Ainda acreditam que o «magalhães» vai usar Caixa Mágica ou Alinex? Esqueçam isso…

Se ainda acreditam em contos de fadas, talvez fosse melhor lerem o que o Times (online) escreve sobre os golpes sujos da Intel e da microsoft em relação ao OLPC.

How Microsoft and Intel Conspired Against the GNU/Linux/AMD Laptops

Why Microsoft and Intel tried to kill the XO $100 laptop

Boycott Novell » How Microsoft and Intel Conspired Against the GNU/Linux/AMD Laptops

To give just one example: Intel sold computers at a loss (dumping) just in order to ensure OLPC could not get a foothold in Nigeria. Going by trade law, this may be illegal and it’s only the tip of the iceberg as far as Intel’s crimes go (there are more obvious cases where the company is to be convicted of bribery, too). Intel is now after Nvidia’s lunch because it seeks growth, so sit sight and watch. Nvidia is already complaining, just like AMD. Intel and Microsoft were recently caught engaging in collusion that harms consumers.

Why Microsoft and Intel tried to kill the XO $100 laptop – Times Online

The great, the good, the rich and the technocrats nodded in solemn approval.

And then some of them tried to kill it.

Microsoft, makers of most of the computer software in the world, tried to kill it with words, and Intel, maker of most computer chips, tried to kill it with dirty tricks. Of course, they don’t admit to being attempted murderers. And when I introduce you to Intel’s lovely spokesperson, Agnes Kwan, you’ll realise how far their denials go. But the truth is the two mightiest high-tech companies in the world looked on Negroponte’s philanthropic scheme and decided it had to die.

Anúncios

Um interessante artigo sobre o ««Magalhães»» a nova arma de propaganda do “plano tecnológico”

Acabo de ler um interessante artigo sobre a nova arma de propaganda governamental assente no seu emblemático mas catastrófico “plano tecnológico”.

É a primeira vez que leio um artigo sobre informática aqui pelas nossas bandas, onde o jornalista coloca questões pertinentes e faz um apanhado do que se passa um pouco por todo o mundo e pela história deste tipo de sistemas.

São interessantes as questões levantadas pelo artigo.

Porque recaiu a escolha sobre o sistema apresentado pela Intel, não tendo existido nenhum concurso e ainda para mais quando este sistema tem mais limitações que o OLPC?

Porque fica a Intel como conselheira técnica do Ministério responsável pelo projecto?

Será que ajuda a microsoft já estar na cama com os diversos governos que temos tido, afinal por alguma razão se chama wintel ao monopólio.

Desde quando cabe na cabeça de algum governante entregar a nossa autonomia e o nosso poder decisório a uma multinacional?

Afinal qual é o custo final de cada equipamento? Quanto irá custar por cada aluno?

A verdade é que desde sempre o Classmate teve como objectivo único a utilização de software da microsoft, ao contrário o OLPC, sempre teve o objectivo de usar e difundir o Software Livre, ainda que agora também possa fazer uso do sistema da microsoft.

Agora que tanto se fala de poupar energia, de usar energias renováveis e que tanta propaganda este governo faz ao tema, mais uma razão para escolher o OLPC, este gasta bastante menos energia que o Classmate/Magalhães e tendo ainda a vantagem de usar energias alternativas como por exemplo a solar e ainda através de manivela.
Já para não mencionar que a nível de redes mais uma vez o OLPC está à frente, usando por exemplo a tecnologia Mesh, que é «é uma outra forma de transmissão de dados e voz além das redes a cabo ou wireless ou seja, uma rede Mesh são vários nós/roteadores e cada nó está conectado a um ou mais dos outros nós. Desta maneira é possível transmitir mensagens de um nó a outro por diferentes caminhos.»

Já não nos chegava os esquemas e bandalheira que temos tido e continuamos a ter com a microsoft, junta-se agora a sua aliada desde sempre, a intel.

Triste país este que entrega o seu futuro a multinacionais estrangeiras.
Não será posta em causa a Soberania do país quando delegamos em multinacionais, ainda por cima que não são portuguesas, a defesa dos nossos interesses?

Este governo vai ficar num futuro próximo conhecido como o governo que hipotecou o futuro dos portugueses nas áreas tecnológicas, especialmente na área da TI.
Senão vejamos, a microsoft representou o país a nível internacional, na ISO, relativamente ao processo fraudolento do m$-ooxml, a microsoft é escolhida para “n” projectos através de simples acordos e sem qualquer concurso, a microsoft é a escolhida para implementar sistemas de defesa no nosso país, ao ser parceira do Ministério da Defesa, agora chega a vez da intel ser escolhida sem qualquer concurso e mais uma vez este governo escolhe o pior produto a troco não se sabe muito bem do quê.

Mas será que a corrupção e compadrio que grassam por este país fora, alguma vez irão ter fim?

«A boa notícia é que Portugal está a apostar na tecnologia, colocando-a à disposição das crianças. Mas o que não é claro é o método. Para além disso, é estranho que a Intel fique como conselheira tecnológica do Ministério responsável. Será que convidariam a Opel para conselheira da indústria automóvel?», questiona, assumindo a perplexidade: «Há aqui uma perda de autonomia de escolha no futuro. Para além disso, não foi bem esclarecido a verba dispendida por cada aluno. Não me parece que tenha sido um processo totalmente transparente».