OLPC XO-2 só usará GNU/Linux

Pelo que se pode concluir do artigo da PCWORLD, o novo OLPC, o XO-2 poderá estar a caminho de deixar de usar processadores de arquitectura x86, como os da intel, amd, via etc, em vez deles passará a usar os ARM, o que lhe permitirá aumentar o tempo de uso uma vez que a sua bateria durará mais tempo.

Com esta manobra o GNU/Linux passa a ser o sistema operativo de eleição, e a microsoft não he poderá tocar uma vez que o seu ms-winCE não é um sistema operativo com as aplicações necessárias para tal.

Será que a microsoft está tão obcecada com o software livre que irá criar uma versão ARM do seu ms-windows?

Podem usar por exemplo a Debian.

[via Boycottnovell]
https://i1.wp.com/www.linuxdevices.com/files/misc/olpc_xo2.jpg
[via linuxdevices]

Powered by ScribeFire.

Anúncios

As TomTices da microsoft podem custar-lhe caro!

Acabo de ler algumas palavras de Bruce Perens, um dos ex manda chuvas da distro não comercial Debian GNU/Linux, que a propósito do ataque da microsoft à TomTom, afirma preto no branco que poderá ter sido uma manobra muito estúpida da parte da malta de Redmond.

É que o uso de FAT em diversos devices, como pen’s só é necessário porque a microsoft detém um monopólio, pelo qual já foi condenada diversas vezes.

O uso do file system FAT/FAT32 apenas necessita ser usado por compatibilidade com sistemas da microsoft, existem file system’s melhores e que podem ser usados livremente, por exemplo o EXT2.

É muito provável que o feitiço se volte contra o feiticeiro e que a microsoft venha novamente a ser acusada de monopólio e processada por isso, é que está a servir-se dele mais uma vez para forçar o mercado a usar e pagar por algo que na realidade não é necessário.

Interessante seria que a dita empresa fosse forçada devido a tudo isto a apresentar compatibilidade nos seus sistemas operativos com os file system’s livres que por aí existem, como o EXT2/EXT3/EXT4, UFS, HAMMER, ZFS entre outros.

A propósito mas porque raio não criam as diversas empresas do ramo um driver para sistemas microsoft para poderem fácilmente usar o EXT2 nos seus devices, caso o povão se queixasse, diziam que o problema era da microsoft não suportar os file system’s livres.

Aqui têm uma compatível com Windows systems (NT/2K/XP/VISTA, X86/AMD64), e que pode ler e escrever em volumes EXT2.

Sobre o discurso mentiroso da microsoft em relação ao Sofwtare Livre e Open Source, Bruce Perens também coloca as coisas como são na realidade.

Open-Source Leaders Call For Calm Over TomTom – News – eWeekEurope.co.uk

“I don’t believe Microsoft was ever attempting to be sincere. A perceived involvement in open source by Microsoft, along with highly paid mouthpieces like Novell to chime in for them, is giving Microsoft the ability to speak for open source in government circles, short-circuiting the legislation we need to defend ourselves from software patents or to establish a level playing field on which open source and proprietary software can compete fairly. That’s their true interest.”

Powered by ScribeFire.

Acredite se quiser: Galactica na ONU, teria Werner Von Braun razão?

Depois de ler esta entrada do blog browserd, sobre a Galactica na ONU, fiquei a pensar se terá de alguma forma a ver com algo que há bastante tempo tinha lido sobre o que terá dito um dos genios que levou os EUA ao espaço, o professor Werner Von Braun, que depois de ter sido cientista NAZI e trabalhado nas V2, através da Operação PaperClip que levou muitos cientistas NAZIS para os EUA, acabou à frente do Projecto Espacial dos EUA.

Segundo li em diversos sitios, incluindo livros sobre OVNIS/UFOS/NWO, a Dra Carol Sue Rosin, que foi a porta voz do cientista e que é consultora de diversas empresas relacionadas com investigação espacial bem como membro e testemunha do The Disclosure Project, pouco tempo antes da sua morte Von Braun lhe terá afirmado que estava bastante preocupado com a ideia de se colocar armas no espaço, que para além de serem destabilizadoras e gerarem enormes conflitos, iriam também ser demasiado caras.

