de Paulo Fernandes, pretendente a um naco mais substancial de influência mediática e portanto explica-se por aí, o interesse em apontar nomes, moradas e estratégias do concorrente, tentando mostrar-lhe a careca.
    Tal manobra já analisada no blog Do Portugal Profundo, configura uma luta de facções a Maçonaria, onde avultam os nomes de José Manuel Almeida Ribeiro, o assessor do PM e outros [ redacção alterada],remete no entanto, para outro aspecto mais central e nuclear: qual o papel da Maçonaria global, no exercício do poder político em Portugal?
    É questão que deveria ser colocada e bem mais importante do que o fait-divers dos poderes governamentais versus presidenciais.

    Os nomes citados pela Sábado, dão conta de peonagem importante em diversas instituições do Estado, infiltrações maçónicas com o objectivo confessado anonimamente de conquistar poder, muito poder.
    E por isso, vemos os nomes de responsáveis do SIS do SIEDM, das Forças Armadas e militarizadas, universitários etc etc.
    Fazendo o paralelo com a antiga Loja P2, italiana, a semelhança, ressalta á vista desarmada: um interesse notório em recrutar membros das forças militares e da segurança, numa relação de quase um para quatro, em confronto com o grupo seguinte mais representado, o dos políticos, dirigentes bancários, universitários, industriais, jornalistas e magistrados.

    A P2, nos anos oitenta, foi considerada pelo então presidente Sandro Pertini, uma associação de malfeitores. E foi perseguida criminalmente, porque se descobriu que tinha exactamente aquele objectivo concreto: poder, muito poder. De tal ordem, que levaria à subversão do regime, tornando-o uma democracia de nome, apenas.

    Em Portugal, estaremos perto desse fenómeno, com estas escolhas e filiações de peonagem maçónica no coração do aparelho de Estado?

    O que resta ao director do SIED, Jorge Silva Carvalho, apontado já por duas vezes, como membro emérito do clube que pretende o “poder, muito poder”? A demissão, com certeza. E que já tarda. E a de dois nomes importantes do SIS, indicados por inicial- F.R e J.A. Idem aspas. E ao assessor número um de Sócrates. Obviamente…

    Outra pergunta: que interesse particular têm estas organizações secretas que não “dão a cara” e se apresentam como autênticos “cobardes” da democracia aberta e dela têm medo, nos peões de brega das instituições militares e de Segurança? Brincar aos cóbóis?

  5. “The Bilderberg conference, a gathering of the world’s political and financial elite with a veil of secrecy enforced by an army of security guards and a full-scale media blackout, is now underway in Switzerland.

    ­The meeting is bankrolled by Swiss taxpayers, even as Europe tightens its belt and forces through brutal austerity cuts.

    In a talk with RT, Tony Gosling, an investigative journalist from the UK, sheds light on what may be happening behind closed doors.…

    http://rt.com/news/war-bilderberg-world-nato/

  6. Bilderberg 2011: Full Official Attendee List
    http://northerntruthseeker.blogspot.com/

    Vatican + European Central Bank + Connexions -> http://thirteenthmonkey.blogspot.com/2011/05/vatican-mario-draghi-ecb-connexions.html

    • GREAT….

      há imenso tempo que não ia a esse site, no outro dia lembrei-me dele mas havia perdido o link dele e não conseguia encontrar….

      muchas gracias senorita😉

      bjs

      • Fixe, não é? Andei por lá a cuscar por causa da China… andava desconfiada de tanto sucesso. Já deu para perceber. Lol🙂
        jokas

  7. VASCO PULIDO VALENTE arrasa CLARA FERREIRA ALVES!

    A HIPOTÉTICA

    A hipotética “dra.” Clara Ferreira Alves (chegou com dificuldade ao actual 12º ano), crítica literária que leu (jura ela) “os clássicos”, especialista do último escritor inglês com quem almoçou, autora de um romance anunciado em 1984 e nunca até agora publicado, dona de uma coluna ilegível (e bem escondida) na “revista” do Expresso, foi um dia arvorada directora da “Casa-Museu Fernando Pessoa” pela conhecida irresponsabilidade de Pedro Santana Lopes, de quem ela tinha sido uma entusiástica partidária. Daí em diante, a importantíssima Ferreira Alves e o “Pedro”, como ela dizia, ficaram muito amigos. Tão amigos que a “dra.” Clara apareceu um dia presuntiva directora do “Diário de Notícias”, coisa que me levou a sair antes que ela entrasse.

    Felizmente, não entrou, porque teve medo de cair na rua entre o “Expresso” e o DN, com a reputação de uma “santanete” obediente. Agora, morto o seu patrono, não perde uma para o maltratar, supondo que demonstra “independência”. Ontem, a propósito de um “Audi”, que o homem comprou, despejou em cima da cabeça dele todo o lixo do mundo. Santana não aprendeu que a certa espécie de pessoas não se fazem favores.
    Se a “dra.” Clara me quiser responder, sugiro que me responda em inglês e não meta na conversa a sua célebre descrição do pôr-do-sol no Cairo.

    Muito obrigado.

    VASCO PULIDO VALENTE

    Publicação: quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008 15:59 por guilhas
    Arquivado em: OPINIÃO

  8. btw, Muammar Gadhafi’s decision to pursue gold standard and reject dollars for oil payments may have sealed his fate: http://theuglytruth.wordpress.com/2011/06/13/gold-oil-africa-and-why-the-west-wants-gadhafi-dead/

    Outro Saddam ?

    E esta, acabadinha de chegar?
    The Economic Collapse Of America: Communist China Taking Over Without Firing One Shot! http://northerntruthseeker.blogspot.com/2011/06/economic-collapse-of-america-communist.html

  9. Resumindo: Estamos feitos!

  10. o facto da Clara Ferreira Alves ter participado nessa reunião atira para baixo qualquer teoria da conspiração. mais um mito urbano.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: