Documentários: ‘Occupation 101’

Trata-se de um documentário sobre o terrorismo de Estado levado a cabo por parte de Israel com a cumplicidade e dinheiro dos EUA…. muito dinheiro!

Israel lobby in the United States – Wikipedia, the free encyclopedia

The Israel lobby (at times called the Zionist lobby or, less accurately, the Jewish lobby) is a term used to describe the diverse coalition of groups and individuals who seek and have sought to influence the foreign policy of the United States in support of Zionism, Israel or the specific policies of its government.

Disponível no video google ou através de torrent, se optarem por este último caso, recomendo a utilização de Software Livre para tal, como o Deluge.


Uma amostra do documentário via youtube

Occupation 101 :: Official Site

A thought-provoking and powerful documentary film on the current and historical root causes of the Israeli-Palestinian conflict. Unlike any other film ever produced on the conflict‘Occupation 101’ presents a comprehensive analysis of the facts and hidden truths surrounding the never ending controversy and dispels many of its long-perceived myths and misconceptions.

The film also details life under Israeli military rule, the role of the United States in the conflict, and the major obstacles that stand in the way of a lasting and viable peace. The roots of the conflict are explained through first-hand on-the-ground experiences from leading Middle East scholars, peace activists, journalists, religious leaders and humanitarian workers whose voices have too often been suppressed in American media outlets.

The film covers a wide range of topics — which include — the first wave of Jewish immigration from Europe in the 1880’s, the 1920 tensions, the 1948 war, the 1967 war, the first Intifada of 1987, the Oslo Peace Process, Settlement expansion, the role of the United States Government, the second Intifada of 2000, the separation barrier and the Israeli withdrawal from Gaza, as well as many heart wrenching testimonials from victims of this tragedy.

Powered by ScribeFire.

Anúncios

Israel, terrorismo de Estado, fotografias falsas e a NATO

Antes de lá mais para o fim de semana colocar a próxima entrada da semana, não posso deixar de mencionar três artigos, especialmente os dois primeiros que a seguir refiro.

Date and Time (Modified): 2010:06:02 10:37:58
YCbCr Positioning: Co-sited
Exposure Program: Aperture-priority AE
Date and Time (Original): 2006:02:07 04:49:57
Date and Time (Digitized): 2006:02:07 04:49:57

Tiff data: Taken on January 1, 2003. Oops!

  • O segundo artigo, Israeli Murders, NATO and Afghanistan, do diplomata Britânico Craig Murray, diz tudo em poucas palavras, não tendo qualquer problema em chamar os bois pelos nomes. Segundo as suas fontes parece que no HQ /Quartel General da NATO em Bruxelas, se vivem horas, dias, muito difíceis, afinal de contas Israel atacou em águas internacionais um barco com bandeira de um país da NATO, a Turquia. Murray afirma mesmo que de acordo com o Tratado a NATO é legalmente OBRIGADA a reagir uma vez que um seu membro foi vitima de um ataque por parte de um Estado que não pertence à NATO. É claro que ninguém está à espera de um ataque militar a Israel por parte da NATO, mas esta tem de levantar a sua voz em alto e bom som para defender um seu Estado membro. Mas uma das frases que mais me chamou a atenção foi sem dúvida quando Murray questiona a relação da NATO, EUA e restantes membros, pergunta ele se a NATO é realmente uma organização de defesa mútua ou serve apenas e só para defender os interesses geo-estratégicos dos EUA?!

Craig Murray – Israeli Murders, NATO and Afghanistan

What I was being told last night was very interesting indeed. NATO HQ in Brussels is today a very unhappy place. There is a strong understanding among the various national militaries that an attack by Israel on a NATO member flagged ship in international waters is an event to which NATO is obliged – legally obliged, as a matter of treaty – to react.
(…)
Therefore what is troubling the hearts and souls of non-Americans in NATO HQ is this fundamental question. Is NATO genuinely a mutual defence organisation, or is it just an instrument to carry out US foreign policy? With its unthinking defence of Israel and military occupation of Afghanistan, is US foreign policy really defending Europe, or is it making the World less safe by causing Islamic militancy?

  • Por último recomendo ainda a leitura de mais este artigo na Global Research por parte de Craig Roberts, no qual ele afirma que os EUA são um Estado fracassado.

A Plague Upon The World: The USA is a “Failed State”

Question: You said that the US was a failed state. How can that be? What do you mean?

Roberts: The war on terror, invented by the George W. Bush/Dick Cheney regime, destroyed the US Constitution and the civil liberties that the Constitution embodies. The Bill of Rights has been eviscerated. The Obama regime has institutionalized the Bush/Cheney assault on American liberty. Today, no American has any rights if he or she is accused of “terrorist” activity. The Obama regime has expanded the vague definition of “terrorist activity” to include “domestic extremist,” another undefined and vague category subject to the government’s discretion. In short, a “terrorist” or a “domestic extremist” is anyone who dissents from a policy or a practice that the US government regards as necessary for its agenda of world hegemony.
(…)

Unlike some countries, the
US is not an ethic group. It is a collection of diverse peoples united under the Constitution. When the Constitution was destroyed, the US ceased to exist. What exists today are power centers that are unaccountable. Elections mean nothing, as both parties are dependent on the same powerful interest groups for campaign funds. The most powerful interest groups are the military/security complex, which includes the Pentagon, the CIA, and the corporations that service them, the American-Israel Public Affairs Committee, the oil industry that is destroying the Gulf of Mexico, Wall Street (investment banks and hedge funds), the insurance companies, the pharmaceutical companies, and the agri-companies that produce food of questionable content.

Powered by ScribeFire.

Powered by ScribeFire.

Terrorismo de Estado levado a cabo por Israel no Dubai

Confesso que não ligo nada ou quase nada às notícias, ou ausência delas, uma vez que grande parte do que vemos nas TV’s, jornais, rádios na sua grande maioria são mais peças de desinformação do que outra coisa, como tal não sei se isto tem passado pelos nossos media.

O acontecimento a que me refiro é o assassinato de um dos fundadores do braço armado do movimento palestiniano islamita Hamas, Mahmoud al-Mabhouh.

O seu assassínio ocorreu no dia 19Jan2010 por meio de electrocussão e sufocamento, num quarto de um hotel no Dubai, para bem ou para o mal, desta vez as câmaras CCTV que cada vez mais se encontram a cada esquina, segundo se vai lendo e até vendo têm servido para mostrar o modus operandi dos assassinos que com quase 100% de certeza pertencem a uma das secretas israelitas, a Mossad.
De acordo com a entrada da wikipedia sobre este acontecimento, os responsáveis israelitas não confirmam nem desmentem o seu envolvimento “Israel has neither confirmed nor denied that the Mossad was involved in the”.

BBC News – Israel says no proof it carried out Hamas Dubai killing

Israel’s Foreign Minister Avigdor Lieberman has said there is no proof the Mossad spy agency carried out the killing of a Hamas commander in Dubai.

But he did not fully deny that Israel carried out the killing, citing its “policy of ambiguity” on such matters.

Dubai believes 11 “agents with European passports” killed Mahmoud al-Mabhouh.

Seven foreign-born Israelis named as suspects say their identities were stolen and they were not involved. UK passports used were said to be fake.

France, Germany and the Irish Republic also said they believed the passports from their countries used by the alleged killers were false.

Segundo diversas notícias internacionais bem como vídeos, os agentes da Mossad terão usado passaportes falsos de diversos países europeus, nomeadamente do Reino Unido [que segundo o jornal Haaretz terá sido informado pela Mossad que esta iria usar documentos falsos Britânicos], França, Irlanda, tendo mesmo a Interpol colocado as suas fotografias online na zona dos mais procurados.

São onze os suspeitos da lista da Interpol, segundo o site de notícias israelita Haaretz, a publicação das fotografias no site da Interpol se deve aos suspeitos terem usados documentos falsos, ainda segundo esta notícia o chefe da polícia do Dubai, Khalfan Tamim, afirma que a Interpol deveria emitir um mandato de captura para deter o responsável pela Mossad, Meir Dagan, caso se prove que esta esteve envolvida nos acontecimentos uma vez que segundo ele “Our investigations reveal that Mossad is involved in the murder of al-Mabhouh. It is 99 percent, if not 100 percent, that Mossad is standing behind the murder,”.

No dia 24Jan2010, a polícia do Dubai terá identificado mais 15 suspeitos de envolvimento neste crime de Terrorismo de Estado [não deixa de ser irónico que esta entrada na wikipedia sobre este tipo de terrorismo não mencione Israel].

Assassination of Mahmoud al-Mabhouh – Wikipedia, the free encyclopedia

* United Kingdom: Six passports with the names Daniel Marc Schnur, Gabriella Barney, Roy Allan Cannon, Stephen Keith Drake, Mark Sklur, and Philip Carr.