Ele pediu-lhe para ela ser a sua porta voz e tentar educar os decisores para evitarem esses erros, o objectivo seria banir as armas espaciais.

Segundo Carol Rosin ele terá contado que existiam outros planetas e outros seres, bem como das conspirações governamentais para manter a sua existência secreta.

E é neste ponto que as coisas se tornam interessantes, segundo Von Braun, apesar de não haver qualquer dado que ele tivesse conhecimento sobre agressões de outros seres ao Planeta Terra, um dia seriam apresentadas aos cidadãos deste planeta falsas provas de ataques ou preparações de evasões extraterrestres apenas com o fim de justificar a criação e presença de armas no espaço, bem como os exorbitantes gastos nestas.

A justificação para o gasto em armas iria aumentando até ao climax final da mentira sobre um suposto ataque ao Planeta por parte de outros seres extraterrestres.

Começaria com a Guerra Fria, depois para justificar o controlo e ataque a países considerados perigosos, seguir-se-ia o estado em que estamos hoje, Terrorismo Global através de Operações False Flag e por fim, uma ameaça espacial inventada.

O interessante em tudo isto é que na realidade nós podemos observar muitos destes temas actualmente, quer o terrorismo de Estado, quer através da mentira do Aquecimento Global, agora chamada de Alterações Climáticas por forma a poderem justificar tudo e para todos os lados.
Não deixa de ser curioso que um livro publicado em 1967 cujo título é The Report From Iron Mountain [2], por muitos considerado um estudo organizado por um painel de cientistas a soldo do governo dos EUA, afirme que para os governos manterem o controlo sobre uma cada vez maior população mundial, que guerras ou substitutos credíveis de guerra terão de ser levados a cabo e criados para que os governos mantenham o seu poder e controlo.

Mas não era apenas guerras que este relatório propunha, também dava indicações que poderiam ser usadas outras mentiras, como poluição e alterações climáticas fora de controlo bem como a ameaça de seres extraterrestres.

Cosmic Deception: The Hoaxed Alien Invasion Scenario

As immense as that game is, there is a bigger one: Control through fear. As Werner Von Braun related to Dr. Carol Rosin, his spokesperson for the last 4 years of his life, a maniacal machine – the military, industrial, intelligence, laboratory complex – would go from Cold War, to Rogue Nations, to Global Terrorism (the stage we find ourselves at today) to the ultimate trump card: A hoaxed threat from space.

To justify eventually spending trillions of dollars on space weapons, the world would be deceived about a threat from outer space, thus uniting the world in fear, in militarism and in war.
Since 1992 I have seen this script unveiled to me by at least a dozen well-placed insiders. Of course, initially I laughed, thinking this just too absurd and far-fetched. Dr. Rosin gave her testimony to the Disclosure Project
before 9/11.
And yet others told me explicitly that things that looked like UFOs, but that are built and under the control of deeply secretive ‘black’ projects, were being used to simulate – hoax – ET-appearing events, including some abductions and cattle mutilations, to sow the early seeds of cultural fear regarding life in outer space.

[via educate-yourself – Dr Steven Greer – Disclosure Project]

Podem ver diversos testemunhos de ex-militares, agentes da intelligence etc sobre o tem UFO/OVNI, neste documentário do projecto Disclosure.

Outros vídeos interessantes e com legendas sobre o tema do controlo Humano por parte da Nova (Des)Ordem Mundial, deixados pelo amigo Lusitano.

> http://www.youtube.com/watch?v=15kFjL3W_Zo

-> http://www.youtube.com/watch?v=dN44jorxLiI

-> http://www.youtube.com/watch?v=58znMMJS7r8

Powered by ScribeFire.

Documentos de contas offshore sobre o caso Freeport online

Hoje deparo-me no mail com estes interessantes dados sobre o caso Freeport, diversas imagens de documentos digitalizados sobre contas offshore de pessoas envolvidas no caso.

Não sei se são ou não verdadeiros, mas não deixa de ser interessante de consultar e guardar, não devem estar lá durante muito tempo.

A serem verdadeiros, como é que foram descobertos? O que se passará a partir daqui? Será que por estarem colocados onde estão, os supostos jornalistas deste país lhe vão pegar?

P.S. – não defendo nem apoio as opiniões e ideias de quem as colocou online nem do forum onde se encontram.

P.S.2 – a serem realmente verdadeiros deveriam ser colocados no wikileaks, para maior segurança.

Exclusivo Fórum Nacional: Corrupção, offshores, carros de luxo, etc… – ::: Fórum Nacional ::: Social Network

Exclusivo Fórum Nacional: Corrupção, offshores, carros de luxo, etc…
Amanhã provavelmente irei preso novamente, por escrever isto, pois é assim quando se diz a verdade no Portugal Democrático, quando não se tem medo de ninguém ou de nada.
Vou meter aqui uma noticia para todos, com documentos originais e inéditos, nunca antes revelados e que todos andam à procura, uns para os queimar, outros para subirem nas suas miseráveis vidas de lacaios dos nossos governantes corruptos esquecendo-se deles numa qualquer gaveta à espera que prescrevam!
Posso adiantar que envolve a família do Primeiro Ministro, contas offshore, carros de luxo, transacções que chegam aos 163 milhões de euros, curiosamente nos mesmos anos em que José Sócrates estava com o Freeport nas mãos, entre outros.
Copiem para os vossos computadores à medida que vou colocando online, sff, não vá isto desaparecer misteriosamente, e depois tirem as vossas conclusões!
Vou colocando em posts neste tópico, são várias partes, mas merece a pena manterem-se acordados, acreditem, até já!

Nota: Pede-se aos jornalistas que copiem estes documentos que tenham o brio profissional de indicar a fonte. Obrigado.

Nesta, com data de 22 de Abril de 2003, vê-se os nomes de:xxxxxxxx
Neste Contrato de Comodato aparecem:xxxxxxxxx

Powered by ScribeFire.

Sites feitos por cidadãos mais eficazes e mais baratos que os governamentais

Dois exemplos onde o nosso dinheiro foi desbaratado sem que se visse grande utilidade e eficácia nos sites criados pelo governo.

Basta comparar a usabilidade do site do Ministério da Economia e da Inovação – http://www.precoscombustiveis.dgge.pt/ e o site criado por cidadãos o qual não gastou m cêntimo do erário público http://www.maisgasolina.com/

Ou ainda esse exemplo paradigmático que é o Base e o Transparência

Já agora e segundo o Transparência que vai buscar os dados ao Base, o custo do site governamental dos combustíveis terá custado

9482008-09-22Direcção Geral de Energia e GeologiaMasterLinkSite “Preços comb OnLine”3.420,00 €

Powered by ScribeFire.

Para não nos esquecer-mos do cancro ms-novell-mono

While Microsoft and their partners hold patents for the CLI and C#, ECMA and ISO require that all patents essential to implementation be made available under “reasonable and non-discriminatory terms“. In addition to meeting these terms, the companies have agreed to make the patents available royalty-free.

However, this does not apply for the part of the .NET Framework which is not covered by the ECMA/ISO standard, which includes Windows Forms, ADO.NET, and ASP.NET. Patents that Microsoft holds in these areas may deter non-Microsoft implementations of the full framework.

[via wikipedia]

The Mono project aims to avoid infringing on any patents or copyrights, and to the extent that they are successful, the project can be safely distributed and used under the GPL. On November 2, 2006, Microsoft and Novell announced a joint agreement whereby Microsoft promised not to sue Novell or its customers for patent infringement.[8]
According to a statement on the blog of Mono project leader Miguel de Icaza, this agreement only extends to Mono for Novell developers and users.

The Microsoft/Novell agreement was criticized by some in the open source community because it violates the principles of giving equal rights to all users of a particular program (see Agreement with Microsoft and Mono and Microsoft’s patents).

[via wikipedia]

Já agora parece que a distro Ubuntu está a pensar abandonar o uso do ms-novell-cancro/mono, esperemos que a Debian também o faça.

Powered by ScribeFire.