* Ireland: Three passports with the names Ivy Brinton, Anna Shuana Clasby, and Chester Halvey.

* France: Three passports with the names David Bernard LaPierre, Melenie Heard, and Eric Rassineux.

* Australia: Three passports with the names Bruce Joshua Daniel, Nicole Sandra Mccabe, and Adam Korman.

Ainda de acordo com notícias do veiculadas pelo site PressTV que li no ICH, o Primeiro Ministro Israelita, Benjamin Netanyahu alegadamente terá autorizado o assassinato deste alto quadro do Hamas no início de Janeiro em Tel Aviv, segundo o Times Online, ele terá se encontrado com o chefe da Mossad e terão ainda participado nessa reunião membros de um esquadrão de assassinos da mesma.

Estamos pois perante mais um crime de Terrorismo de Estado, no qual se vê mais uma vez envolvido o Estado de Israel que ao longo dos anos após o seu nascimento vem amiúde levando a cabo semelhantes crimes com a cumplicidade e directa responsabilidade dos seus governantes como é notório mais uma vez.

Não é com este tipo de crimes que um Estado pode levar a cabo a luta contra os seus supostos inimigos, por certo o responsável do Hamas não seria nenhum santo, mas se um Estado quer ser respeitado não pode cair na barbárie e na hipocrisia de fazer exactamente aquilo que supostamente combate.

Infelizmente o Estado de Israel tem como governantes os criminosos sionistas que muito aprenderam com os NAZIS, até a líder da oposição também ela uma mulher fria e implacável afirmou “O facto de um terrorista ter sido morto, e não interessa se foi no Dubai ou Gaza, é uma boa notícia para quem combate o terrorismo”. [ainda na BBC e uruknet.info]

Com gente como esta à frente dos seus destinos, temo quer pelo povo Israelita quer por todos nós, esta gente está a conduzir-nos cada vez mais para o abismo.

Para terminar deixo dois links interessantes, um do comentário de Bruce Schneieir sobre este tema, outro o do verdadeiro filme que as câmaras CCTV do Dubai gravaram, é uma espécie de “Munique”, o filme lava mais branco do sionista Spielberg…. mas desta vez ao vivo.

Schneier on Security: Al-Mabhouh Assassination

All of the odd missteps makes me wonder if the culprit is indeed not Mossad, but another actor trying to put the blame on Mossad. Of course it could also be Mossad making it look like another intelligence agency trying to put the blame on Mossad to actually get the heat off themselves!!


Alleged Assassination of Hamas Terrorist by Mossad Hit Squad, 1of 3


Alleged Assassination of Hamas Terrorist by Mossad Hit Squad, 2 of 3


Alleged Assassination of Hamas Terrorist by Mossad Hit Squad, 3 of 3

Powered by ScribeFire.

Big Brother is watching you, right now: Drone de vigilância testado nos EUA

Aproveitando que estou com a mão na massa, cá vai mais uma entrada sobre a vigilância e controlo dos cidadãos que o Governo Mundial vai levando a cabo, passo a passo.

Começo pelo caso que dá título à entrada sobre os testes efectuados no interior dos EUA a um DRONE que irá permitir a vigilância e controlo dos cidadãos dos EUA por parte da escumalha da Nova (Des)Ordem Mundial, inserindo-se no que já aqui havia mencionado sobre este mesmo tipo de controlo a partir de dirigíveis da Raytheon.

Domestic Espionage Alert: Spy Drone Discovered | NEWS JUNKIE POST

KPRC news in Houston recently filmed a secret experiment by law enforcement agencies including the Dept. of Homeland Security of a drone intended to spy on Americans.

Estes DRONES têm cerca de 18,1Kg e são construídos pela empresa Insitu em Bingen, Washington, embora os escritórios oficiais se encontrem no outro país UKUSA, a Austrália, ou seja é como se se tratasse de mais um Estado dos EUA.

Aqui têm um vídeo sobre o mesmo.

No site the raw story, um artigo que nos chama a atenção para a nova arma da empresa Taser, desta vez trata-se de software para os paizinhos espiarem os filhinhos através dos seus telemóveis.
De pequenino se torce o pepino, há que habituar os petizes a serem vigiados e controlados desde pequenos e claro há que fazer os papás sentirem-se pequenos ditadores por forma a depois levar essa paranóia mais longe, até aos projectos Infragard e Virtual Border Patrol.
Ao pé destes senhores com a tecnologia que hoje dispomos, a STASI da ex-Republica Democrática Alemã, não passava de um bando e amadores, já para não falar da Alemanha NAZI.

Este novo produto designado por “Mobile Protector”, permite verificar quem liga para os seus filhinhos, quando o faz ou vice-versa, permite bloquear números ou o telemóvel, e claro permite escutar todas as conversas.

Taser’s new weapon: mobile phone monitoring | Raw Story

The phone application, called “Mobile Protector,”
allows a parent to screen a child’s incoming and outgoing calls and
messages, block particular numbers and even listen in on a conversation.

Uma vez mais e com a desculpa esfarrapada da segurança, desrespeita-se a liberdade e a privacidade das crianças e adolescentes, ao mesmo tempo faz-se negócio com a histeria do medo e tenta-se passar a ideia que hoje a existência de família é uma chatice, algo careta tão careta quanto essa coisa de dar educação aos filhos e ensinar-lhes o que é a confiança depositada neles bem como o respeito que eles merecem.
É a teoria da destruição da família e da educação pelo Estado com o fim do controlo total que claro poderá e segundo a Nova (Des)Ordem Mundial, deverá ser levado a cabo através da vigilância, do controlo e obediência ao poder por parte dos cidadãos.

Outra notícia que me chamou à atenção, apesar de como é óbvio nunca usar um serviço como o CIA-FaceBook, foi a de um dos seus criadores vir numa entrevista afirmar que “A era da privacidade acabou”.

Percebe-se a afirmação do senhor Mark Zuckerberg, há que agradar aos seus controladores da CIA, sim porque existem diversos dados que indicam que o FaceBook é apenas e só um projecto do braço monetário da CIA, a In-Q-Tel para assim obter vastas quantidades de dados dos utilizadores que já são cerca de 400Milhões e continuam a crescer.

Facebook’s Zuckerberg Says The Age of Privacy is Over

Facebook founder Mark Zuckerberg told a live
audience yesterday that if he were to create Facebook again today, user
information would by default be public, not private as it was for years
until the company changed dramatically in December.

In a six-minute interview on stage with TechCrunch founder Michael
Arrington, Zuckerberg spent 60 seconds talking about Facebook’s privacy
policies. His statements were of major importance for the world’s
largest social network – and his arguments in favor of an about-face on
privacy deserve close scrutiny
.

Ainda no campo da invasão da nossa privacidade e da vigilância aos cidadãos de Israel e dos EUA, que depois se alargará para o resto do planeta, o site Cryptogon chama a atenção para um artigo da Forbes que indica que a empresa Israelita WeCU «We See You/ estamos de olho em vós» está a implementar e a testar uma tecnologia baseada em diverso simbolismo que irá permitir uma espécie de leitura da mente.

Tudo funcionará da seguinte forma, quando vêem ou ouvem determinados sons ou sinais/imagens todos nós reagimos a eles, por exemplo se estiverem num aeroporto e de repente vos aparecer na frente uma imagem de Bin Laden todos nós reagiremos a ela de determinada forma, segundo os senhores desta empresa, após terem recolhido massivas quantidades de informação de potenciais ‘terroristas’ e claro cidadãos perfeitamente inocentes se num aeroporto emitirem determinada informação que só seria do conhecimento de um potencial alvo, este reagirá através da famosa teoria do ‘quem deve não teme’, dando indicações e comportamentos que poderão levar à sua detecção e detenção.

Presumo que o resto do sistema poderá funcionar muito bem com o que se está a desenvolver pela UE, o Indect e ADBTS.

Enquanto isso um dos criadores do site de Torrents, o The Pirate Bay, Peter Sunde vai tentando criar tecnologia por forma a manter a nossa privacidade e liberdade online.

FRA to hell — Copy me happy

During the past few months the discussions about the
Minority Report pre crime-esque fascist tool, the FRA-law, has faded.

From my side, it’s been mostly due to personal reasons — I’ve tried
staying out of the media attention for a while to recharge batteries
and work with things.

Termino com a notícia do Belfast Telegraph sobre a palhaçada levada a cabo pela Eslováquia que resolveu colocar uma pequena quantidade de explosivos, supostamente inofensiva, na bagagem de um passageiro ao acaso e que não tinha conhecimento de tal facto, por forma a testarem supostamente a segurança dos aeroportos da Irlanda.
No entanto esqueceram-se de avisar as autoridades que depois detiveram o cidadão que não fazia a minima ideia do que se passava.

Este é um caso muito importante porque demonstra como o Estado pode incriminar um cidadão perfeitamente inocente sem que este possa fazer algo para se defender, á la Kafta, nos EUA com o fim do Habeas Corpus, tudo pode acontecer.

Police ‘forgot’ to take explosives off plane – Local & National, News – Belfasttelegraph.co.uk

A
baggage-handling company missed the crucial telex that was sent to warn
Irish authorities that explosives were on a flight to Dublin.

Já agora aconselho a leitura desta informação pertinente sobre o Echelon.

Echelon, Big Brother is watching? – Introduction

Jun 04, 2001, 09:00am EDT
Echelon is being denied by the NSA, openly discussed by the European Parliament, featured on global TV, documented by paper and online press and a topic of much controversy. Unfortunately, Echelon’s existence and more importantly its purpose, remain obscured by a shroud of national and international treaties, amendments and national security guidelines which date back to the cold war, an era of espionage, communism, capitalism and the nuclear arms race.

Echelon is supposedly a worldwide intelligence network operated by NSA and its allies under the UKUSA agreement, which tracks, scrutinizes and documents email, Internet, phone, fax and other electronic traffic. It is, unlike many of the intelligence systems developed during the Cold War, primarily designed for non-military targets such as: governments, organizations, businesses, and individuals in virtually every country. It potentially affects every person communicating between and even within countries anywhere in the world.

Powered by ScribeFire.

Obama continua as guerras e abre novas frentes; Nos EUA prossegue a vigilância massiva aos cidadãos

Obama prossegue as guerras da anterior Administração e ainda com mais vigor tendo mesmo aberto uma nova frente, Paquistão.

E não deverá andar muito longe mais uma, a do Irão, as peças vão sendo colocadas nos sitios certos, incluindo as militares, ainda que o Irão esteja quietinho no seu canto não atacando os seus vizinhos mas sendo atacado por estes como foi o caso do Iraque com o apoio dos EUA de Rumsfeld e claro Israel que continua a receber elevados fundos dos EUA.

O mentiroso patológico Robert Gates, indica que a retirada das tropas do Afeganistão começarão em 2011, mas não explica porque raio é que continuam a construir enormes bases militares nesse mesmo país ou porque raio têm ou estão a construir bases um pouco por todo o mundo, incluindo em território Português.

Para o Afeganistão seguem mais tropas com a benção do Prémio Nobel da Paz, o fantoche Obama, usando exactamente as mesmas desculpas falsas [1,2]da anterior Administração de Bush/Cheney, uma vez que os planos e a sua preparação havia ocorrido antes dos atentados do 11Set2001,talvez por isso mesmo as sondagens de opinião continuam a mostrar que cada vez há mais descontentes com o prosseguimento das mesmas políticas de sempre, incluindo os assassinatos pela guarda Pretoriana, a Blackwater agora XE.

Accounts vary, but former Pakistani Foreign Secretary Niaz Naik later says he is told by senior American officials at the meeting that military action to overthrow the Taliban in Afghanistan is planned to “take place before the snows started falling in Afghanistan, by the middle of October at the latest.” [via HistoryCommons]

In his December 1 speech at West Point announcing the deployment of 30,000 more US troops to Afghanistan, President Barack Obama attempted to justify a major escalation of a deeply unpopular war on the basis of lies and distortions. That he had to resort to such falsifications reflects both the reactionary character of his policy and the fact that it is being imposed in violation of the popular will.

To justify the escalation, Obama recycled the Bush administration’s myths about the “war on terror.” He cynically presented the US as an altruistic power, forced into a global war for democracy by the terrorist attacks of 9/11.

(…)

Obama’s account of the US’ recent wars contradicted his own assertion that Washington was single-mindedly pursuing Al Qaeda. In 2001, he said, the US attacked Afghanistan to destroy Al Qaeda—though most of the September 11 hijackers were, in fact, from Saudi Arabia, the US’ major Arab ally in the Middle East.

[via wsws]

Quem sabe a caminho do que o especialista ex-KGB, Igor Panarin, vai prevendo, a queda dos EUA e uma guerra civil.

Enquanto isso parece que Israel vai testado as suas false flags, as quais já nos habitou desde longa data.

Ainda nos EUA as mudanças à Lei FISA que Obama ajudou a aprovar com o seu voto enquanto estava no Congresso, continuam a ajudar as Telecom, a NSA e não só, na sua orgia vigilante aos cidadãos, a NSA vai mesmo construindo mais centros.

Sprint Nextel provided law enforcement agencies with its customers’ (GPS) location information over 8 million times between September 2008 and October 2009. This massive disclosure of sensitive customer information was made possible due to the roll-out by Sprint of a new, special web portal for law enforcement officers.

The evidence documenting this surveillance program comes in the form of an audio recording of Sprint’s Manager of Electronic Surveillance, who described it during a panel discussion at a wiretapping and interception industry conference, held in Washington DC in October of 2009.

It is unclear if Federal law enforcement agencies’ extensive collection of geolocation data should have been disclosed to Congress pursuant to a 1999 law that requires the publication of certain surveillance statistics — since the Department of Justice simply ignores the law, and has not provided the legally mandated reports to Congress since 2004.

[via Slight Paranoia / Estudo para tese de um estudante]

=-=-=-=-=
Powered by Bilbo Blogger

Israel pode atingir toda a Europa com armas nucleares

Israel tem em construção o seu novo míssil, Jericho III, capaz de atingir qualquer ponto da Europa, incluindo Portugal.
Com uma carga possível entre 1000Kg a 1300Kg, capaz de transportar uma ogiva de 750Kg, com um alcance entre os 4800Km e 11500Km pode atingir “Middle East, Africa, Europe, Asia and almost all parts of North America, as well as within large parts of South America and North Oceania.”


Israel’s nuclear capabilities – 25 Oct 09

Embora não se saiba qual o número de armas nucleares que Israel possuí, uma vez que Israel tal como quatro outros Estados Soberanos, India, Israel, Pakistan and North Korea não assinaram o Tratado de Não Proliferação Nuclear, pensa-se que no mínimo tenham na sua posse entre 60 a 400 armas nucleares.

Para além das armas nucleares, Israel possuí ainda diversas armas químicas e biológicas, mais uma vez não sendo signatária ou tendo ratificado qualquer tratado relativo a este tipo de armas.

Segundo Mohamed ElBaradei, Israel que nunca aceitou nenhuma investigação, nenhuma inspecção por parte da Agência Internacional de Energia Atómica, possuí armas nucleares.

Que legitimidade, que moral têm estes senhores, a escumalha sionista, e não o povo de Israel, que é tão enganado quanto todos nós,  para exigir que outros Estados não tenham armas nucleares ou mais impressionante ainda, que legitimidade têm para ATACAR outros Estados sem que estes os tenham atacado.
Tudo isto com a cumplicidade dos EUA, de Obama, da UE, NATO e claro dos políticos que vão destruindo o nosso Portugal, que como sempre se limitam a ser os yes man do costume, nunca defendendo os verdadeiros e mais que legítimos direitos deste país.

MissileThreat :: Israel Tests Ballistic Missile

January 17, 2008 :: Ha’aretz :: News

Israel today announced the successful test launch of a ballistic missile capable of carrying an “unconventional” warhead, presumably nuclear. The missile was launched from the Palmachim military base near Jerusalem, where some 90 Jericho II missiles are believed to be stationed, according to Jane’s Strategic Weapons Systems. The identity of the missile was not released. The Israeli Defense Force’s brief press release on the test only described it as a “two-stage” missile. The purpose of the test was described as “testing missile propulsion.” Israel has been believed to have had for several years the Jericho II missile with a range of 1500 km, and to be developing a Jericho III missile with a possible range between 4,800 and 6,500 km. The Jericho III was at one time expected to be in service by 2008, but has also been previously reported as having three stages. (Article)

Powered by ScribeFire.

Obama e a Paz Orwelliana

Acabei de ficar em choque, Obama recebe o Prémio Nobel da Paz deste ano.

Começa a tornar-se hábito o engano que é o Nobel da Paz, do aldrabão Al Gore a um defensor da guerra como o vencedor do ano passado, até este ano com este senhor, o profissional do ENGANO.

Neste momento não tenho tempo para escrever muito mais sobre o assunto, ao qual voltarei numa próxima entrada ou até fazendo um update a esta, de qualquer forma deixo para já alguma leitura para saberem quem é este senhor, podem mesmo começar pelo documentário “Obama Deception” que mostra bem quem é e o que quer este senhor.

Vivemos num mundo cada vez mais Orwelliano, onde o significado das coisas está todo trocado, tudo ao contrário, onde “War is Peace; Freedom is Slavery; Ignorance is Strength.”


https://i2.wp.com/www.texemarrs.com/images/obama_deception_cover.jpg


“Obama Deception”

Powered by ScribeFire.